Mercado

Schneider Electrics aposta em IoT e indústria 4.0 para crescer no Brasil

Empresa francesa lança soluções que podem ser personalizadas por parceiros para a oferta no mercado

A internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) ruma para adoção em massa nos próximos anos. A indústria de todo o mundo vem apostando fortemente no crescimento da tecnologia e a estimativa, segundo estudo da Aruba, é que 85% dos negócios em diversos países adotem algum tipo de tecnologia baseada em IoT até 2019. Todos eles guiados sobretudo pela necessidade de inovação e de eficiência.

Há cerca de 70 anos no Brasil e com um histórico de aquisições, a empresa avalia que o ano de 2017 como o de consolidação de sua atuação

Esse mercado e o processo gradual de digitalização da indústria, a chamada Indústria 4.0, estão na mira da Schneider Electric, multinacional francesa especialista em gerenciamento de energia e automação. Há cerca de 70 anos no Brasil e com um histórico de aquisições, a empresa avalia que o ano de 2017 como o de consolidação de sua atuação. Recentemente a Schneider adquiriu a Invensys, Telvent e Summit Energy.

Tendo a eficiência energética como o core do seu negócio, a Schneider oferece soluções para gerenciamento inteligente e economia de energia em indústrias, edifícios ou hospitais. Também possui produtos voltados a proporcionar essa eficiência ao mercado privado. Isso é feito via a unidade de TI, comandada pelo vice-presidente da divisão de IT no Brasil, Luciano Santos.

O executivo, que trabalha sob o lema ‘gestão aliada a sustentabilidade’, afirma que essa diretriz contribui para a geração de negócios. “Oferecer acesso à energia, nos dá acesso a mais consumidores e, por consequência, gera mais negócios”, pontua. Além de IoT, Santos conta que a sua divisão tem como prioridades tecnológicas soluções de Edge Computing e Colocation.

Entre as oportunidades, ele destaca a grande tendência que não acontece só no Brasil, mas no mundo. “Vemos hoje o crescimento de pequenos e micros Data Centers regionais. Esses parques precisam ter uma resiliência maior para lidar com uma grande quantidade de dados, que só tende a crescer”, afirma o executivo.

Santos explica que a oferta de suas soluções é feita via canais com o apoio de sua força interna de vendas. O programa de canal da companhia divide os parceiros em Registered, Select, Premier e Elite. “Nossos parceiros têm papel fundamental, já que nos oferecem capilaridade no País”, diz ele ressaltando que constantemente a empresa busca por novos parceiros, principalmente para a oferta de soluções de IoT e de Edge Commputing.

O canal da Schneider é responsável pela oferta dos recentes lançamentos da empresa: o UPS trifásico Galaxy VX, voltado para grandes data centers e aplicações críticas de alta potência em diversos tipos de ambientes, e a plataforma EcoStructure, soluções IoT que fornecem eficiência energética e operacional para diferentes setores.

“Nossa plataforma avançada conecta as três camadas de tecnologia através de um backbone que aproveita toda a força da nossa parceria com a Microsoft. A plataforma tornou-se a base para smart grids, edifícios, data centers e plantas industriais mais inteligentes, permitindo que nossos clientes alcançassem novos níveis de eficiência e sustentabilidade e fornecesse um caminho para maximizar o poder de seus dados operacionais”, disse Cyril Perducat, vice-presidente executivo de Transformação Digital e IoT da Schneider Electric.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos