book_icon

Organizações estão dispostas a correr mais riscos em 2022, afirma Gartner

Os Conselhos de Administração continuarão a correr riscos, como tomar decisões de investimento em tecnologia com informações incompletas ou fazer apostas financeiras sem  retorno garantido

Organizações estão dispostas a correr mais riscos em 2022, afirma Gartner

De acordo com uma pesquisa apresentada durante o Gartner IT Symposium/Xpo Americas, evento virtual que terminou ontem (21/10), 57% dos Conselhos de Administração (BoDs, sigla para Boards of Directors) aumentaram ou esperam aumentar o risco em 2022. Eles citam a incerteza econômica (38%), modelos de negócios disruptivos dos concorrentes (35%) e a inflação de custos devido à escassez de abastecimento (28%) como os principais riscos para o desempenho dos negócios.

“Durante a pandemia, os BoDs reconheceram que precisavam ​​operar em um ambiente de risco significativo, já que ficar parado não era uma opção”, disse Partha Iyengar, vice-presidente de Pesquisa do Gartner. “Isso os levou a adotar a abordagem ‘tente rápido, falhe rápido’ e, em 2022, os BoDs continuarão a correr riscos, como tomar decisões de investimento em tecnologia com informações incompletas ou fazer apostas financeiras sem visibilidade antecipada de retorno garantido”, explicou.

Um terço (34%) dos BoDs relatam ter um subcomitê de TI, digital ou tecnologia formalmente constituído, e a grande maioria (94%) inclui o CIO ou CTO como membro

Segundo o relatório, os BoDs permanecem altamente comprometidos com as iniciativas de tecnologia digital, que foram classificadas como uma das principais prioridades estratégicas de negócios por 58% dos entrevistados. No entanto, esta é uma ligeira diminuição em relação à pesquisa de 2021. “Tendo investido tanto em negócios digitais nos últimos 12 a 18 meses, as empresas estão fazendo uma pausa para validar sua estratégia e garantir o ROI”, disse Iyengar. “Para os BoDs, o foco principal agora está na integração de tecnologia e na criação de uma arquitetura econômica digital mais duradoura e sistêmica, onde a tecnologia é infundida em todo o negócio e impulsiona os resultados do negócio”, explicou.

A pesquisa descobriu que 64% dos BoDs tentaram alterar sua estrutura econômica empresarial para uma arquitetura econômica mais digital – o que significa que estão mudando suas abordagens de alocação de capital e governança para acomodar os investimentos digitais. Como exemplos, 40% dos BoDs moveram orçamentos relacionados a negócios digitais para funções de negócios, em vez de uma tecnologia central ou orçamento de TI; um terço está mudando as métricas usadas para avaliar o ROI dos investimentos digitais.

Enquanto os Conselhos estão mudando o foco para a função da tecnologia além da TI, os CIOs permanecem visíveis como um parceiro-chave nas iniciativas digitais do BoDs. Um terço (34%) dos BoDs relatam ter um subcomitê de TI, digital ou tecnologia formalmente constituído, e a grande maioria (94%) inclui o CIO ou CTO como membro.

Prioridades

Questões de força de trabalho estavam entre as principais prioridades estratégicas para 52% dos BoDs, representando um aumento de 86% no interesse ao longo da pesquisa de 2021. “As preocupações com a força de trabalho estão intimamente ligadas à transformação da tecnologia”, disse Iyengar. “À medida que as empresas aceleram suas iniciativas de negócios digitais, questões como a escassez de habilidades de TI, a necessidade de criar uma força de trabalho digitalmente ágil e a transformação da cultura tornam-se muito mais críticas”, observou.

ESG (Ambiental, Social e Governança), Saúde e Sustentabilidade completam as três principais prioridades dos BoDs, um aumento de 100% em relação ao ano passado. A pesquisa descobriu que 30% dos BoDs relatam que sua organização se engaja publicamente nas principais questões sociais ou políticas, enquanto quase metade dos BoDs (45%) tem diversidade, equidade e inclusão em sua agenda a cada reunião do Conselho ou trimestralmente.

Serviço
www.gartner.com

BoD

CIO

Conselho de Administração

CTO

ESG

força de trabalho

Gartner

pandemia

risco

ROI

TI

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento