book_icon

Software analisa exames laboratoriais e alerta sobre riscos futuros para pacientes

Platforma da CalcLab consegue produzir dados de forma inédita e preditiva para auxílio no diagnóstico médico e ajuda outros profissionais de saúde na análise do quadro clínico

Software analisa exames laboratoriais e alerta sobre riscos futuros para pacientes

A tecnologia da CalcLab, um software que faz a interpretação de exames laboratoriais nacionais e internacionais, alertando para possíveis parâmetros de diagnósticos futuros, com base na combinação dos resultados, consegue produzir dados de forma inédita e preditiva para auxílio no diagnóstico médico e ajuda outros profissionais de saúde na análise do quadro clínico do paciente.

O software se utiliza de mais de 400 regras pré-definidas, baseadas em estudos nacionais e internacionais e ainda outras estudadas e criadas pela nutricionista Karla Lacerda, CEO da CalcLab, e o farmacêutico bioquímico, nutricionista e cofundador da startup, Gabriel de Carvalho, um estudioso da mecânica de resultados laboratoriais.

O CalcLab mapeia pontos do exame laboratorial, com centenas faixas aceitáveis de indicadores sanguíneos personalizadas de cada paciente ao profissional que está analisando, ajudando a aprimorar ainda mais o diagnóstico do paciente

De forma sintética, Karla Lacerda explica que o software agiliza e facilita ao automatizar a parte de interpretação dos exames, aplicando cálculos,relacionando itens e conversão de unidades para extrair os valores ideais dos parâmetros dos exames, ao invés de valores de referência. “O software, por conta de seu motor agnóstico, permite o processamento de mais de 950 laboratórios nacionais, americanos, chilenos, portugueses, americanos, espanhóis e até dos Emirados Árabes”, contou.

Ao usar valores ideais e não os de referência, o software identifica índices que já apresentam alterações fisiológicas importantes antes de atingirem seus limites, evitando o quadro clínico do paciente, desfavorável. Com isto, o profissional de saúde terá tempo de atuar para que doenças, principalmente as crônicas, não se desenvolvam.

O CalcLab, que iniciou o desenvolvimento em 2020, só chegou ao público em 2021. A ferramenta passou um ano em trial para validar e aperfeiçoar e foi gasto R$1 milhão para a ideia embrionária traçada em um Powerpoint conseguir chegar ao status de software.

A premissa de um startup é a capacidade de escalabilidade. Nesse sentido, o CalcLab tem esse viés desde o nascimento. “Nosso motor de processamento foi criado para conseguir processar centenas de milhares de exames simultaneamente, sem impactar na qualidade do serviço”, comenta Gabriel Borges, COO da CalcLab.

Benefícios

A tecnologia é pioneira na análise de dados e processamento de exames. A dor que o time CalcLab sentiu no mercado é o motor que sustenta  a busca por inovação que traga solução e resultados. “O processador foi pensado para ser agnóstico, permitindo a compatibilidade com qualquer laboratório do mundo, ele consegue entender o tipo do exame e aplicar os cálculos necessários para converter a unidade de medida para os padrões estabelecidos pelo corpo científico. Para nós, o software é uma obra de arte”, ressalta Karla.

A CEO da empresa reforça que para se fazer uma interpretação detalhada e personalizada dos exames é necessário um tempo de consulta, cálculos e entendimento das tabelas de resultados que, na maioria das vezes, os profissionais não conseguem despender no cotidiano do consultório. “Ao realizar o cálculo minucioso dos diagnósticos, é possível para o Calclab encontrar indícios de doenças que podem surgir no futuro”, diz Karla.

O time CalcLab considera que o seu maior desafio do momento é adicionar outras abordagens do ponto de vista de saúde.  “Existem dezenas de visões e hipóteses diagnósticas e o Calclab atualmente só leva em conta uma delas.  Estamos conversando com as sociedades de classes médicas para fornecermos adicionalmente visões diferentes dentro do nosso sistema”.

O serviço é direcionado aos profissionais de saúde, como médicos, nutricionistas, dentistas, farmacêuticos e educadores físicos, que contaram com uma ferramenta que irá otimizar a consulta, dando mais segurança no diagnóstico.

Com o software, o profissional de saúde consolida as informações sobre a saúde do paciente. Contudo, alerta a CEO, é uma ferramenta excelente para o momento do check-up de revisão do quadro clínico do paciente. Se a saúde estiver debilitada por uma doença, os índices estão alterados. “Neste sentido, indicamos a ferramenta para ser usada como uma análise preventiva. É o conceito da saúde global que adverte sobre possíveis cuidados, para que não se chegue a adoecer”, conta Karla.

Pelo CalcLab, o profissional de saúde tem em mãos um modelo de negócio SaaS (Software as a Service), com cobrança mensal, trimestral ou anual, sem limites de processamento. O software destaca-se pela solução inovadora, que nasceu com o propósito de levar qualidade de vida aos pacientes. “O CalcLab mapeia pontos do exame laboratorial, com centenas faixas aceitáveis de indicadores sanguíneos personalizadas de cada paciente ao profissional que está analisando, ajudando a aprimorar ainda mais o diagnóstico do paciente e melhores métodos para correção ou prevenção de tal problema”, finaliza Karla.

Serviço
www.calclab.com.br

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.