book_icon

Nvidia e Intel: novas workstations e mais criatividade e produtividade para profissionais

As soluções de Realidade Estendida (XR) para trabalho colaborativo também exigem recursos de computação significativos

Nvidia e Intel: novas workstations e mais criatividade e produtividade para profissionais

A Intel e a Nvidia estão capacitando plataformas com os mais recentes processadores Intel Xeon W e Intel Xeon Scalable, combinados com GPUs Nvidia RTX 6000 Ada, bem como Nvidia ConnectX-6 SmartNICs. As workstations ou estações de trabalho equipadas com as mais recentes CPUs Intel Xeon, GPUs Nvidia RTX 6000 Ada e Nvidia SmartNICs revolucionam o desempenho para fluxos de trabalho em arquitetura, manufatura, mídia e entretenimento, entre outras áreas.

Aplicações aprimoradas por Inteligência Artificial (IA), renderização fotorrealista, simulação e outras tecnologias estão ajudando os profissionais a obter resultados críticos para os negócios com fluxos de trabalho de várias aplicações mais rápido do que nunca. A execução desses fluxos de trabalho complexos e com uso intensivo de Dados, bem como o compartilhamento e a colaboração entre equipes geograficamente dispersas, exigem workstations com CPUs, GPUs e redes avançadas de última geração.

Essas novas workstations reúnem os mais altos níveis de potência de computação, renderização e simulação de IA para lidar com cargas de trabalho exigentes em ciência de Dados, manufatura, broadcast, mídia e entretenimento, saúde e muito mais.

As aplicações de Metaverso e a ascensão da IA generativa exigem um novo nível de poder de computação de hardware 

“Os profissionais exigem potência e desempenho avançados para executar os fluxos de trabalho mais intensos, como usar IA, renderizar em tempo real ou executar várias aplicações simultaneamente”, diz Bob Pette, vice-presidente de visualização profissional da Nvidia. “As novas workstations equipadas com Intel e Nvidia-Ada oferecem velocidade, potência e eficiência sem precedentes, permitindo que profissionais de qualquer lugar assumam os fluxos de trabalho mais complexos em todos os setores.”

“Os mais atuais processadores Intel Xeon W — apresentando uma nova arquitetura de computação inovadora — são projetados exclusivamente para ajudar os usuários profissionais a lidar com as cargas de trabalho atuais e futuras mais desafiadoras”, conta Roger Chandler, vice-presidente e gerente geral de Creator and Workstation Solutions in the Client Computing Group da Intel. “Combinar nossos novos processadores de workstation Intel Xeon com as mais atuais GPUs Nvidia irá liberar a inovação e a criatividade de profissionais de criação, artistas, engenheiros, designers, cientistas de dados e usuários avançados em todo o mundo.”

Atendendo a novas cargas de trabalho
As aplicações de Metaverso e a ascensão da IA generativa exigem um novo nível de poder de computação de hardware. A criação de Digital Twins em um ambiente fotorrealista simulado que obedece às leis da física e das fábricas de planejamento, são apenas dois exemplos de fluxos de trabalho possibilitados pelo Nvidia Omniverse Enterprise, uma plataforma para criar e operar aplicações para o Metaverso.

BMW Group, por exemplo, está usando o Nvidia Omniverse Enterprise para projetar um gêmeo digital de ponta a ponta de uma fábrica inteira. Isso envolve a colaboração com milhares de projetistas, engenheiros de produto e gerentes de instalações em um único ambiente virtual para projetar, planejar, simular e otimizar sistemas de manufatura altamente complexos antes que uma fábrica seja realmente construída ou um novo produto seja integrado ao mundo real.

A necessidade de poder de computação acelerado está crescendo exponencialmente devido à explosão de fluxos de trabalho aprimorados por IA, desde cargas de trabalho tradicionais de P&D e ciência de Dados, a dispositivos de ponta em chão de fábrica ou escritórios de segurança, a soluções de IA generativas para conversas de texto e conversão de texto em imagem formulários.

As soluções de Realidade Estendida (XR) para trabalho colaborativo também exigem recursos de computação significativos. Exemplos de aplicações XR incluem revisões de design, validação de design de produto, treinamento de manutenção e suporte, ensaios, gêmeos digitais interativos e entretenimento baseado em localização. Tudo isso exige imagens fotorrealistas de alta resolução para criar as experiências imersivas mais intuitivas e atraentes, disponíveis localmente ou transmitidas para dispositivos sem fio.

“A parceria com a Intel só reforça nosso objetivo em contribuir com soluções inovadoras para que as empresas possam cada vez mais melhorar os fluxos de trabalho. Temos muito orgulho em aprimorar esse processo”, afirma Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da Nvidia para América Latina.

Recursos da Plataforma de Última Geração
Com uma nova arquitetura de computação inovadora para núcleos de CPU individuais mais rápidos e um novo encapsulamento de ponte de interconexão “multi-die” integrado, as séries de processadores Xeon W-3400 e Xeon W-2400 permitem escalabilidade sem precedentes para maior desempenho das cargas de trabalho. Disponível com até 56 núcleos em um único soquete, o processador Intel Xeon w9-3495X top de linha apresenta um controlador de memória redesenhado e cache L3 maior, oferecendo até 28% mais single-thread¹ e 120% mais multi-thread² desempenho em relação aos processadores Xeon W da geração anterior.

Com base na arquitetura de GPU Nvidia Ada Lovelace, a mais atual GPU Nvidia RTX 6000 traz eficiência de energia e desempenho incríveis para as novas workstations. Possui 142 núcleos RT de terceira geração, 568 núcleos Tensor de quarta geração e 18.176 núcleos CUDA de última geração combinados com 48 GB de memória gráfica de alto desempenho para fornecer até 2x ray tracing, IA, gráficos e desempenho de computação em relação à geração anterior.

Os Nvidia ConnectX-6 Dx SmartNICs permitem com que os profissionais lidem com tarefas exigentes de renderização 3D de alta largura de banda e tarefas de design auxiliadas por computador, bem como trabalho tradicional de escritório com suporte para conectividade de rede de velocidade de linha com base em duas portas de 25 Gbps e tecnologia GPUDirect para aumentar a largura de banda da GPU em 10x em relação às NICs padrão. Os recursos de rede e streaming de alta velocidade e baixa latência permitem que as equipes movam e ingiram grandes conjuntos de Dados ou que indivíduos remotos colaborem em aplicações para design e visualização

Disponibilidade
A nova geração de workstations equipadas com os mais recentes processadores Intel Xeon W e Intel Scalable e as novas GPUs Nvidia RTX Ada estarão disponíveis para pré-venda em breve na América Latina através da HP e posteriormente em outros parceiros.

¹ Com base no SPEC CPU 2017_Int (1 cópia) usando a plataforma de validação Intel comparando Intel Xeon w9-3495X (56c) versus a geração anterior Intel Xeon W-3275 (28c).

² Com base em SPEC CPU 2017_Int (n-copy) usando a plataforma de validação Intel comparando Intel Xeon w9-3495X (56c) versus a geração anterior Intel Xeon W-3275 (28c).

Serviço
www.nvidia.com/pt-br
www.intel.com/xeonweventlink

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.