book_icon

Não há estratégia de negócios sem uma estratégia de Nuvem, afirma Gartner

O aumento dos serviços digitais estão tornando a Nuvem a peça central de novas experiências digitais; a receita global é estimada em US$ 474 bilhões em 2022

Não há estratégia de negócios sem uma estratégia de Nuvem, afirma Gartner

A pandemia contínua e o aumento dos serviços digitais estão tornando a Nuvem a peça central de novas experiências digitais. Em 2022, a receita global da Nuvem é estimada em US$ 474 bilhões, ante US$ 408 bilhões em 2021. Nos próximos anos, os analistas do Gartner estimam que a receita da Nuvem ultrapassará a receita sem Nuvens para mercados relevantes de TI empresarial.

“Não há estratégia de negócios sem uma estratégia de Nuvem”, disse Milind Govekar, vice-presidente do Gartner. “A adoção e o interesse pela Nuvem pública continuam inabaláveis ​​à medida que as organizações buscam uma política de ‘Nuvem em primeiro lugar’ para a integração de novas cargas de trabalho. A Nuvem possibilitou novas experiências digitais, como sistemas de pagamento móvel, em que os bancos investiram em startups, empresas de energia usando a Nuvem para melhorar as experiências de varejo de seus clientes ou empresas de automóveis lançando novos serviços de personalização para a segurança do cliente e entretenimento informativo”, observou.

O Gartner estima que, em 2022, os gastos do usuário final com SASE totalizarão US$ 6,8 bilhões, ante US$ 4,8 bilhões em 2021. Além disso, em 2025, mais de 50% das organizações terão estratégias explícitas para adotar SASE, contra menos de 5% em 2020

Durante o Gartner IT Symposium/Xpo EMEA, que acontece virtualmente até esta quinta-feira (11/11), os analistas do Gartner discutiram como a Nuvem se tornará o estilo de computação difundido em um futuro próximo. Os analistas disseram que mais de 85% das organizações vão adotar o princípio da Nuvem em 2025 e não serão capazes de executar totalmente suas estratégias digitais sem o uso de arquiteturas e tecnologias nativas da Nuvem .

“A adoção de plataformas nativas da Nuvem significa que as equipes digitais ou de produto usarão princípios e recursos arquitetônicos para aproveitar as vantagens dos recursos inerentes ao ambiente de Nuvem”, afirmou Govekar. “Novas cargas de trabalho implementadas em um ambiente nativo da Nuvem serão difundidas, não apenas populares, e qualquer coisa que não esteja em Nuvem será considerada legada”, comentou.

Previsões

Em 2025, o Gartner estima que mais de 95% das novas cargas de trabalho digitais serão implementadas em plataformas nativas da Nuvem, contra 30% em 2021. Conforme o modelo operacional muda, a organização mudará para um modelo operacional orientado para o produto, em que todo o fluxo de valor do negócio e da TI terá de ser alinhado por produtos. Isso criará novas funções e responsabilidades, como engenheiros de confiabilidade do local, gerentes de produto ou comunidades de práticas.

Outra previsão é que uso de tecnologias Low-code/No-code quase triplicará até 2025. O desenvolvimento de aplicativos mudará para montagem e integração de aplicativos. Os aplicativos serão montados e compostos pelas equipes que os utilizam. “Os silos tecnológicos e organizacionais de desenvolvimento, automação, integração e governança de aplicativos se tornarão obsoletos”, disse Govekar. “Isso impulsionará o surgimento de plataformas de aplicativos Low-code (LCAPs) e o desenvolvimento do cidadão”, disse.

Na área de segurança, o acesso seguro entregue na Nuvem (SASE) apresenta a oportunidade de crescimento mais rápido no mercado de rede. Como a maior parte do tráfego de filiais e locais de computação de Borda não irá para um Data Center corporativo, os CIOs e líderes de TI usarão cada vez mais o SASE para proteger as necessidades de acesso de usuários e dispositivos em qualquer lugar e a qualquer hora. O Gartner estima que, em 2022, os gastos do usuário final com SASE totalizarão US$ 6,8 bilhões, ante US$ 4,8 bilhões em 2021. Além disso, em 2025, mais de 50% das organizações terão estratégias explícitas para adotar SASE, contra menos de 5% em 2020.

Serviço
www.gartner.com

Desenvolvimento

Gartner

low-code

No Code

Nuvem

previsões

Sase

segurança

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento