book_icon

CLM firma parceria com Zadara

A CLM, distribuidor latino-americano de valor agregado com foco em segurança da informação, proteção de Dados, Cloud e infraestrutura para Data Centers, acaba de firmar uma parceria estratégica com a israelense Zadara – Cloud com o conceito DCaaS – Data Center as a Service

CLM firma parceria com Zadara

Nuvem as a Service da Zadara institui novo paradigma no mercado de distribuição de TI e cria para os Canais três novas verticais de negócios. O acordo inaugura uma nova era na distribuição de soluções no País e, futuramente, na América Latina, agregando novos serviços e receitas para os Canais, sem investimento inicial.

Cloud pura ou hibrida, sem custos ocultos, é a força do conceito por trás da Zadara. Empresas de qualquer porte podem ter agora Nuvens hiper escaláveis, da noite para o dia, sem nenhum tipo de investimento, complexidade ou aumento das necessidades de suas operações, ou custos ocultos que sempre aparecem mais tarde.

A parceria permite a expansão de diversos serviços prestados pelos Canais, como OPaaS (On Premises as a Service), Nuvem própria, White Label, com logomarca do Canal, e a possibilidade de configurar serviços de IaaS, dentro da console Zadara de Nuvens públicas, o que permite a CLM também agregar brokers de Nuvem pública em sua base de parceiros.

Para o vice-presidente da CLM, Thomas Camargo, a união de forças das duas empresas é uma resposta eficaz às transformações do mercado, garantindo uma receita recorrente e de longo prazo para os canais. “A plataforma Zadara permite também que nossos parceiros criem novos negócios, atendam regiões pouco assistidas, entreguem serviços de nuvem, rapidamente e inovem suas ofertas”, avalia Camargo.

Sem desembolso inicial, clientes pagam só o que consomem
O modelo de negócios da Zadara se fundamenta na cobrança por consumo, no longo prazo. “Assim, a taxa de sucesso da Zadara está intimamente ligada à do parceiro, seja ele data center, telco, ISP ou MSP. Com o cliente tendo um resultado acelerado, otimizado, com boas margens de lucro, a Zadara se beneficia.”, explica o gestor de produtos e soluções da Zadara, Raul Cesar Costa.

A empresa, que simplifica a complexidade operacional por meio do provisionamento automático de infraestrutura, de ponta a ponta, de recursos de computação, armazenamento e rede, criou um modelo de fornecimento de servidores, storages e de toda camada necessária de software para que um Data Center se torne rapidamente em Nuvem. Permitindo que a empresa até venda serviços de Cloud, armazenamento como serviço, que pode ser usado na Nuvem ou em servidores locais, as chamadas Nuvens privadas, ou até mesmo instalado dentro do Data Center on premises do cliente.

Receitas dos parceiros podem quintuplicar
Com Zadara e CLM, as receitas do parceiro com venda de armazenamento podem dobrar, triplicar, chegando em alguns casos a cinco vezes, ao permitir que a empresa otimize um ambiente híbrido de servidores, Nuvem pública e armazenamento, tudo gerenciado pela Zadara.

O formato abre ainda para o cliente a possibilidade de conectar o armazenamento em outras Nuvens públicas e ter uma estratégia multicloud, com implantação facilitada de um processo de disaster recovery. “Este recurso ajuda os ISPs a recuperar uma vantagem competitiva em relação aos provedores de Nuvem tradicionais”, assinala Raul Cesar.

Ainda de acordo com o executivo, a parceria com a CLM é absolutamente estratégica porque pela primeira vez a Zadara dispõe de todo seu poder tecnológico, não mais apenas para os grandes Data Centers, uma vez que, no Brasil, até agora, as soluções Zadara são usadas por grandes corporações como telcos e Data Centers.

“A estrutura robusta da CLM foi determinante para o fechamento da parceria. Com presença na América Latina, o que pode nos apoiar no futuro, a CLM mantém ainda um profissional de pré-vendas dedicado à Zadara, área técnica e gerente de produtos, além de um programa de descontos, ações de marketing etc.”, comenta Raul Cesar.

Novas verticais de negócios
A Zadara torna possível aos parceiros da CLM criar novas verticais de negócios e, em cada uma delas, oferecer vários serviços.

A Zadara torna possível aos parceiros da CLM criar novas verticais de negócios e, em cada uma delas, oferecer vários serviços 

 OPaaS (On Premises as a Service), se o cliente não pode migrar seus workloads, de processamento e armazenamento, para Cloud, com Zadara, o parceiro pode migrar a Cloud, para dentro do Data Center do cliente. Toda a camada de hardware e software para entregar instâncias EC2 e volumes EBS, EFS e S3, tanto em mídias SSD quanto em mídias HDD, passa a ser cobrado, como serviço e baseado no consumo real da arquitetura.

Autonomia, elasticidade e alta disponibilidade são alguns dos principais benefícios da oferta, que pode ser operada não apenas para soluções de storage, mas também para Computing.

“100% baseada em serviços, pagamento só pelo consumo real, sem investimentos, sem locação de equipamentos, sem leasing. O modelo é diferente. O cliente do parceiro da CLM pode escolher ir para a nuvem ou fazer a Nuvem ir até ele”, explica Raul Cesar.

 Parceiro tem sua Nuvem própria, com sua logomarca. Para isso, a Zadara tem seu próprio data center em São Paulo, destinado a transformar os parceiros da CLM em Nuvem, sem precisar contratar colocation, conectividade para o Data Center ou ser um A.S. (autonomous system) para comprar blocos de IP. Tudo está pronto. O serviço permite ainda que a revenda gere usuário e senha para seus clientes terem liberdade e autonomia para criar servidores virtuais, volumes, backups, aplicações, banco de Dados etc. A interface contempla também um software bilhetador, que registra todo o consumo do parceiro, o que permite ao canal conhecer sua margem de forma transparente.

Brokers de nuvem pública entram para o rol de parceiros da CLM
As soluções Zadara abrem uma terceira vertical para a CLM atender os brokers de Nuvem pública, que, até então, não se relacionavam com o distribuidor. Eles poderão entregar seus próprios volumes de armazenamento, tanto para EBS quanto EFS e S3, mas disponibilizar o recurso dentro do painel Zadara de Nuvem pública que o cliente já está acostumado a acessar, conectando estes serviços à arquitetura e aplicações legadas que o cliente continua consumindo da Cloud pública, otimização, economia, simplicidade na cobrança, com mais performance são alguns benefícios desse formato.

“O broker consegue, com tecnologia Zadara, montar arquiteturas multicloud, onde um mesmo storage da Zadara, com vários volumes, pode estar conectado simultaneamente à várias Clouds públicas.”, conta Raul Cesar, executivo da Zadara.

Serviço
www.CLM.international

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.