book_icon

Receitas globais das operadoras com 5G somarão US$ 315 bi em 2023, diz Juniper Research

Em 2022 a receita deve chegar a US$ 195 bilhões, o que representa um crescimento de mais de 60% em um único ano

Receitas globais das operadoras com 5G somarão US$ 315 bi em 2023, diz Juniper Research

Um novo estudo da Juniper Research descobriu que a receita de serviços 5G faturada pela operadora atingirá US$ 315 bilhões em 2023, ante os US$ 195 bilhões em 2022. Isso representa um crescimento de mais de 60% em um único ano. A pesquisa prevê que esse aumento na receita será impulsionado pela migração acelerada de assinaturas de celular para redes 5G, devido às estratégias das operadoras que minimizam ou removem qualquer prêmio sobre as ofertas de assinatura 4G existentes. O estudo prevê que mais de 600 milhões de novas assinaturas 5G serão criadas no próximo ano, apesar da desaceleração econômica prevista em 2023.

Apesar do crescimento da Internet das Coisas (IoT), a receita das conexões do consumidor continuará sendo a base do aumento da receita das operadoras 5G

O relatório prevê que o crescimento das redes 5G continuará e mais de 80% da receita global faturada pelas operadoras será atribuível às conexões 5G até 2027. O setor de telecomunicações demonstrou sua robustez contra o impacto da pandemia de Covid-19 e o relatório projeta que o crescimento do 5G também será resiliente contra essa desaceleração econômica; devido à importância vital da conectividade de Internet móvel hoje.

“Apesar do crescimento da Internet das Coisas (IoT), a receita das conexões do consumidor continuará sendo a base do aumento da receita das operadoras 5G. Mais de 95% das conexões 5G globais em 2027 serão dispositivos pessoais conectados, como smartphones, tablets e roteadores de banda larga móvel”, disse Olivia Williams, coautora da pesquisa.

Além disso, o relatório prevê que a capacidade das redes 5G autônomas de oferecer fatiamento de rede atuará como a plataforma ideal para o crescimento da receita da rede privada 5G. O 5G autônomo usa redes principais de última geração que suportam a tecnologia de fatiamento de rede, que pode ser usada para pegar uma “fatia” da infraestrutura 5G pública e fornecê-la a usuários de rede privada. Por sua vez, isso ajuda a mitigar o custo do hardware de rede 5G privada e aumentar sua proposta de valor geral, tudo em um contexto de deterioração das condições macroeconômicas.

Serviço
www.juniperresearch.com

 

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.