book_icon

Transformação Digital impulsiona busca por metodologias ágeis

Especialistas explicam vantagens, processos, pontos de atenção e de que forma aplicar princípios ágeis nas empresas

Transformação Digital impulsiona busca por metodologias ágeis

A aceleração da busca por Transformação Digital tem refletido diversos setores, sobretudo o de TI, que para lidar com a complexidade de soluções tecnológicas imediatistas, tem enxergado o profissional agilista como uma alternativa viável.

Conforme a terceira edição do estudo Agilidade na América Latina, feito pela consultoria everis em parceria com a MIT Tech Review, o investimento em metodologias ágeis aumentou 30% desde 2017. O levantamento foi realizado para avaliar a adoção de filosofia ágil por grandes empresas de países como Argentina, Brasil, Chile Colômbia, México e Peru.

O crescimento se deve, em partes, à necessidade que as empresas veem em deixar seus times alinhados, transmitir mensagens com clareza e facilitar os processos de um projeto. Segundo o CEO da Lambda3, Victor Hugo Germano, é a partir desta carência das companhias que as metodologias ágeis se tornam opção. “Para ajudar no êxito dos projetos, o papel do agilista em todas as etapas é oferecer ferramentas, treinamento e mentoria. Ele presta suporte ao time ou organização a focar naquilo que for prioritário e a aprender com as entregas, sendo que, tudo isso é feito através do conhecimento de processos e práticas de ferramentas”, explica.

Recomendações

Mesmo com todas as facilidades proporcionadas pela metodologia, a agilista da Lambda3, Barbara Oliveira, faz uma ressalva. “Dificilmente os resultados aparecerão quando forem somente impostos pela alta gestão. O ideal é que gestores apoiem iniciativas, que acontecem organicamente dentro dos projetos. Afinal, métodos como Scrum e Kanban não são os responsáveis absolutos pelas mudanças. Hoje, mais do que nunca, o mundo precisa responder a mudanças, se adaptar e aprender rápido, pois é pouco provável que todas as respostas para os projetos estejam dentro de um único framework ou de uma metodologia específica”, orienta.

Ao se atentar a essas recomendações, uma organização focada em princípios ágeis consegue se direcionar para a potencial transformação dos negócios. “Neste sentido, profissionais agilistas conseguem ajudar a priorizar o que é mais importante, conseguindo retornos mais rápidos que o esperado. Entre os principais resultados e benefícios obtidos estão a manutenção da produtividade no home office, custos operacionais reduzidos, melhor relacionamento com o cliente via chatbot e outros canais de atendimento, e velocidade e qualidade das informações de rede – trazendo, por exemplo, maior precisão na contagem de estoques”, finaliza Germano.

Barbara Oliveira

estudo "Agilidade na América Latina"

everis

Lambda3

Metodologias Ágeis

Transformação Digital

Victor Hugo Germano

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.