book_icon

Check Point e Womcy querem ampliar a presença de mulheres em cibersegurança

O objetivo é realizar ações para reduzir a lacuna de profissionais capacitadas e promover maior diversidade no setor de segurança cibernética na América Latina

Check Point e Womcy querem ampliar a presença de mulheres em cibersegurança

A Check Point Software firmou uma aliança estratégica com a Womcy, Latam Women in Cybersecurity, com o objetivo de promover conjuntamente ações para reduzir a lacuna de profissionais capacitadas e promover maior diversidade no setor de segurança cibernética na América Latina. Nesta aliança há uma série de atividades e programas de treinamento para mulheres da região que buscam aprimorar suas habilidades em cibersegurança. Além disto, eventos e exposições serão coordenados em conjunto, visando aumentar a participação feminina em TI e em segurança cibernética.

Por meio dessa nova aliança, a Womcy avança em seu compromisso de fortalecer a participação das mulheres no setor de segurança cibernética em toda a América Latina

Entre os programas dos quais a Check Point Software participa estão o Programa Nano-Degree no qual profissionais de cibersegurança podem participar e ser certificados em Networking Security, Cloud Security e EndPoint Security. Depois de concluir os três cursos do programa, o diploma de Nano-Degree é concedido com um selo especial da Check Point Software. Outro programa que a Womcy lidera é a Womcy Tech, que visa atrair talentos qualificados, treinamento e educação, tanto para a Check Point Software quanto para o mercado de cibersegurança.

Da mesma forma, existem as Womcy Talks ou palestras de conscientização e segurança cibernética para a comunidade Womcy e organizações do setor empresarial. E, finalmente, Womcy Geek Girls, um programa que aumenta a conscientização de crianças, adolescentes e universitárias sobre ameaças à segurança cibernética para destacar riscos potenciais, além de apresentar mais estudantes às carreiras de tecnologia.

“A aliança entre Womcy e Check Point Software se apresenta como um ponto estratégico para unirmos esforços e minimizarmos cada vez mais a falta de profissionais de segurança cibernética e para termos mais diversidade. O conteúdo das certificações Check Point Software agregará muito valor à carreira profissional de nossos membros”, garantiu Leticia Gammill, presidente e fundadora da Womcy, Latam Women in Cybersecurity.

“Este acordo de colaboração confirma o compromisso contínuo da Check Point Software com seu programa SecureAcademy de fornecer educação e treinamento essenciais dentro do setor, ajudando a atrair mais mulheres para essa esfera e garantindo acesso mais fácil aos seus elementos de aprendizado, além de apoiar socialmente a comunidade latino-americana”, afirma Thaís Santana, gerente de Distribuição Latam na Check Point Software. “É por meio desses tipos de iniciativas e programas que promovemos o desenvolvimento de habilidades tecnológicas e experiências únicas para atrair e desenvolver o talento de mulheres interessadas em tecnologia e encurtar a curva de aprendizado em segurança cibernética.”

Por meio dessa nova aliança, a Womcy avança em seu compromisso de fortalecer a participação das mulheres no setor de segurança cibernética em toda a América Latina.

Serviço
www.checkpoint.com

América Latina

Check Point

cibersegurança

mulheres

WOMCY

Womcy Talks

Womcy Tech

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.