book_icon

VoNR: o futuro das comunicações por voz com a 5G

A tecnologia que habilitará chamadas de voz nas novas redes de comunicação sem fio 5G, será a chave para migrar a infraestrutura legada e permitir a reutilização do espectro. Durante a transição de tecnologia, será necessário um processo baseado em fases para garantir a continuidade dos serviços de voz.

VoNR: o futuro das comunicações por voz com a 5G

Com o desenvolvimento primário das redes 5G, uma nova etapa também se inicia para as comunicações de voz. A Voz sobre Novo Rádio (VoNR, Voice over New Radio) proporcionará oportunidades atrativas para melhorar a qualidade de voz, reduzirá custos operacionais para operadoras e facilitará a migração de tecnologias de rede para que sejam mais rápidas, da mesma forma que a Voz sobre LTE (VoLTE, Voice Over LTE) fez anteriormente com serviços de voz tradicionais em redes 2G e 3G.

Boa parte da indústria de telecomunicações adotou um processo para introduzir a tecnologia 5G em fases em suas redes existentes. Tal abordagem começou com a chamada arquitetura não autônoma (NSA, Non-Standalone), na qual os nós LTE (eNodeB) servem como âncora de controle para o nó 5G (gNodeB). Sob essa arquitetura, os serviços IP multimídia (IMS), incluindo chamadas de voz, usarão a rede LTE sem impactar a sinalização do plano de controle. Os usuários terão a mesma experiência que na VoLTE.

A VoNR desempenhará um papel fundamental no auxílio às operadoras ao migrarem de redes legadas, como a 2G e a 3G, ajudando assim a acelerar a reutilização desses espectros de rádio 

Quando a 5G autônoma (SA, standalone) atingir a maturidade, as arquiteturas NSA e SA coexistirão nas redes das operadoras. Em áreas onde a 5G SA estiver disponível, será de extrema importância que todos os serviços de voz funcionem adequadamente.

Nas áreas geográficas onde a cobertura 5G não estiver disponível, o sistema EPSFB (Evolved Packet System Fall Back) será a solução temporária, permitindo que as chamadas sejam redirecionadas para VoLTE onde existe 4G LTE, de forma semelhante como o Circuit Switch Fallback (CSFB) funcionava no início das implantações LTE.

A VoNR desempenhará um papel fundamental no auxílio às operadoras ao migrarem de redes legadas, como a 2G e a 3G, ajudando assim a acelerar a reutilização desses espectros de rádio. Para isso, será de extrema importância para as operadoras continuarem promovendo o ecossistema de dispositivos que podem suportar as tecnologias 5G autônomas (SA, standalone) e VoNR.

A 5G Americas é uma associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. A missão da organização é de apoiar e promover o desenvolvimento total das capacidades da tecnologia sem fio LTE e sua evolução além da 5G, em todo o ecossistema de redes, serviços, aplicativos e dispositivos sem fio nas Américas. A 5G Americas fomenta o desenvolvimento de uma comunidade conectada e sem fio e está liderando o desenvolvimento da 5G para toda a região das Américas.

Os Membros do Conselho de Administração da 5G Americas incluem: AT&T, Ciena, Cisco, Crown Castle, Ericsson, Intel, Liberty Latin America, Mavenir, Nokia, Qualcomm Incorporated, Samsung, Shaw Communications Inc., T-Mobile US, Inc., Telefónica, VMware e WOM.

Serviço
www.brechazero.com.br

 

5G

Voz sobre Novo Rádio (VoNR- Voice over New Radio)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edição sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento