book_icon

Cresce adoção de plataformas nativas da Nuvem em entregas de aplicativos

Estudo da Pure Storage explora as principais tendências no cenário nativo da Nuvem, incluindo virtualização moderna, banco de dados e adoção de IA/ML usando Kubernetes

Cresce adoção de plataformas nativas da Nuvem em entregas de aplicativos

A Pure Storage, fornecedora global de serviços de armazenamento de dados, em parceria com a Dimensional Research, lançou um novo relatório abordando a rápida adoção de plataformas nativas da Nuvem para acelerar a entrega de aplicativos e impulsionar a inovação empresarial.

O novo relatório, “The Voice of Kubernetes Experts Report 2024: The Data Trends Driving the Future of the Enterprise”, explora as principais prioridades e tendências no cenário nativo da Nuvem, incluindo virtualização moderna, banco de dados nativo da Nuvem e adoção de IA/ML usando Kubernetes, e o aumento da engenharia de plataforma. O relatório apresenta as melhores práticas comprovadas de líderes de plataformas avançadas, servindo como um roteiro para empresas que buscam escalar iniciativas de Kubernetes.

Líderes de plataforma experientes estão executando aplicativos de missão crítica, como bancos de dados, análises e IA/ML, no Kubernetes em grande escala em ambientes híbridos e Multinuvem

A pesquisa, que representa líderes maduros e avançados de plataformas, foi realizada com 527 profissionais de TI com mais de quatro anos de experiência gerenciando diretamente serviços de dados em um ambiente Kubernetes. Entre as principais conclusões estão:

A maioria dos novos aplicativos será criada em plataformas nativas da Nuvem: nos próximos cinco anos, 80% dos entrevistados confirmaram que todos ou a maioria de seus novos aplicativos serão construídos em plataformas nativas da Nuvem. Para sua tecnologia nativa da Nuvem, eles preferem a flexibilidade de implementação em ambientes de Nuvem híbrida, com 86% confirmando que executam sua tecnologia nativa da Nuvem em Nuvens públicas e privadas.

A infraestrutura de VM tradicional está em um ponto de inflexão: Mais da metade (58%) das organizações planeja migrar algumas de suas cargas de trabalho de VM para o Kubernetes, com 65% planejando migrar cargas de trabalho de VM nos próximos dois anos.

Os dados sobre o Kubernetes aceleram a entrega de aplicativos: quase todos (98%) dos entrevistados executam cargas de trabalho com uso intensivo de dados em plataformas nativas da Nuvem, com aplicativos críticos como bancos de dados (72%), análises (67%) e cargas de trabalho de IA/ML (54%) sendo criados no Kubernetes.

A engenharia de plataforma é vital para o sucesso nativo da Nuvem: quase a totalidade (96%) dos entrevistados afirmam que já têm equipes de engenharia de plataforma para aumentar a escalabilidade e flexibilidade de seus aplicativos. Os executivos demonstraram disposição em investir em treinamento (63%), consultores (60%) e contratação de engenheiros qualificados (52%) para dar suporte a essa função.

Importância da indústria

A ascensão das plataformas nativas da Nuvem marca uma mudança fundamental na forma como as empresas conceituam, desenvolvem e implementam aplicativos em escala. Reconhecendo os benefícios, as organizações estão migrando suas VMs para plataformas nativas da Nuvem para impulsionar escalabilidade, flexibilidade e simplicidade operacional aprimoradas – tudo isso enquanto reduzem os custos gerais.

Em meio a essa transformação, o Kubernetes amadureceu de uma tecnologia emergente para uma pedra angular para aplicativos modernos na última década, suportando as cargas de trabalho mais intensivas em dados que alimentam a inovação empresarial – de análise em tempo real a IA e aprendizado de máquina a bancos de dados e muito mais. Essa mudança elevou o papel da engenharia de plataforma, responsável por gerenciar a infraestrutura que permite o desenvolvimento, a implementação e o gerenciamento eficientes de aplicativos em ambientes conteinerizados.

“Líderes de plataforma experientes estão executando aplicativos de missão crítica, como bancos de dados, análises e IA/ML, no Kubernetes em grande escala em ambientes híbridos e Multinuvem. Não é surpresa que esses líderes de plataforma também estejam abrindo caminho para que as VMs sejam gerenciadas pelo Kubernetes sem comprometer os requisitos corporativos, suportadas por soluções como Red Hat OpenShift e Portworx. As descobertas mais recentes ressaltam a urgência de elevar a função de engenharia de plataforma para gerenciar a infraestrutura ao lado da pilha de aplicativos para inovação contínua”, disse Murli Thirumale, VP & GM de Portworx na Pure Storage.

“As últimas descobertas de dados do Portworx by Pure Storage confirmam o que vimos em todos os setores: as estratégias nativas da Nuvem estão se tornando mais proeminentes, com as organizações agora se concentrando em operacionalizar ambientes nativos da Nuvem com considerações de dados, segurança, sustentabilidade e custo. Os avanços em pilhas nativas da Nuvem e engenharia de plataforma estão facilitando o desenvolvimento mais rápido e uma coexistência equilibrada de VMs e contêineres. Embora a migração de aplicativos baseados em VM para o Kubernetes continue sendo desafiadora, serviços de dados robustos e plataformas de contêiner estão tornando isso possível, permitindo desenvolvimento acelerado, gerenciamento contínuo, automação e infraestrutura de TI otimizada”, comentou Archana Venkatraman, diretora sênior de Pesquisa de Gerenciamento de Dados em Nuvem da IDC.

 

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.