Tecnologia

Brasil e Coreia do Sul inauguram centro de cooperação de TI

Localizado em Minas Gerais, unidade possibilitará intercâmbio de informações e estudos para o desenvolvimento da 5G e da Internet das Coisas (IoT)

Ascom
Ministro Gilberto Kassab e o embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Jeong-gwan Lee, participaram da assinatura de acordo em TICs

Um acordo do Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) com a da Agência Nacional de Sociedade da Informação da Coreia do Sul (NIA, na sigla em inglês) viabilizou a inauguração do Centro de Cooperação em Tecnologia da Informação e Comunicação (CCTIC).

O projeto, localizado em uma unidade do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), no município mineiro Santa Rita do Sapucaí, pesquisa possibilitará intercâmbio de informações e estudos para o desenvolvimento tecnológico, em especial em torno da 5G e da Internet das Coisas (IoT).

A estimativa é que o trabalho em conjunto seja executado em três anos

O diretor do Inatel, Marcelo Marques, prevê a geração de novas frentes de desenvolvimento para instituições e empresas brasileiras e coreanas, com reflexos diretos no desenvolvimento econômico e social dos dois países. Ele havia assinado, em dezembro de 2016, no MCTIC, o acordo de colaboração que estabeleceu o CCTIC, ao lado do diretor da NIA, Myungha Hong.

A ação, lançada pelo Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), conta com o apoio dos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e da Ciência, Tecnologias da Informação e Comunicação e Planejamento Futuro (MSIP, na sigla em inglês).

A estimativa é que o trabalho em conjunto seja executado em três anos e envolva profissionais do Inatel e da NIA. Responsável por projetos semelhantes no Chile, na Colômbia e no México, o governo sul-coreano deve investir US$ 1 milhão no projeto.

Fundado em 1965, em Santa Rita do Sapucaí, o Inatel é um centro de excelência em ensino e pesquisa de engenharia de telecomunicações e outros cursos de graduação associados. A instituição é privada e sem fins lucrativos, mantida pela Fundação Instituto Nacional de Telecomunicações (Finatel).

Tags

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.