book_icon

Espanhola Redtrust chega ao Brasil e busca parceiros locais

A escolha do País faz parte da estratégia de internacionalização da empresa, impulsionada pelo crescente uso de certificados digitais nacionais

Espanhola Redtrust chega ao Brasil e busca parceiros locais

A empresa espanhola Redtrust, pertencente à Keyfactor, anunciou oficialmente a sua chegada ao Brasil com a oferta de sua solução para controle e gerenciamento de certificados digitais. A escolha do País faz parte da estratégia de internacionalização da empresa, impulsionada pelo crescente uso de certificados digitais nacionais e pela demanda por soluções confiáveis de gestão de identidade digital.

“O Brasil, com seu rápido avanço na digitalização dos negócios, enfrenta desafios crescentes em relação à segurança digital e possui uma regulação muito similar à espanhola, o que também facilita nossa entrada no país”, afirma Daniel Rodríguez, diretor-geral da Redtrust. “Nossa expectativa é faturar em três anos 10 milhões de reais e, para isso, contamos com uma equipe exclusiva para atender o país”, ressalta Rodríguez.

lém de oferecer uma solução de gestão de certificados digitais de ponta, a Redtrust está construindo uma rede sólida de parceiros no Brasil para atender às necessidades específicas das organizações locais

Dos 12 milhões de certificados digitais ativos no Brasil, 3,96 milhões foram emitidos apenas em 2023, refletindo sua importância crescente no cenário empresarial e governamental. “Estamos comprometidos em ajudar as empresas brasileiras a proteger e gerenciar sua identidade digital de forma eficaz, garantindo um futuro seguro e confiável”, enfatiza.

Com a implementação da nota eletrônica e o aumento das transações digitais em setores-chave como finanças, saúde, educação, tecnologia e administração pública, os certificados digitais se tornaram essenciais para a autenticação e assinatura digital de documentos e comunicações. “No Brasil, acreditamos que os setores que teremos mais abertura neste início serão os de bancos, seguros e construtoras, seguido de pequenas empresas da área jurídica e gestão de terceiros”, comenta Rodriguez.

Apenas em 2022, mais de 161 milhões de pessoas utilizaram a internet no país, o que representa 87,2% da população. Esse fato, juntamente com o desenvolvimento gradual de estruturas de trabalho automatizadas, ambientes mais hiperconectados e a digitalização da administração pública, está promovendo a proliferação de identidades como um obstáculo adicional para os responsáveis pela segurança corporativa. “O Brasil possui uma cultura de certificação fortíssima, muita presença na área de Cibersegurança e um futuro promissor tecnológico maior em relação a outros países da América Latina”, pontua o executivo.

Apesar da relevância dos certificados digitais, muitas empresas ainda não adotaram medidas adequadas para proteger e gerenciar esses ativos de forma eficaz. Essa lacuna na segurança representa um risco significativo para a identidade digital das organizações, expondo-as a ameaças como roubo de dados e suplantação de identidade. “Nesse contexto, a Redtrust oferece uma solução abrangente que permite às empresas enfrentarem esses desafios com segurança e eficiência”, explica Rodríguez.

Além de oferecer uma solução de gestão de certificados digitais de ponta, a Redtrust está construindo uma rede sólida de parceiros no Brasil para atender às necessidades específicas das organizações locais. “Essa parceria estratégica visa oferecer suporte especializado na implementação e utilização da plataforma Redtrust, garantindo uma transição suave para uma gestão de identidade digital mais segura e eficiente”, completa.

De acordo com Rodriguez, os certificados digitais são a chave de entrada para muitas áreas da gestão empresarial, por isso evitar seu uso fraudulento é uma necessidade. “Os parceiros que decidirem ingressar neste mercado em ascensão terão grandes oportunidades de crescimento, dada sua maior usabilidade tanto para tarefas de autenticação e realização de trâmites com a Administração Pública quanto para a assinatura de documentos de qualquer setor”, finaliza.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.