book_icon

Akita Epson conclui fábrica para produção de cabeças de impressão a jato de tinta

Novas instalações têm o intuito de triplicar a capacidade de produção das peças

Akita Epson conclui fábrica para produção de cabeças de impressão a jato de tinta

A Akita Epson Corporation, empresa pertencente ao Grupo Seiko Epson Corporation, finalizou a construção de uma nova fábrica que aumenta a capacidade de produção de chips de cabeça de impressão. As novas instalações tiveram as obras iniciadas em novembro de 2022 e um investimento total de R$116,9 milhões – cerca de JPY3,5 bilhões.

A nova fábrica da Akita Epson

O setor de soluções de impressão da Epson oferece produtos e serviços baseados na tecnologia original de jato de tinta MicroPiezo, voltados para empresas e escritórios, home office, comércio e indústria. Há previsão de que a demanda mundial por impressoras a tanque de tinta continue crescendo, com grande interesse dos consumidores em soluções de alta capacidade, tanto nos mercados emergentes, quanto na América do Norte e em outras economias desenvolvidas.

A nova fábrica da Akita Epson foi desenhada para aumentar a produção e a montagem de cabeças de impressão, componente fundamental das impressoras a jato de tinta

A busca por impressoras do segmento no setor comercial e industrial vem aumentando, junto com uma mudança tecnológica do analógico para o digital em áreas onde a mídia de impressão não se limita ao papel, como no caso da impressão digital têxtil. Além disso, muitas impressoras a jato de tinta comerciais e industriais utilizam cabeças de impressão PrecisionCore MicroTFP*, que podem se adaptar de forma flexível a diversas aplicações mediante a montagem de chips de impressão em várias combinações.

Atualmente, cerca de 20% das impressoras a jato de tinta da Epson contam com cabeças de impressão PrecisionCore. Com a nova fábrica, a previsão é de que essa porcentagem aumente, pois as impressoras comerciais e industriais, bem como as multifuncionais a jato de tinta de cabeças em linha de alta velocidade, utilizam uma maior quantidade de chips de impressão por unidade.

A nova fábrica da Akita Epson foi desenhada para aumentar a produção e a montagem de cabeças de impressão, componente fundamental das impressoras a jato de tinta. O objetivo é manter o ritmo da crescente produção de chips de impressão MicroTFP, que resulta do investimento na fase inicial do escritório de Hirooka da Epson, localizado em Shiojiri, na Prefeitura de Nagano. As instalações da fábrica também contam com espaço suficiente para uma expansão futura, tendo em vista o fortalecimento da linha de produtos, a ampliação das vendas de cabeças de impressão para terceiros e o atendimento da crescente demanda por soluções equipadas com PrecisionCore MicroTFP.

A nova planta é situada ao lado da atual fábrica de cabeças de impressão e permite maior eficiência para o trabalho, desde a produção de componentes até a montagem. Também foram implementados equipamentos e processos de produção para melhorar ainda mais a produtividade humana e a eficiência espacial – especificamente, as novas instalações apresentam design renovado, em que os equipamentos de robótica da Epson vão ser distribuídos em ilhas. Com essa distribuição em ilha, a Epson busca aumentar a eficiência de produção em 30% em uma linha de produção de alto rendimento.

Como planta de produção com capacidades tecnológicas de primeiro nível, a Akita Epson mantém uma colaboração estreita com os centros de pesquisa e desenvolvimento da Epson no Japão. Além disso, ela compartilha a avançada tecnologia de produção e o conhecimento adquirido através da fabricação de dispositivos centrais com as plantas da empresa em todo o mundo, a fim de melhorar as capacidades gerais de fabricação do Grupo Epson.

*As cabeças de impressão PrecisionCore MicroTFP são componentes cruciais que determinam a qualidade da imagem e a velocidade de uma impressora a jato de tinta. Equipadas com uma série de bicos controlados de forma individual, têm a capacidade de expelir 50.000 pequenas gotas de tinta por segundo.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.