Informe aqui

FICO: Dicas valiosas para não cair em fraudes em pagamentos durante a Black Friday

A Black Friday acontece nesta semana e milhares de pessoas aguardam a data para aproveitar descontos e comprar produtos sonhados ao longo de todo o ano. Apesar da euforia, este é um bom momento para ficar atento às fraudes mais comuns nesta época do ano, já que a Black Friday entrou oficialmente para o calendário varejista no País.

Foi pensando nisso que a FICO, empresa pioneira no uso de análises preditivas e ciência de dados para melhorar as decisões operacionais, divulga algumas dicas valiosas para o período e destaca que há dois caminhos principais que abrem espaço para vulnerabilidades as fraudes em pagamentos de compras feitas on-line e o saque de dinheiro em caixa eletrônico. “A Black Friday e a Cyber Monday são um período que historicamente apresentam um aumento de fraudes de pagamentos. Com isso em mente, indicamos algumas maneiras simples para os compradores se protegerem enquanto aproveitam os descontos”, afirma Fabricio Ikeda, diretor de fraudes para América Latina da FICO.

Mantenha a segurança on-line
• Se verificar algo estranho em um site, procure outro lugar para fazer compras. Se você já efetuou o pagamento e depois suspeitar da compra, informe imediatamente seu banco;
• Cuidado com e-mails prometendo descontos incríveis. Ao invés de clicar em um link diretamente do e-mail ou de um SMS, acesse diretamente o site do varejista. Os hackers podem falsificar websites, por isso certifique-se que você está comprando no site oficial;
• Se estiver criando uma nova conta em um site, defina uma senha forte e que não tenha sido utilizada antes.

Verifique suas compras
• Sempre verifique as transações feitas em seu cartão de crédito por meio do extrato bancário e pelo site do banco.

O emissor do seu cartão é seu parceiro
• Caso suspeite que seu cartão possa ter sido comprometido ou clonado, peça imediatamente ao banco um novo cartão. É importante alterar também a senha sempre que houver uma suspeita de roubo de informações pessoais;
• Verifique se o emissor do cartão oferece tecnologia de alerta de comunicações por SMS ou e-mails para o caso de suspeita de atividade fraudulenta em seu cartão;
• Atualize suas informações de endereço e telefone celular para cada cartão. Isso permitirá que você seja rapidamente localizado em caso de uma situação crítica que exija sua atenção imediatamente.

Cuidado com a engenharia social
• O banco nunca pede sua senha em contatos telefônicos. Por isso, se você receber uma ligação suspeita em que uma pessoa diz ser do seu banco, desligue e ligue diretamente para a central de atendimento.

Tome cuidado em caixas eletrônicos:
• Se um caixa eletrônico parecer estranho ou o cartão não entrar na máquina, tente ir a outro local para sacar seu dinheiro;
• Nunca se aproxime de um caixa eletrônico se houver uma pessoa estranha por perto. Nunca se envolva em conversas com outras pessoas em um caixa eletrônico e, no caso de caixas eletrônicos de rua, permaneça em seu automóvel até que outros usuários deixem o local;
• Se por acaso seu cartão ficar preso no caixa eletrônico, informe ao emissor do cartão imediatamente. O usuário pode achar que o cartão foi capturado pelo caixa eletrônico, quando na realidade foi uma ação forjada por um criminoso próximo ao local.

Em geral, se algo parecer bom demais para ser verdade, pare por um momento e desconfie!

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.