book_icon

Rede Aruba ESP oferece experiências excepcionais aos passageiros da Virgin Voyages

De agendamento de spa ao “Shake for Champagne”, a premiada linha de cruzeiros oferece luxuosas amenidades a bordo via Wi-Fi

Rede Aruba ESP oferece experiências excepcionais aos passageiros da Virgin Voyages

A Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise, anunciou que a Virgin Voyages está implementando uma rede Aruba ESP (plataforma de serviços de borda) de ponta a ponta para oferecer experiências premium de classe mundial a bordo de suas quatro frotas inaugurais. Trabalhando com a DeCurtis Corporation, a Virgin Voyages criou uma experiência de cruzeiro extraordinária e tecnológica. Com sede em Plantation, Flórida (EUA), a Virgin Voyages é uma joint venture entre o Virgin Group e a Bain Capital.

A Virgin Voyages possui dois navios premiados e mais dois estão em construção, cada um com capacidade para cerca de 4.000 passageiros e tripulantes. O Scarlet Lady foi eleito como o “Melhor Novo Navio de Cruzeiro para 2021” pela Cruise Critic, e tanto o Scarlet quanto o Valiant Lady receberam os primeiros lugares na Cruising Hot List da Condé Nast Traveler para 2022. Com uma experiência de cruzeiro exclusivamente para adultos, a Virgin Voyages oferece um santuário no mar com mais de 20 opções gastronômicas exclusivas, entretenimento imersivo e programação voltada para o bem-estar.

A Virgin Voyages criou um sistema de fila virtual para que os viajantes não precisem ficar em longas filas 

“Desde o momento em que um passageiro reserva a viagem ou usa a emissão de passagens via smartphone, todas as experiências a bordo, desde a partida até o final da jornada, são otimizadas pela tecnologia”, afirmou Frank Farro, vice-presidente de Tecnologia da Virgin Voyages. “Um luxo favorito para os passageiros é o nosso recurso exclusivo ‘Shake for Champagne’. Basta sacudir o telefone com o aplicativo Virgin Voyages aberto e pressionar um botão para a tripulação ser alertada e entregar champanhe gelado onde quer que o passageiro esteja no navio. A mesma tecnologia é estendida a outros serviços, como o ‘Ship Eats’, para garantir um serviço personalizado à experiência das refeições”.

Um dos principais objetivos da Virgin Voyages é oferecer uma experiência de primeira linha, fornecendo serviços em tempo real e conectividade sempre ativa aos membros da tripulação para facilitar um serviço rápido e confiável. Por exemplo, se um tripulante encontrar um problema de manutenção, poderá abrir um tíquete de reparo em seu dispositivo e ele será imediatamente encaminhado à pessoa certa para resolver o problema. A tecnologia por trás desses recursos é onipresente para os membros da tripulação e transparente para os passageiros, criando uma experiência cinco estrelas onde quer que estejam no navio.

Outro objetivo importante para a Virgin Voyages é fornecer qualidade de serviço baseado em localização por meio de Dados, o que reduz drasticamente o tempo em que os passageiros ficam em filas. A Virgin Voyages criou um sistema de fila virtual para que os viajantes não precisem ficar em longas filas. Em vez disso, o aplicativo os alerta quando estiverem na vez de embarcar no navio, sentar à mesa para jantar, entrar no spa ou desembarcar nos portos de escala. O foco da Virgin Voyages em uma experiência sem atrito permite que os clientes relaxem e aproveitem as amenidades ao invés de ter que esperar ou lidar com problemas relacionados ao serviço.

Para obter serviços sem atrito e baseados em localização que permitem soluções de classe mundial, a Virgin Voyages procurou o parceiro tecnológico DeCurtis Corporation. Com uma vasta experiência trabalhando com algumas das melhores e mais reconhecidas marcas de hospitalidade do mundo, a DeCurtis e a Virgin Voyages buscaram transformar as experiências existentes, tornando-as melhores, mais rápidas e mais impactantes por meio da aplicação criativa da tecnologia mais recente.

Em cooperação com DeCurtis e Aruba, a Virgin Voyages selecionou e implementou uma rede Aruba ESP flexível e resiliente, incluindo pontos de acesso Wi-Fi 6 com serviços de localização integrados, bem como switches de acesso. Além disso, a Virgin Voyages usa o Aruba ClearPass para controle de acesso à rede (NAC) e gerenciamento de políticas, além do Aruba AirWave para gerenciamento de rede.

“A equipe da Aruba intensificou o trabalho com nossa equipe Virgin Voyages, bem como com nossos parceiros DeCurtis e Axians, para implementar uma rede de TI abrangente para nossos navios”, explicou Farro. “A equipe da Aruba no estaleiro e no navio, assim como os técnicos que apoiaram essas duas equipes, foram receptivos e engajados”.

A Virgin Voyages percebeu vários benefícios em sua nova rede, incluindo confiabilidade, uniformidade e escalabilidade. “A rede foi construída para acomodar cerca de 15.000 dispositivos”, disse Farro. “Isso inclui dispositivos da tripulação, PCs, laptops e tablets, além de tablets e TVs em cada cabine, bem como nas salas da tripulação. Acrescente a isso a infinidade de dispositivos que cada passageiro traz a bordo. A experiência é melhor ilustrada em nossa capacidade de duplicar os recursos de ‘casa inteligente’ em cada cabine, que são controladas pelo aplicativo. Quando um passageiro entra e sua cabine está no modo noturno, as luzes se acendem automaticamente e as cortinas se fecham. É simplesmente uma experiência incrível”.

Olhando para o futuro, a Virgin Voyages continuará oferecendo serviços transparentes, mas onipresentes e personalizados, e expandirá recursos. O foco permanecerá em garantir que os dispositivos dos passageiros se conectem perfeitamente à rede Wi-Fi interna, para que eles nem pensem na conectividade.

acesso Wi-Fi 6

Aruba AirWave

Aruba ClearPass

DeCurtis Corporation

Frank Farro

Rede Aruba ESP

Scarlet Lady

Virgin Voyages

O seu endereço de e-mail não será publicado.


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.