Mercado

CommScope anuncia parceria com o Google para o desenvolvimento de infraestrutura de redes

Empresa irá implantar e gerenciar a operação física da rede ESC, enquanto que o Google desenvolverá o sensor e o engine, além de controlar o sistema por cloud

A CommScope anunciou uma parceria com o Google para desenvolver, instalar e operar uma rede ESC (Environmental Sensing Capability), impulsionando a adoção da tecnologia de CBRS (Citizens Broaband Radio Service) pelo mercado. A parceria permitirá aprimorar as capacidades técnicas de cada empresa com uma base consolidada, o que resulta em mais pontos capazes de adotar CBRS e maior disponibilidade de espectro para os operadoras que utilizam essa tecnologia.

A CommScope e o Google proverão serviços SAS independentes e operarão em conjunto a rede ESC

“Esse acordo é vital para a infraestrutura das redes e representa um grande comprometimento com a tecnologia CBRS por duas grandes empresas provedoras de SAS. E ajudará a demonstrar que as oportunidades criadas pela CBRS em breve se tornarão uma realidade”, destaca Ben Cardwell, vice-presidente sênior da CommScope Mobility Sotutions. “Juntos, ofereceremos uma rede ESC mais veloz e mais eficiente, aproveitando a capacidade conjunta de duas grandes empresas.”

A banda CBRS utiliza 150 MHz do espectro de 3,5 GHz, que será compartilhada pelas incumbentes, incluindo sistemas de radares governamentais e novos usuários comerciais. A CBRS proverá espectros compartilhados alocados dinamicamente para vários tipos de uso, como por exemplo redes privadas, redes wireless fixas, banda larga wireless rural, cobertura sem fio interna, Internet das Coisas e capacidade adicional de celular. A FCC (Federal Communications Commission) autorizou o uso compartilhado da banda, o que possibilita o suporte de serviços comerciais wireless, ao mesmo tempo que protege o uso pela incumbente.

O espectro CBRS é gerenciado pelo SAS (Spectrum Access Systems), que necessita de uma rede ESC para colocar em funcionamento a operação de radar. Assim, os sistemas SAS conectados podem reconfigurar as alocações de espectro para dispositivos CBRS próximos, para funcionar sem a interferência com a atividade naval.

A CommScope e o Google proverão serviços SAS independentes e operarão em conjunto a rede ESC. Essa rede foi desenvolvida para oferecer alta disponibilidade, com redundância integrada e capacidade de detecção de falhas, que são essenciais para o funcionamento adequado. Como parte dessa parceria, as empresas compartilham a responsabilidade pelo design geral da rede.

O Google desenvolveu o sensor ESC e o cloud decision engine computing e operará a nuvem que se comunicará com cada sistema SAS. Já a CommScope irá implantar e gerenciar toda a operação física da rede. Juntas, o Google e a CommScope já estão trabalhando com a FCC e outras agências governamentais para obter todas as certificações.

“A ESC representa bem mais que apenas uma capacidade extra. Para conseguir gerenciar o espectro com eficiência, o sistema SAS conta com notificações precisas vindas do ESC, que elimina falsas leituras positivas com uma alta disponibilidade de monitoramento de rede”, afirma Milo Medin, vice-presidente da área de serviços wireless do Google. “Estamos empolgados em trabalhar em conjunto com a CommScope em busca do sucesso na tecnologia CBRS.”

Tags

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.