book_icon

Schneider Electric e Claroty unem forças para oferecer segurança predial

Espera-se que a tecnologia IoT para edifícios cresça de 1,7 bilhão de dispositivos conectados no final de 2020 para mais de 3 bilhões em 2025

Schneider Electric e Claroty unem forças para oferecer segurança predial

A Schneider Electric, empresa de gerenciamento e automação de energia, anuncia o lançamento de soluções de segurança cibernética para edifícios para ajudar todos os clientes a protegerem seus sistemas de gerenciamento predial (BMS), protegendo pessoas, ativos e operações. A solução conjunta com a Claroty, a empresa de segurança para sistemas ciberfísicos em ambientes industriais, de saúde e comerciais, combinará tecnologia premiada com experiência e serviços do setor da Schneider Electric para identificar todos os ativos do edifício, fornecer recursos inigualáveis ​​para gerenciar riscos e vulnerabilidades e fornecer monitoramento contínuo contra ameaças para proteger os investimentos empresariais.

Segundo informações 50% dos edifícios de hoje provavelmente ainda estarão operacionais em 2050. Esses dados incentivam os edifícios comerciais a digitalizar seus ativos, incluindo seu sistema de gerenciamento de edifícios. Espera-se que a tecnologia IoT para edifícios cresça de 1,7 bilhão de dispositivos conectados no final de 2020 para mais de 3 bilhões em 2025. À medida que esses edifícios comerciais se transformam em edifícios inteligentes, eles compartilham uma característica comum: maior exposição ao risco.

A integração de IoT em edifícios está gerando um desenvolvimento promissor em todo o setor, mas, como acontece com qualquer inovação, novos riscos estão surgindo

A indústria deve enfrentar os desafios de segurança inerentes aos edifícios inteligentes. Estudos mostram que 57% dos dispositivos IoT são vulneráveis ​​a ataques de média a alta gravidade. Os ataques cibernéticos já prejudicaram diversos negócios, incluindo infraestrutura crítica como hospitais, data centers e hotéis. O setor de construção comercial deve encontrar maneiras de proteger o acesso a sistemas corporativos de TI e infraestrutura crítica.

“ A integração da IoT em edifícios está gerando um desenvolvimento promissor em todo o setor, mas, como acontece com qualquer inovação, novos riscos estão surgindo”, disse Annick Villeneuve, vice-presidente de Soluções Corporativas Digitais da Schneider Electric. “Obter vantagem financeira e/ou atingir outros objetivos, colocando as pessoas em perigo de fato, os edifícios podem aparecer como o alvo perfeito. É com isso em mente que estamos colaborando com a Claroty para fornecer aos nossos clientes uma solução abrangente para gerenciar os riscos operacionais e de segurança enfrentados pelos edifícios de hoje e de amanhã”, completou.

Com cada vez mais dispositivos de IoT implementados em edifícios e maior conectividade de tecnologia operacional anteriormente isolada, os sistemas de gerenciamento de edifícios (BMS) e suas contrapartes de TI tornaram-se alvos tentadores. Além disso, os gerentes de instalações supervisionam centenas de fornecedores, prestadores de serviços e técnicos com uma abordagem fragmentada, aumentando a complexidade e o risco.

” Ao proteger sistemas ciberfísicos, incluindo BMSs, a prioridade é garantir a continuidade e segurança dos processos físicos”, disse Keith Carter, vice-presidente de Canais e Alianças Mundiais da Claroty. “Com serviços comprovados e compromisso de impulsionar a Transformação Digital globalmente, permitimos que nossos clientes aproveitem os benefícios das tecnologias de construção inteligente sem aumentar sua exposição a ameaças cibernéticas, alcançando assim um grande salto em direção a um futuro mais eficiente e sustentável para o planeta”, comentou.

A linha de soluções de segurança cibernética para edifícios projetada pela Schneider Electric e pela Claroty inclui as seguintes etapas: descoberta de ativos, avaliação de risco, controle de acesso remoto, detecção e resposta a ameaças. Ele dará aos proprietários de edifícios, operadores de instalações e equipes de segurança uma solução simples sem adicionar carga de trabalho adicional para identificar riscos de linha de base, reduzindo continuamente o risco de ameaças e ativos cibernéticos, para detectar e interromper ameaças em seu ambiente antes que os serviços sejam interrompidos.

Principais recursos:

– Fornece aos operadores de instalações uma solução simples e neutra com a qual eles podem atender facilmente ao acesso remoto seguro, inventário de ativos, eficiência e outros requisitos de proprietários de edifícios e gerentes de ativos.

– Fornece uma solução automatizada de descoberta de ativos e mapeamento de rede que identifica e cataloga todos os ativos do sistema (BMS, IoT, UPS, sistemas elétricos, etc.).

– Fornece uma solução de detecção contínua de ameaças que monitora continuamente as redes de construção para identificar, avaliar e alertar prontamente os indicadores de rede e anomalias no nível de ativos.

– Permite que os fornecedores de ativos e sistemas de edifícios inteligentes criem canais externos seguros para se conectarem facilmente a recursos e ativos específicos na rede do edifício, sem introduzir riscos adicionais.

– Fornece painéis e permite relatórios para permitir que as equipes de gerenciamento e segurança entendam as situações atuais, recebam recomendações personalizadas e tomem as ações apropriadas para reduzir a exposição a riscos que podem afetar a segurança, as operações, as finanças e a reputação.

– Fornece a única solução Secure Remote Access (SRA) do setor projetada especificamente para edifícios e ambientes de tecnologia operacional para aumentar a segurança quando fornecedores, empreiteiros e técnicos realizam atividades de manutenção remota.

Serviço

www.se.com

Ameaça

Claroty

IoT

Schneider Electric

Segurança Predial

vulnerabilidade

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.