Informe aqui

Microcity engaja cerca de 80% dos funcionários com curso de capacitação online

Chamado Bytes do Conhecimento, programa visa preparar colaboradores para atuarem no novo modelo de negócios da empresa, focado na entrega de Inteligência da Informação

Reconhecida como uma das melhores empresas de tecnologia para se trabalhar no Brasil e na América Latina nos últimos anos, pelo Great Place To Work (GPTW), a Microcity, especializada em outsourcing de equipamentos e serviços avançados de TI, lançou em 2017 um programa de capacitação para funcionários Bytes do Conhecimento, focado em assuntos relacionados a negócios, novas tecnologias e inovação. A partir da iniciativa, cerca de 80% dos 350 colaboradores da companhia já fizeram um ou mais dos 16 cursos disponíveis online, e desse total, 30% já completaram todas as disciplinas.

Segundo Polianna Lopes, diretora de Pessoas e Marketing da Microcity, o Bytes do Conhecimento foi criado para disseminar conhecimentos entre os colaboradores, e, prepará-los para a chegada das novas tecnologias e conceitos de mercado que estão surgindo e impactando o dia a dia das organizações em todo o mundo, como Inteligência Artificial (IA), Big Data, Transformação Digital etc.

“As novas tecnologias vieram para transformar a nossa forma de pensar e agregar valor na vida do cliente. Sendo assim, todos precisam estar alinhados e evoluir a sua forma de entrega do dia a dia. Pensar de maneira a inovar e gerar informações mais inteligentes”, afirma.

De acordo com ela, o programa de capacitação, que mensalmente disponibiliza na plataforma online de ensino da Microcity um novo curso elaborado pelas equipes de especialistas das áreas de Business Operation Process (BOP), Sistemas e Gestão de Pessoas, também se mostrou uma ferramenta poderosa de aculturamento dos funcionários, especialmente para acompanhar a recente mudança do modelo de negócios da Microcity.

“Este ano, consolidamos o nosso foco na entrega de Inteligência da Informação para os nossos clientes, através de soluções e serviços capazes de prover monitoramento, automação e virtualização de processos corporativos, o que envolveu uma série de inovações que precisavam estar claras para que os colaboradores fizessem parte dessa transformação. Por meio do Bytes do Conhecimento, conseguimos passar com mais transparência conteúdos necessários para guia-los nessa jornada”, explica.

Além disso, aponta Polianna, os cursos têm sido usados para aprimorar os processos seletivos na empresa. “Sempre que abrimos uma vaga de trabalho, procuramos preenche-la, primeiramente, com algum funcionário que já trabalhe conosco, e tenha interesse ou demonstre aptidão para o cargo. Com os cursos oferecidos, estamos capacitando melhor esses talentos para que possam estar à altura dos desafios que irão encontrar, independente se é em outra função ou área de atuação”, revela.

Para Luana Sena, gerente de Gestão de Pessoas da Microcity, apesar de ter sido criado no ano passado, o programa de capacitação já está inserido na cultura da empresa. “Toda a diretoria, incluindo o nosso presidente, apoia e participa do Bytes do Conhecimento, instigando a contribuição e participação de todos os colaboradores. Pois acreditamos que o conhecimento é universal e precisa ser compartilhado por entre toda a hierarquia organizacional, para permitir andarmos todos na mesma direção”, diz.

Segundo Luis Carlos Nacif, diretor-presidente da Microcity, a transmissão do conhecimento é um importante instrumento para preparar a companhia para o futuro. “A nossa missão está cada vez mais atrelada a prover informações para agregar valor aos negócios dos clientes, e isso precisa refletir na imagem do funcionário da empresa: ágil, detentor de conhecimento e capaz de lidar com as novas tecnologias. Por meio do Bytes do Conhecimento, nós estamos criando um ambiente que seja favorável para alcançarmos esse objetivo, incentivando o desenvolvimento profissional, sem perder o lado humano”, finaliza.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.