book_icon

SPS Group lança solução de logística para distribuição de alimentos

Novo módulo específico para o setor alimentício, com foco em agregar inteligência e eficiência na logística de distribuição no setor de alimentos

SPS Group lança solução de logística para distribuição de alimentos

Entre os desafios da indústria de alimentos está a distribuição. Com o objetivo de auxiliar o setor nessa gestão, a SPS Group, consultoria especializada em desenvolvimento tecnológico e parceira SAP,  lançou no Aster, plataforma da empresa que reúne funcionalidades que auxiliam na gestão e produtividade dos negócios, um novo módulo específico para o setor alimentício, com foco em agregar inteligência e eficiência na logística de distribuição desse segmento. Com a nova solução, a empresa tem como meta prospectar seis novos clientes até o fim deste ano.

Segundo um estudo da ONU, realizado em 2022, o mundo desperdiça 1 bilhão de refeições por dia, enquanto 783 milhões passam fome. A situação no Brasil também é crítica, isso porque de acordo com o órgão, o País é o 10º que mais desperdiça alimentos no mundo e, em dados divulgados pelo IBGE, cerca de 30% do que é produzido acaba sendo descartado. Sendo assim, buscar formas de impulsionar essa distribuição é algo mais do que necessário.

A partir do uso dessa solução, nossos clientes poderão ter uma gestão eficaz, garantindo que todo o processo seja monitorado, proporcionando maior assertividade

Compreendendo essa importância, a SPS desenvolveu uma solução que facilita e impulsiona a eficiência logística na distribuição de alimentos. O intuito é agregar na maior agilidade, visto que todo sistema possui integração online com a atualização de dados em tempo real, em prol de uma tomada de decisão assertiva, podendo ser acessada por mais de um tipo de dispositivo.

O módulo conta com as seguintes funcionalidades: planejamento de vendas, que administra a agenda que contém todo o cronograma de atendimento, controle de rotas, gestão da equipe, pré-venda e previsão de venda; carregamento no centro de distribuição, oferecendo controle de carregamentos até a saída de embalagens retornáveis; entrega e faturamento, com a emissão de DANFE simplificado por meio da integração entre o dispositivo móvel com o Aster e a impressora térmica via bluethooth; e retorno, cuidando da gestão dos suportes e permitindo uma visão mais ampla para reorganização dos materiais.

Voltada a atender empresas que possuem sistemas próprios de distribuição, a ferramenta também possui integrações com o SAP Business One, sistema de gestão para empresas em crescimento da multinacional alemã. Além disso, em breve, a consultoria pretende disponibilizá-la para as demais soluções do ecossistema SAP.

Para Alan Gomes, diretor de negócios da SPS Minas, o lançamento do novo módulo na plataforma Aster vem ao encontro de uma necessidade latente na indústria de alimentos. “Muitas empresas desse segmento sofrem no dia a dia por não terem seus processos integrados, dificultando a gestão da cadeia produtiva. Com a nossa solução, estamos oferecendo um sistema robusto e altamente eficaz para contribuir na gestão e eliminar as complexidades que podem inibir o desempenho e crescimento da indústria”, diz.

Quem concorda é Milton Ribeiro, Co-ceo da SPS Group. “Considerando a desigualdade que temos hoje com a produção e distribuição de alimentos, acrescentar no mercado um novo recurso dentro do Aster é de extrema relevância. A partir do uso dessa solução, nossos clientes poderão ter uma gestão eficaz, garantindo que todo o processo seja monitorado, proporcionando maior assertividade”, pontua.

Com essa nova funcionalidade na plataforma Aster, a empresa, que já atua nesse setor com cases de sucesso, tem como meta atingir na indústria de alimentos, principalmente, os segmentos de panificação e produtos shelf life, que são produtos com curta duração. Para isso, a SPS pretende manter firme sua presença nesse mercado, por meio de ações com foco em atender eixos regionais. “Trouxemos todo o nosso know how e expertise para esse módulo. Temos a certeza de que iremos ajudar a indústria alimentícia em uma gestão mais assertiva, contribuindo para a redução do desperdício e o seu fortalecimento”, finaliza Gomes.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.