Tecnologia

Fibracem lança linha de produtos voltada a profissionais de telecomunicações

A empresa especializada no setor de comunicação óptica coloca no mercado a caixa terminal óptica com a finalidade de facilitar a instalação de cabos ópticos

pessoa espetando pendrive no notebookA Fibracem, indústria especializada no setor de comunicação óptica está ampliando seu portfólio e lançando seu primeiro produto Premium para o setor. A Caixa Terminal Óptica (CTO) Air Flat, que pertence à linha Air, terá como finalidade proporcionar aos profissionais de telecomunicações a instalação do cabo óptico de forma linear, dispensando-se do uso de acessórios ou manobras devido a saída bidirecional da caixa, e a realização da interconexão do cabo óptico com os cabos de acesso aos assinantes, podendo ser instalado em redes aéreas ou subterrâneas.

De acordo com a CEO da Fibracem, Carina Bitencourt, a nova linha Air lançará, ainda neste ano, mais dois produtos ao mercado, o Air Case e o Air Bond. “Estamos focados no setor de pesquisa e inovação para que essa linha ofereça mais eficiência às redes e mais agilidade nas instalações”, comenta a executiva.

O processo  vai desde o planejamento à execução do produto, com o desenvolvimento do protótipo, em impressora 3D, até chegar à validação e ao início da produção em escala

Ainda segundo Carina, um dos objetivos da nova linha Air é elevar o nível de produtos oferecido ao mercado de telecomunicações. “Pensamos também nas dificuldades dos provedores e suas redes ao desenvolver novos produtos. A finalidade é tornar as conexões ainda mais ágeis, reduzindo assim, o tempo de montagem e instalação. Elaboramos produtos de alto aproveitamento com qualidade superior e design inteligente”, ressalta Carina.

Como de costume, a novidade é 100% certificada pelos órgãos regulamentadores, passaram pelos vários setores do laboratório da fabricante e cumpriram requisitos para o processo de desenvolvimento dos produtos.

“Temos um processo cronológico, que vai desde o planejamento à execução do produto, com o desenvolvimento do protótipo, em impressora 3D, até chegar à validação do produto e ao início da produção em escala. E, por fim, o encerramos com a conclusão da documentação interna”, finaliza a CEO.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos