book_icon

Novos parceiros ampliam ecossistema de identidade digital da idwall

O ecossistema da idwall conecta vários fornecedores de soluções de gestão de riscos por meio de um sistema prático, com pouca necessidade de desenvolvimento e integrações

Novos parceiros ampliam ecossistema de identidade digital da idwall

A idwall, empresa de tecnologia especializada em gestão de identidade digital, anunciou novos parceiros para o seu ecossistema de segurança, que atende às necessidades de diversos segmentos. Atualmente, as empresas Neoway B3, LSEG (London Stock Exchange Group), Incognia, Prove e Klavi disponibilizam suas soluções dentro do recém-lançado marketplace de soluções antifraudes. No mesmo sentido, os serviços da idwall podem ser contratados nos espaços dos parceiros Docusign, Neoway, Blip e MB Labs.

Segundo Lincoln Ando, CEO e cofundador da idwall, a iniciativa pioneira visa tornar o setor menos fragmentado. “O ecossistema de segurança da idwall conecta vários fornecedores de soluções de gestão de riscos por meio de um sistema prático, drag and drop, com pouca necessidade de desenvolvimento e integrações. O gerenciamento fica mais simples, com os dados centralizados em um só lugar. A plataforma ainda permite importação e exportação de dados das organizações e a visualização da jornada completa do usuário, facilitando a tomada de decisões. Com essa otimização, os custos com gestão de identidade digital podem ter uma redução de até 50%, sem contar a economia proporcionada pela mitigação de fraudes”, diz.

Em reconhecimento facial, com as funcionalidades Face Match, Liveness e Facelink, os clientes ganham uma camada a mais de segurança sem custos de infraestrutura por meio de uma tecnologia certificada com o selo iBeta

No marketplace da idwall estão soluções de identidade digital que entregam confiabilidade em todos os pontos de contato do usuário com as empresas – como inscrição, cadastro, login e transação -, com integração facilitada pela ferramenta drag and drop para alteração de fluxo e sem a necessidade dos clientes colocarem regras de negócio em seus códigos.

Entre as opções, estão as soluções da LSEG, que avalia o risco do usuário a nível global, reunindo informações relacionadas à corrupção, lavagem de dinheiro, presença em listas de sanções internacionais e de pessoas politicamente expostas (PEPs), além de monitoramento de mídias negativas.

A Neoway B3, por sua vez, complementa as checagens com a disponibilização de bases de dados offline, ideais tanto para situações de instabilidade de fontes como para consultas específicas relacionadas ao mercado de BETs (apostas esportivas) ou contas laranjas, por exemplo. Na plataforma, também estão funcionalidades da Klavi (análise via Open Banking), Prove (validação de riscos de email, telefone e IP), Data Rudder (análises transacionais, como PIX) e Incognia (análise de risco do device).

Na outra ponta, os parceiros oferecem serviços da idwall a serem contratados e combinados de forma flexível para cada negócio. Para validações documentais assertivas, as empresas podem contar com o OCR (Optical Character Recognition, em português Reconhecimento Ótico de Caracteres), que extrai dados com a melhor acurácia do mercado, e com a documentoscopia, com automação do processo e especialistas forenses para reduzir falsos positivos.

Em reconhecimento facial, com as funcionalidades Face Match, Liveness e Facelink, os clientes ganham uma camada a mais de segurança sem custos de infraestrutura por meio de uma tecnologia certificada com o selo iBeta, reconhecimento internacional do National Institute of Standards and Technology (NIST) e National Voluntary Laboratory Accreditation Program (NVLAP), que atestou a sua capacidade de barrar 100% das fraudes.

Resolução Conjunta nº 6

Além do ecossistema de segurança da idwall, as instituições financeiras podem obter consultoria e robustos serviços personalizados para o cumprimento da Resolução Conjunta nº 6, normativa publicada pelo Banco Central do Brasil em parceria com o Conselho Monetário Nacional (CMN), que prevê o compartilhamento de dados entre empresas do segmento. A interoperabilidade dos dados entre agentes é realizada de forma rápida e sem impactos de desenvolvimento, de acordo com rigorosos padrões de controle e monitoramento para garantir segurança.

 

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.