book_icon

Especialista da Senior lista boas práticas para diminuir os riscos de uma ameaça virtual

Senior Sistemas, companhia certificada com a ISO 27001, dá dicas de boas práticas que toda empresa pode seguir para garantir um ambiente virtual seguro. Confira!

Especialista da Senior lista boas práticas para diminuir os riscos de uma ameaça virtual

Manter a segurança da informação é vital para os negócios e atualmente tem se falado muito em normas e processos que garantam a privacidade dos dados. Com o avanço da Transformação Digital, saber como reduzir os riscos e estar preparado para combater alguma ameaça virtual é essencial. Para garantir que isso ocorra, é necessário que existam metodologias bem definidas e que as pessoas que atuam na empresa compreendam o valor que os dados corporativos possuem, além dos riscos de um eventual vazamento.

Na Senior Sistemas, empresa de tecnologia voltada à gestão de empresas, há uma preocupação constante em manter a proteção corporativa. Além do cuidado com os dados da própria organização, há ainda o compromisso de manter seguros os dados dos clientes e fornecedores com os quais a empresa atua.

Prever as consequências de interrupções para uma empresa, bem como seus processos e sistemas é fundamental para entender os dados mais relevantes e desenvolver estratégias que possam ser utilizadas em momentos de emergência 

Por ter processos bem estruturados, em 2021, a Senior foi certificada com a ISO 27001. Esse documento é extremamente importante, pois demonstra o total compromisso com a segurança da informação, além de destacar que a empresa segue os principais padrões de qualidade aceitos internacionalmente.

“A ISO 27001 adota uma abordagem mais ampla em relação à segurança da informação. Isso inclui qualquer tema ou dado sensível para uma organização, tendo como base a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade. Na prática, clientes, parceiros e fornecedores ficam mais confiantes de que seus dados são tratados dentro de um alto padrão de segurança da informação. A certificação ISO 27001 significa um importante aval de qualidade oferecido por uma entidade externa e idônea”, destaca Wellington Rosset, coordenador de Cybersecurity da Senior Sistemas.

Além de contar com as boas práticas implementadas através das regras da ISO 27001, a Senior também atua com outros processos de segurança, como por exemplo a implementação de controles para normas SOC, com validação para o final de 2022.

A empresa garante a segurança da operação ainda com a implementação de diversas tecnologias de segurança como: XDR (endpont/antivírus), Cyber I.A. (Inteligência Artificial para identificação de comportamento anômalo), MFA (Múltiplo Fator de Autenticação para todos os usuários), Modernização e parametrização de segurança de bordas com a implantação de tecnologias de firewalls de última geração e modernização e aplicação de camadas de segurança em redes sem fio.

Boas práticas que toda empresa pode seguir
Toda essa parte técnica é importante para garantir a segurança do negócio, mas alguns itens que têm relação direta com o comportamento das pessoas também são considerados imprescindíveis. Com base em um documento do Gartner que aborda cibersegurança, Rosset lista aqui quatro tópicos de boas práticas que devem ser seguidas para diminuir os riscos de uma ameaça virtual.

 Avaliar o risco de impactos de uma interrupção
Prever as consequências de interrupções para uma empresa, bem como seus processos e sistemas é fundamental para entender os dados mais relevantes e desenvolver estratégias que possam ser utilizadas em momentos de emergência. Desse modo, cenários que podem causar perdas para os negócios são identificados e assim é possível chegar a um plano de contingência.

 Desenvolver planos de contingência
Com o devido planejamento e cuidado, uma empresa pode contar com um plano de ação bem pensado para se recuperar desse tipo de situação de crise. É preciso que os líderes trabalhem desenhando os processos fundamentais para o negócio e que na área de tecnologia, os responsáveis consigam fornecer um backup adequado.

Reduzir os riscos migrando aplicativos para a Nuvem
Os dados vêm se tornando um dos principais ativos em todos os setores. As informações que cada empresa possui são os pilares da estratégia que as move e por isso é essencial atuar com mecanismos de segurança no dia a dia a fim de proteger dados e informações. A partir do momento que já exista um sistema de backup, é preciso migrar esses dados para a nuvem, priorizando as aplicações com índices de criticidade maiores.

Com a utilização de uma Nuvem confiável, a empresa pode ficar mais tranquila, pois todas as informações estarão seguras no servidor da provedora do serviço, incluindo: backups periódicos, ferramentas de controle do ambiente e políticas de recuperação de desastres.

 Garantir treinamento para gerar conscientização entre os colaboradores
Outro ponto importante é manter a equipe atualizada sobre as principais boas práticas de segurança da informação. Realizar treinamentos frequentes e conscientizar o time sobre a necessidade da proteção dos dados corporativos é um fator fundamental para evitar esse tipo de ataque. Por isso, políticas de segurança implantadas pela empresa devem estar no radar de todos os colaboradores para que todos atuem como promotores da segurança dos dados.

ambiente virtual seguro

ISO 27001

Senior Sistemas

Wellington Rosset

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.