book_icon

A revolução do low-code: como fica o mercado de programação

Como não amar a tecnologia que mudou a história do desenvolvimento de aplicações ao longo da última década? Sim, falo aqui das plataformas low-code! Hoje a tão sonhada Transformação Digital de empresas mundo afora já pode ser realidade. Afinal, com pouco conhecimento sobre codificação, é possível otimizar os processos de um negócio, ou mesmo de projetos pessoais, lançando mão de recursos que até pouco tempo atrás só estavam disponíveis para profissionais altamente qualificados.

Plataformas assim já existiam desde meados de 2011, mas foi em 2014 que a empresa norte-americana de pesquisas de mercado Forrester Research batizou essa tecnologia com o nome low-code (“pouco código”, em tradução livre).

Otimizar é a chave!
Essa inovação traz muitos benefícios para o mercado em geral – leia-se: indústrias, grandes e pequenas empresas, ou prestadores de serviço. Não é à toa que uma das palavras-chave para definir o low-code é otimização de processos. O tempo de produção de um aplicativo com essas ferramentas, por exemplo, aceleram a implementação da tecnologia, a melhora dos resultados, o aumento dos lucros, o reinvestimento em tecnologia e o tempo de entrega dos serviços e produtos ao consumidor final. Por isso, de 2014 para cá, muitas empresas descobriram na tecnologia low-code uma grande oportunidade de otimizar a sua produção. E, naturalmente, muitas plataformas têm surgido e entrado na corrida, fazendo esse mercado evoluir a cada dia.

Conhecimento é realmente poder!
Convenhamos que quanto mais fácil é a plataforma, mais limitados são os seus recursos. Portanto, querendo ou não, é o conhecimento em códigos de programação que dá maior autonomia ao desenvolvedor, maior liberdade para transformar ideias em aplicações. E essa também é a grande vantagem da tecnologia low-code: ela reúne as infinitas possibilidades do código de programação com a facilidade proporcionada pelos elementos gráficos.

Fato é que o low-code está revolucionando a economia, em especial, o mercado da programação. Assim sendo, dominar esse instrumento pode contribuir, e muito, para a decolagem de projetos, empresas e até mesmo carreiras. Na verdade, o profissional que se dispõe hoje a aprender a usar essas ferramentas daqui a algum tempo estará anos luz à frente daqueles que não tiverem se atentado para isso.

Por Léo Andrade é especialista em tecnologia.

Léo Andrade

low-code

mercado de programação

No Code

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento