book_icon

Estudo da Oracle mostra que a tecnologia é fundamental para questões ESG

O relatório No Planet B pesquisou mais de 11 mil consumidores e líderes empresariais em 15 países e descobriu que as pessoas estão cansadas da falta de progresso que a sociedade está fazendo

Estudo da Oracle mostra que a tecnologia é fundamental para questões ESG

Pessoas em todo o mundo estão exigindo mais progresso em sustentabilidade e esforços sociais e estão esperando que as empresas intensifique as ações neste sentido. Foi isso que mostrou um novo estudo da Oracle, conduzido por Pamela Rucker, CIO Advisor, Instructor for Harvard Professional Development. O estudo “No Planet B” pesquisou mais de 11 mil consumidores e líderes empresariais em 15 países e descobriu que as pessoas estão cansadas da falta de progresso que a sociedade está fazendo em relação à sustentabilidade e iniciativas sociais, querem que as empresas transformem a conversa em ação e acreditam que a tecnologia pode ajudar as empresas a ter sucesso onde as pessoas falharam.

Os eventos dos últimos dois anos destacaram a sustentabilidade e os esforços sociais, com as pessoas em todo o mundo fartas da falta de progresso e pedindo que as empresas façam mais:

Embora o pensamento tenha evoluído, a tecnologia também evoluiu e pode desempenhar um papel fundamental na superação de muitos dos obstáculos que impediram o progresso

– 93% das pessoas acreditam que a sustentabilidade e os fatores sociais são mais importantes do que nunca e 80% disseram que os eventos nos últimos dois anos os levaram a mudar suas ações.

– 94% acreditam que a sociedade não fez progressos suficientes, 42% atribuem a falta de progresso às pessoas estarem muito ocupadas com outras prioridades, 39% acreditam que é o resultado de mais ênfase nos lucros de curto prazo sobre os benefícios de longo prazo e 37% acreditam que as pessoas são muito preguiçosas ou egoístas para ajudar a economizar os recursos do planeta.

– 45% acreditam que as empresas podem fazer mudanças mais significativas na sustentabilidade e nos fatores sociais do que indivíduos ou governos sozinhos.

– 78% estão frustradas e fartas da falta de progresso das empresas até o momento e 89% acreditam que não é suficiente que as empresas digam que estão priorizando o Meio Ambiente, Social e Governança (ESG), elas precisam ver ações e provas.

– 84% acreditam que as empresas fariam mais progresso em direção à sustentabilidade e metas sociais com a ajuda da IA ​​e 61% acreditam que os bots terão sucesso onde os humanos falharam.

ESG e tecnologia

Os líderes empresariais sabem que os esforços de sustentabilidade são fundamentais para o sucesso corporativo e até confiam em bots mais do que em humanos para impulsionar os esforços sociais e de sustentabilidade:

– 92% acreditam que os programas de sustentabilidade e ESG são fundamentais para o sucesso de suas organizações. Os executivos identificaram os três principais benefícios, como fortalecimento da marca (40%), aumento da produtividade (39%) e atração de novos clientes (38%).

– Quase todos os líderes empresariais (91%) estão enfrentando grandes obstáculos ao implementar iniciativas de sustentabilidade e ESG. Os maiores desafios incluem obter métricas ESG de parceiros e terceiros (35%); falta de dados (33%); e processos de relatórios manuais demorados (32%).

– 96% dos líderes empresariais admitem que o preconceito e a emoção humanos muitas vezes distraem o objetivo final e 89% acreditam que as organizações que usam a tecnologia para ajudar a impulsionar práticas de negócios sustentáveis ​​serão as que terão sucesso a longo prazo.

– 93% dos líderes de negócios confiariam em um bot em vez de um humano para tomar decisões sociais e de sustentabilidade. Eles acreditam que os bots são melhores em coletar diferentes tipos de dados sem erros (43%), tomar decisões racionais e imparciais (42%) e prever resultados futuros com base em métricas/desempenho passado (41%).

– Os líderes empresariais acreditam que as pessoas ainda são essenciais para o sucesso das iniciativas sociais e de sustentabilidade e acreditam que as pessoas são melhores na implementação de mudanças com base no feedback das partes interessadas (48%), educar outras pessoas sobre as informações necessárias para tomar decisões (46%) e tomar decisões estratégicas informadas pelo contexto (42%).

Prioridade

As empresas precisam priorizar a sustentabilidade e as questões sociais e repensar como usam a tecnologia para causar impacto ou enfrentar grandes consequências.

– 94% das pessoas querem progredir em sustentabilidade e fatores sociais para estabelecer formas de vida mais saudáveis ​​(50%), salvar o planeta para as gerações futuras (49%) e ajudar a criar mais igualdade em todo o mundo (46%).

– 70% das pessoas estariam dispostas a cancelar seu relacionamento com uma marca que não leva a sério a sustentabilidade e as iniciativas sociais e 69% até deixariam sua empresa atual para trabalhar para uma marca que coloca um foco maior nesses esforços.

– Se as organizações puderem demonstrar claramente o progresso que estão fazendo em questões ambientais e sociais, as pessoas estariam mais dispostas a pagar mais por seus produtos e serviços (87%), investir neles (83%) e trabalhar para eles (83%).

– Os líderes empresariais entendem a importância e a urgência, tanto que 94% acreditam que as métricas sociais e de sustentabilidade devem ser usadas para informar as métricas de negócios tradicionais e 91% desejam aumentar seu investimento em sustentabilidade.

“Os eventos dos últimos dois anos colocaram a sustentabilidade e as iniciativas sociais sob o microscópio e as pessoas estão exigindo mudanças materiais. Embora existam desafios para lidar com esses problemas, as empresas têm uma imensa oportunidade de mudar o mundo para melhor”, disse Pamela Rucker. “Os resultados mostram que as pessoas são mais propensas a fazer negócios e trabalhar para organizações que agem de forma responsável em relação à nossa sociedade e ao meio ambiente. Este é um momento oportuno. Embora o pensamento tenha evoluído, a tecnologia também evoluiu e pode desempenhar um papel fundamental na superação de muitos dos obstáculos que impediram o progresso”, observou.

“Nunca foi tão crítico para as empresas investir em sustentabilidade e iniciativas ESG, pois as pessoas não querem apenas ouvir sobre isso – elas estão buscando ações decisivas e exigindo mais transparência e resultados tangíveis”, disse Juergen Lindner, vice-presidente sênior e CMO, Global de Marketing SaaS da Oracle. “Os líderes empresariais entendem a importância, mas muitas vezes têm a suposição errônea de que precisam priorizar os lucros ou a sustentabilidade. A verdade é que este não é um jogo de soma zero. A tecnologia que pode eliminar todos os obstáculos aos esforços ESG já está disponível, e as organizações que fizerem isso corretamente podem não apenas apoiar suas comunidades e o meio ambiente, mas também obter ganhos significativos de receita, economia de custos e outros benefícios que afetam os resultados”, finalizou.

Serviço
www.oracle.com

bot

ESG

meio ambiente

No Planeta B

Oracle

Social

Sustentabilidade

Tecnologia

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento