book_icon

Especialista do Cebrac cita oito habilidades essenciais valorizadas pelas empresas

Empresas consideram as habilidades comportamentais tão importantes quanto as habilidades técnicas

Especialista do Cebrac cita oito habilidades essenciais valorizadas pelas empresas

Nunca se ouviu tanto o termo ‘soft skills’ sendo tema de pautas e discussões, e isso se deve ao fato de que essa expressão em inglês se tornou um requisito dentro das empresas. As soft skills referem-se às habilidades relacionadas à personalidade, atitudes e comportamento de um profissional. De acordo com um levantamento realizado em 2022 pela ZipRecruiter, 93% das empresas consideram as habilidades interpessoais ou comportamentais tão importantes quanto as habilidades técnicas.

Diferentemente das hard skills, que eram altamente valorizadas no início da era do trabalho em massa, o que se destaca atualmente é o comportamento. É a partir dele que uma pessoa consegue lidar com situações complexas. Apesar de as soft skills não serem facilmente mensuráveis, são habilidades essenciais para o sucesso pessoal e profissional a longo prazo.

Se um colaborador demonstra habilidades que facilitam a tomada de decisões, lidam com momentos de crise e enfrentam desafios com eficácia, ele possui as soft skills, que são essenciais para as empresas

As hard skills não deixaram de ser necessárias, sendo consideradas as habilidades técnicas que abrangem o conhecimento e a experiência do profissional em determinada área. No entanto, com o ambiente corporativo passando por mudanças constantes, especialmente após a pandemia, os valores humanos se destacaram ainda mais, e garantir o sucesso profissional tornou-se algo mais humanizado. Agora, não se trata apenas de pensar em lucro, mas também na qualidade de vida.

“Se um colaborador demonstra habilidades que facilitam a tomada de decisões, lidam com momentos de crise e enfrentam desafios com eficácia, ele possui as soft skills, que são essenciais para as empresas. Um profissional com essas habilidades contribui significativamente para a empresa e, além disso, essas competências têm um impacto positivo em sua própria vida pessoal”, explica Francislaine Maciel, gerente de Produtos do Cebrac (Centro Brasileiro de Cursos).

“Você já deve ter ouvido falar que quando uma área da vida não está bem, por exemplo, a financeira, as outras áreas tendem a ser influenciadas por essa fase, como o âmbito pessoal, social e familiar, o que pode causar danos à saúde física e mental. Por isso, as competências comportamentais estão intimamente ligadas ao aspecto emocional e ao equilíbrio da mente”, complementa Francislaine.

Em um contexto profissional, as soft skills são um grande diferencial nas empresas, pois estão relacionadas à nossa identidade e à forma como nos relacionamos e reagimos a diferentes situações. Algumas dessas habilidades fazem uma diferença significativa.

Atuando na área de gerência, Maciel cita oito habilidades essenciais valorizadas pelas empresas e que contribuem para o crescimento pessoal e profissional:

Comunicação eficaz e clara: essencial para trabalhar de forma colaborativa e para saber se comunicar com todo o tipo de público;
Trabalho em equipe: é fundamental para compartilhar ideias e ajudar uns aos outros para alcançar os objetivos comuns da empresa;
Gestão do tempo: saber gerenciar o tempo de forma eficaz, gerenciar tarefas, cumprir prazos e ser uma pessoa produtiva;
Adaptabilidade: é saber lidar com as mudanças e desafios;
Liderança: envolve não apenas liderar equipe, mas liderar a si mesmo, capacitando-se para saber motivar e influenciar os outros de maneira positiva;
Empatia: também muito importante, saber se relacionar com as pessoas, emoções e perspectivas dos outros;
Resiliência: que é capaz de lidar com o estresse e a pressão do dia dia;
Ética profissional: ser íntegro e ser responsável.

Sucesso é algo que você atrai para si e que se desenvolve ao longo do tempo. Se você ainda não se sente confiante em relação às suas habilidades, é possível aprimorá-las.

Sobre o Cebrac
No Cebrac, você vai além do conhecimento técnico. A metodologia contempla a formação empreendedora dos alunos, prevendo a interdisciplinaridade nas aulas e apostando na capacidade do aluno em conhecer e transformar sua realidade e sua carreira profissional. A franqueadora possui 29 anos de atuação no segmento educacional, e desde sua fundação, a rede de ensino tem sido responsável por formar profissionais para enfrentar os desafios de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

(Imagem: Unsplash)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.