Informe aqui

Com nova IA, startup quer acompanhar indivíduos em multidões

Com apenas 3 anos de mercado e já líder mundial em velocidade e precisão de reconhecimento facial por software, a startup russa NtechLab se prepara para mais um passo gigante no uso de Inteligência Artificial.

O novo movimento da empresa é o lançamento de uma solução combinando tecnologias de detecção de silhuetas humanas e de reconhecimento facial. Ao somar as especialidades nas quais vem sendo premiada em todo o mundo, a NtechLab pretende apresentar um sistema para elevar a 100% a precisão na identificação de uma pessoa por meio de imagens captadas por câmeras de vídeo comuns.

A startup ainda não diz quando a nova solução será mostrada a público mas, considerando as últimas movimentações da marca, deve ser em breve. O novo sistema de IA terá acuracidade para, independente do ângulo de visão da câmera, fazer o reconhecimento facial até mesmo de pessoas que venham a cobrir os rostos ou virar as costas para os pontos de captação de imagens de vídeo.

Além da acuracidade, a nova tecnologia tem outros objetivos bem claros. Um deles é o de acompanhar os movimentos de indivíduos, determinando suas rotas e prevendo tendências de ações, algo de alto impacto para identificar fluxos de clientes em lojas, shoppings ou aeroportos, entre outros locais de grandes afluxo de público. Outra área a ser impactada é a de segurança pública: alguém procurado pela polícia pode ser seguido virtualmente pela IA da NtechLab até que as forças de segurança possam contê-lo.

As soluções da NtechLab podem ser conhecidas no hotsite em português, para o Brasil, recém lançado em https://findface.pro/br

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.