book_icon

American Tower e Algar Telecom unem forças para o desenvolvimento de IoT

O acordo permitirá a atuação da Algar Telecom no ecossistema de IoT/LoRaWAN, com uma solução inovadora e em constante evolução, de forma agnóstica às tecnologias de rede

American Tower e Algar Telecom unem forças para o desenvolvimento de IoT

A American Tower, provedora global de infraestrutura para telecomunicações, e a Algar Telecom, empresa de telecomunicações e TI do Grupo Algar, fecharam parceria para oferta de Internet das Coisas (IoT) por meio da rede neutra LoRaWAN no Brasil. O objetivo é que, por meio do acesso ao ecossistema e à rede, as empresas possam trabalhar no desenvolvimento de novas soluções e na expansão do ambiente de negócio de IoT.

A parceria com a rede LoRaWAN da American Tower, que está em funcionamento no Brasil desde outubro de 2018, permitirá a ampliação da atuação da Algar Telecom no ecossistema de IoT/LoRaWAN, com uma solução inovadora e em constante evolução, de forma agnóstica às tecnologias de rede.

A instalação de soluções de IoT permite a leitura remota das informações dos medidores, que realizam uma coleta mais eficiente de um maior volume de informações

“Nosso objetivo é desenvolver projetos customizados para grandes organizações ou órgãos públicos que precisam monitorar sistemas. Não teremos uma entrega padrão, e sim um serviço desenvolvido a partir das necessidades levantadas. Outro diferencial é o fornecimento de uma solução de ponta a ponta, que engloba desde a instalação dos sensores até a entrega de relatórios ou dashboards de inteligência de dados, definidos conforme as necessidades de cada cliente”, comenta Osvaldo Carrijo. vice-presidente da Algar Telecom.

A rede neutra para IoT LoRaWAN da American Tower já possibilita a conexão de mais de 5 milhões em acordos de dispositivos para serviços de smart cities, como medição de água, gás e energia, monitoramento climático, sensoriamento de enchentes, iluminação pública, entre outros. A tecnologia, presente em 67% do PIB, é uma das mais eficientes para a transmissão de dados de gestão, conectando dispositivos de sensoriamento e monitoramento diversos.

“A parceria entre as empresas habilita novas possibilidades de criação de valor para os clientes que demandem soluções para as suas dores de forma eficiente e escalável. O padrão LoRaWAN é muito eficiente no consumo de energia e tem um ecossistema bem consolidado de desenvolvedores, soluções e aplicações no Brasil”, explica Janilson Bezerra, diretor de Novos Negócios da American Tower.

Mais praticidade aos negócios

A tecnologia LoRaWAN (do termo em inglês long range) é uma tecnologia de comunicação sem fio que funciona por meio de radiofrequência e permite a comunicação entre distâncias médias de 15 km, com um consumo mínimo de energia. A partir dela, existe a possibilidade de uma série de aplicações para monitoramento de sistemas.

Um exemplo prático pode ser a utilização da tecnologia para monitorar postes de iluminação pública. Com a queima de uma lâmpada, usualmente é preciso que o morador da área avise sobre o problema para que a manutenção seja realizada. No entanto, com o uso da rede LoRaWAN, essa etapa não seria necessária, pois cada lâmpada teria um sensor que enviaria um alerta para uma central de informações.

Outro exemplo de caso de uso é a medição inteligente, tanto de água, gás e eletricidade. A instalação de soluções de IoT permite a leitura remota das informações dos medidores, que realizam uma coleta mais eficiente de um maior volume de informações, potencializando as possibilidades de geração de valor para as concessionárias através da análise desses dados e integração com os sistemas e processos internos.

Serviço
www.americantower.com.br
www.algartelecom.com.br

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.