book_icon

Estudo mostra principais habilidades e ferramentas para o sucesso da IA

Relatório da IDC encomendado pela Microsoft explora quais habilidades e ferramentas são mais críticas para o sucesso, visando funções em áreas de TI e linha de negócios

Estudo mostra principais habilidades e ferramentas para o sucesso da IA

A tecnologia está mudando a forma como as pessoas trabalham, e a IA no local de trabalho está remodelando as habilidades necessárias para elas serem bem-sucedidas. Com a IA generativa capturando a atenção dos empregadores e mudando rapidamente os requisitos de trabalho, ter as habilidades e certificações certas é fundamental para todos, desde novos contratados até gerentes. Os empregadores precisam de uma força de trabalho qualificada e certificada para ajudar a impulsionar a inovação.

Para entender melhor quais habilidades os empregadores estão priorizando, a Microsoft encomendou à International Data Corporation (IDC) uma pesquisa com mais de 800 líderes de negócios e TI em todo o mundo. As descobertas, capturadas em um recém-lançado IDC InfoBrief, Prospering in an AI-driven Future: Defining Critical Skills and Tools as Jobs Evolve, destacam a necessidade não apenas de habilidades técnicas e relacionadas à IA, mas também de desenvolvimento de habilidades humanas. O relatório explora quais habilidades e ferramentas são mais críticas para o sucesso, visando funções em áreas de TI e linha de negócios (LOB), como marketing, vendas, RH, operações e finanças.

As descobertas da IDC, bem como o relatório New Future of Work da própria Microsoft, confirmam que a necessidade de uma força de trabalho pronta para IA já chegou

“O desenvolvimento de competências passou de uma experiência âncora no ensino superior para uma experiência contínua como parte do fluxo de trabalho. Seja começando como um recém-graduado ou um líder profissional experiente, o objetivo final é se adaptar e aprender as ferramentas mais críticas para impulsionar a produtividade, os negócios e o sucesso organizacional”, disse Amy Loomis, vice-presidente de Pesquisa da IDC Future of Work.

À medida que tecnologias como a IA se tornam mais comuns, é cada vez mais importante desenvolver proficiência em ferramentas de produtividade com IA generativa embutida nelas, incluindo aquelas que os trabalhadores já estão usando.

Os resultados do IDC InfoBrief, Prospering in an AI-driven Future (Prosperando em um futuro orientado por IA), mostram três das principais habilidades técnicas classificadas pela porcentagem de entrevistados para dois grupos: TI e LOB. As habilidades são classificadas da seguinte forma:

Microsoft Office: TI (50%), LOB (66%)

Gerenciamento de dados:  TI (35%), LOB (39%)

Gerenciamento de projetos: TI (34%), LOB (35%).

Quando se trata das habilidades técnicas priorizadas por líderes de TI e de negócios em todo o mundo, a proficiência no Microsoft Office foi classificada como a habilidade técnica mais importante para o sucesso profissional entre líderes de TI e de negócios, significativamente à frente da próxima habilidade listada.

Duas estatísticas do IDC InfoBrief, Prospering in an AI-driven Future, sobre aplicativos para conhecer para o trabalho mostram que 65% dos entrevistados relatam que o Microsoft Teams é uma das principais ferramentas; 65% dos gerentes de LOB relatam que o Microsoft Office é o mais importante para o sucesso de suas equipes.

Além disso, 100% dos entrevistados compartilharam que usam o Microsoft Office todos os dias para comunicação e colaboração, com 65% dos gerentes de LOB escolhendo-o como a solução mais importante para o sucesso profissional de suas equipes.

O Microsoft Teams também foi identificado como crítico. Quando questionados sobre a classificação geral das três principais ferramentas de colaboração para fins de trabalho, os entrevistados citaram o Microsoft Teams como o aplicativo de colaboração e produtividade mais bem classificado para fins de trabalho, com o Microsoft Office também estando no top 3.

Dois gráficos de barras do IDC InfoBrief, Prosperando em um futuro orientado por IA, que listam as habilidades humanas e de negócios importantes para profissionais experientes e novos profissionais de acordo com os entrevistados. As habilidades listadas para profissionais experientes são: resolução de problemas (49%), comunicação (45%), análise de dados (44%), habilidades organizacionais (42%) e flexibilidade (42%). As habilidades listadas para novos profissionais são flexibilidade (42%), resolução criativa de problemas (41%), criatividade (35%), habilidades organizacionais (34%) e resolução de problemas (34%).

Além de ter conhecimento prático do Microsoft Office e Microsoft Teams, profissionais e gestores experientes indicaram que o sucesso futuro em novas contratações requer habilidades humanas e de negócios, tais como:

– Resolução de problemas

– Comunicação

– Flexibilidade
– Criatividade

– Análise de dados

Certificações são importantes para os empregadores

Dados recentes do LinkedIn revelam que 20% dos empregos nos EUA não exigem mais um diploma de 4 anos, com os empregadores adotando uma abordagem de “habilidades em primeiro lugar” para contratação. Essa abordagem enfatiza o que um candidato pode fazer e sua vontade de aprender novas habilidades.

O IDC InfoBrief confirma essa tendência. Dos gerentes de TI e LOB que respondem:

– 74% indicam que as certificações de fornecedores de tecnologia são importantes ao contratar candidatos de nível básico.

– 70% observam que as certificações são tão ou mais importantes do que os títulos acadêmicos para a contratação de novos profissionais.

– 50% dizem que as certificações de fornecedores oferecem maior mobilidade na carreira.

– 45% concordam que as certificações levam a funções mais envolventes e remuneração mais alta.

Preparando-se para a prontidão da IA na força de trabalho

As descobertas da IDC, bem como o relatório New Future of Work da própria Microsoft, confirmam que a necessidade de uma força de trabalho pronta para IA já chegou. Espera-se que os graduados de hoje sejam capazes de usar o Microsoft Copilot e outras tecnologias de IA à medida que progridem da sala de aula para a carreira. Habilidades como pensamento crítico e julgamento analítico, resolução de problemas complexos e criatividade e originalidade são novas competências essenciais, não apenas para funções técnicas ou especialistas em IA.

À medida que a IA remodela o trabalho, a colaboração humano-IA será o próximo padrão de trabalho transformacional – a capacidade de trabalhar iterativamente com IA será uma habilidade chave para todos os funcionários. Já estamos vendo. Aqui está o que se destaca do nosso Relatório Especial do Índice de Tendências de Trabalho de novembro de 2023:

– 70% dos usuários do Copilot disseram que eram mais produtivos e 68% disseram que melhorou a qualidade de seu trabalho.

– No geral, os usuários foram 29% mais rápidos em uma série de tarefas (pesquisar, escrever e resumir).

– Os usuários foram capazes de se envolver em uma reunião perdida quase 4x mais rápido.
64% dos usuários disseram que o Copilot os ajuda a gastar menos tempo processando e-mails.

– 85% dos usuários disseram que o Copilot os ajuda a chegar a um bom primeiro rascunho mais rápido.

– 75% dos usuários disseram que o Copilot “me economiza tempo encontrando o que preciso em meus arquivos”.

– 77% dos usuários disseram que, uma vez que usaram o Copilot, não queriam desistir dele.

 

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.