book_icon

Black Friday acelera Logística e TI para melhor desempenho dos marketplaces

Hoje, o dinamismo operacional é muito maior para suprir a alta demanda dos consumidores hiper digitalizados, da rapidez dos marketplaces, gerenciamento de estoques e, claro, a entrega

Black Friday acelera Logística e TI para melhor desempenho dos marketplaces

Logística é sinônimo de agilidade operacional, gestão estratégica da cadeia de suprimentos e dinamismo. A Black Friday acelera ainda mais esses processos e faz com que os operadores logísticos direcionem uma atenção maior para as vendas no e-commerce. Hoje, o dinamismo operacional é muito maior para suprir a alta demanda dos consumidores hiper digitalizados, da rapidez dos marketplaces, gerenciamento de estoques e, claro, a entrega.

A FM Logistic, uma operadora de logística e Supply Chain, tem toda uma estratégia estruturada para atender períodos sazonais e que demandam uma agilidade ainda maior da equipe operacional, armazéns e gestão de processos. De acordo com a diretora de operações da empresa, Luciana Lacerda, o omnichannel trouxe aos consumidores uma mudança completa nos hábitos de compras.

O omnichannel cria uma experiência de vendas contínua e centrada no consumidor, independentemente do caminho de compra (loja, celular ou online) 

“O omnichannel cria uma experiência de vendas contínua e centrada no consumidor, independentemente do caminho de compra (loja, celular ou online). Sincronizar o ecossistema de compras, no entanto, requer inovação na cadeia de suprimentos para criar processos on-line e off-line dinâmicos. Os consumidores agora querem poder fazer compras em qualquer lugar, a qualquer hora, incluindo opções de compra, retirada, entrega e devolução de produtos quando desejarem. Aperfeiçoar a cadeia de suprimentos omnichannel não apenas oferece aos clientes conectados a conveniência final, mas permite que os estabelecimentos convencionais ganhem novos canais de lucro e aumentem as vendas na loja”, explica.

Na FM Logistic do Brasil, a expectativa é dobrar a movimentação na Black Friday 2021. Para isso, segundo Luciana, a empresa analisa estrategicamente toda a eficiência operacional da cadeia logística. “Investir em ferramentas tecnológicas é primordial para gerar uma base com dados disponíveis 100% do tempo e que sejam, acima de tudo, precisos. Rastreabilidade, análise, visualização dos processos, monitoramento, compartilhamento de informação e simulação são estratégias que podem ser aplicadas para os operadores logísticos não serem pegos de surpresa”, comenta.

Desde meados do ano, a FM Logistic do Brasil já analisa com cada cliente as necessidades e demanda prevista para o período da Black Friday. A empresa prevê antecipadamente a capacidade de estoque e todo o processo de logística para atender a esse período sazonal. “Aliamos flexibilidade com processos ágeis de treinamento de pessoas para garantir o aumento de capacidade com a qualidade adequada. Trabalhamos com modelos de contratação que nos apoiam no sentido de mobilização nos momentos de sazonalidade, investimos anualmente em tecnologia, inovação e digitalização de processos para oferecer não apenas rapidez e confiabilidade no processo logístico, mas também uma logística cada vez mais sustentável, fornecendo sempre flexibilidade ao consumidor”, finaliza a diretora de operações.

Black Friday 2021

FM Logistic

Logística

Luciana Lacerda

marketplaces

omnichannel

TI

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento