book_icon

Cisco detalha sua nova estratégia global de segurança em Nuvem

A empresa está projetando o Cisco Security Cloud para ser a plataforma mais aberta do setor, protegendo a integridade de todo o ecossistema de TI

Cisco detalha sua nova estratégia global de segurança em Nuvem

A Cisco, empresa de redes e segurança corporativa, revelou seu plano para uma plataforma global, entregue na Nuvem e integrada, que protege e conecta organizações de qualquer formato e tamanho. A empresa está projetando o Cisco Security Cloud para ser a plataforma mais aberta do setor, protegendo a integridade de todo o ecossistema de TI – sem o bloqueio da Nuvem pública. “Com a complexidade do trabalho híbrido, a aceleração contínua da adoção da Nuvem e o cenário de ameaças cada vez mais avançado, as organizações estão procurando um parceiro confiável para ajudá-las a obter resiliência de segurança. Acreditamos que a Cisco está posicionada de forma única devido à sua escala, amplitude de soluções e modelo de negócios neutro em nuvem para atender às suas necessidades”, disse Jeetu Patel, vice-presidente executivo e gerente-geral de Segurança e Colaboração da Cisco. “A Cisco já está entregando os principais princípios de nossa visão de plataforma de Nuvem. Estamos empolgados em aumentar nossa velocidade de inovação para realmente cumprir a visão da Cisco Security Cloud”, completou.

Para ajudar a acelerar a detecção e resposta a incidentes, a Cisco anunciou melhorias no Cisco Secure Cloud Analytics com sua capacidade de promover alertas automaticamente no SecureX e mapear esses alertas para o Mitre ATT&CK

O Security Cloud fornecerá uma experiência integrada para conectar com segurança pessoas e dispositivos a aplicativos e dados em qualquer lugar. Com gerenciamento unificado, a plataforma aberta fornecerá recursos de prevenção, detecção, resposta e remediação de ameaças em escala. A Cisco está na jornada em direção ao Security Cloud há algum tempo e está compartilhando progresso adicional com novas inovações em seu portfólio de segurança.

Acesso seguro

Inaugurando a próxima geração de Confiança Zero (Zero Trust), a Cisco está criando soluções que permitem um acesso confiável contínuo e verdadeiro, verificando constantemente a identidade do usuário e do dispositivo, a postura do dispositivo, vulnerabilidades e indicadores de comprometimento. Essas verificações inteligentes ocorrem em segundo plano, deixando o usuário trabalhar sem que a segurança atrapalhe. A Cisco está introduzindo métodos menos invasivos para autenticação baseada em risco, incluindo a impressão digital Wi-Fi com patente pendente como um proxy de localização eficaz sem comprometer a privacidade do usuário.

Para avaliar o risco após o login de um usuário, a Cisco está criando uma análise de confiança de sessão usando os padrões abertos de sinais e eventos compartilhados para compartilhar informações entre fornecedores. A Cisco revelou a primeira integração desta tecnologia com uma demonstração do Cisco Secure Access by Duo and Box.

“Estamos empolgados em fortalecer nosso relacionamento com a Cisco e oferecer aos clientes uma nova ferramenta poderosa que permite que eles atuem nas mudanças de risco de forma dinâmica e quase em tempo real. Você pode esperar mais inovação e execução da Box e da Cisco que ajudam as empresas a proteger seu conteúdo em qualquer local, aplicativo ou dispositivo”, disse Aaron Levie, CEO e cofundador da Box.

Borda segura

Para simplificar radicalmente a forma como as organizações conectam e protegem usuários, coisas e aplicativos, em qualquer lugar, a Cisco apresentou o Cisco+ Secure Connect Now, uma solução unificada de Secure Access Service Edge (SASE). A solução é uma oferta pronta para uso disponível em vários países, que permite aos clientes implementar rapidamente o SASE e facilitar as operações diárias por meio de uma plataforma gerenciada em Nuvem. A assinatura como serviço é otimizada para valor e gerenciada por meio de um painel unificado.

A Cisco oferece amplitude e profundidade incomparáveis ​​em seus recursos de rede e segurança, razão pela qual a Telefonica Tech adicionará o pacote SASE da Cisco ao seu portfólio de serviços.  “À medida que as empresas mudam para oferecer suporte ao trabalho híbrido e trabalhar em qualquer lugar, estamos comprometidos em ajudá-los a se adaptarem à crescente demanda por conectividade segura e de alto desempenho”, disse  Rames Sarwat, diretor de Produtos e Serviços de Segurança Cibernética e Nuvem da Telefonica Tech. “Juntamente com a Cisco, ofereceremos aos clientes um serviço inovador e gerenciado, que combinará SD-Branch com Cisco SASE para abordar um conjunto completo de casos de uso de conectividade e segurança de próxima geração para a filial e o trabalhador híbrido”,comentou.

Operações seguras

A Cisco adicionou um novo serviço Talos Intel On-Demand, que oferece pesquisa personalizada sobre o cenário de ameaças exclusivo de cada organização. Para ajudar a acelerar a detecção e resposta a incidentes, a Cisco anunciou melhorias no Cisco Secure Cloud Analytics com sua capacidade de promover alertas automaticamente no SecureX e mapear esses alertas para o Mitre ATT&CK. Isso segue a disponibilidade geral de insights de dispositivos SecureX para agregar, correlacionar e normalizar dados sobre os dispositivos em seu ambiente e as integrações do Kenna e do Secure Endpoint para priorizar melhor as vulnerabilidades. A Cisco também introduziu o Secure Firewall 3100 Series, projetado para trabalho híbrido com um novo mecanismo de visibilidade criptografado que usa inteligência artificial e aprendizado de máquina para detectar ameaças ocultas.

Simplificação

A Cisco está introduzindo a simplificação em todo o portfólio com o novo Cliente Seguro Unificado. Simplificando como administradores e usuários gerenciam endpoints, metade dos agentes Cisco Secure, incluindo AnyConnect, Secure Endpoint e Umbrella, serão unificados em meados de 2022 com agentes adicionais a serem adicionados ao longo do tempo. Isso segue o novo Secure Firewall Management Center fornecido na nuvem , que é habilitado por meio do Cisco Defense Orchestrator e unifica o gerenciamento de firewall local e na Nuvem.

Serviço
www.cisco.com

Cisco

Cisco Security Cloud

Jeetu Patel

Nuvem

Sase

Secure Access Service Edge

segurança

zero trust

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.