book_icon

Transformação Digital e seu impacto na vida das pessoas

A inovação é um recurso inevitável. A criação de novos mecanismos, serviços e a excitação pelas novas descobertas tecnológicas tornaram-se parte de nossas vidas. Para onde olhamos, ou para tudo o que fazemos, estamos rodeados de fatores que nos propiciam grandes experiências em meio à era digital. Entretanto, muitas vezes esquecemos que, por trás de toda mudança, existe o fator humano.

A Transformação Digital teve início quando as empresas entenderam que precisavam se modernizar. Com isso, muitos processos foram automatizados e novas tecnologias foram desenvolvidas, fazendo surgir um paradoxo sobre essas modificações e a maneira como elas também se estendem aos agentes humanos. Em ambientes demasiadamente competitivos e facilmente impactados pelas novidades encontradas no mercado, torna-se trivial a forma como a capacidade técnica dos colaboradores é vista exclusivamente como um diferencial.

Com o passar do tempo, o mundo dos negócios reforçou a sua capacidade de inovação, atualizando ferramentas e técnicas, de acordo com as novas demandas tecnológicas. O período de isolamento social também contribuiu com a aceleração de processos, como a digitalização, obrigando muitas organizações a implementarem ambientes de trabalho alternativos e aplicarem métodos mais ágeis, tanto em relação a projetos como também no âmbito de gestão de serviços e equipes.

Essa estratégia vem sendo reconhecida como cultural digital, que significa uma série de transformações em nossa sociedade, realizadas a partir dos recursos de tecnologia da informação. No mercado de trabalho, essas mudanças são mais visíveis, pois, cada vez mais, é exigido que os colaboradores se adequem e se capacitem à medida que novas soluções são disponibilizadas.

Quando falamos sobre inovação, principalmente para o mercado de trabalho, pensamos também nos chamados profissionais do futuro, aqueles cujas habilidades devem obrigatoriamente envolver o conhecimento em diversas áreas da tecnologia, flexibilidade, agilidade e, principalmente, mente inovadora. Em tese, um colaborador com visão integrada possui melhores oportunidades para obter experiências, aumentando a sua produtividade e buscando quebrar paradigmas sobre a implementação de métodos mais modernos.

A finalidade dessas mudanças é proporcionar o desafio de reinventar, abranger a democratização de oportunidades e estimular a competitividade, tornando tudo mais dinâmico. Entretanto, vale ressaltar que, talvez, muitos profissionais não estejam no mesmo ponto de partida. A tecnologia avança de maneira vertiginosa e, em muitos casos, alguns profissionais sentem-se obsoletos por não conseguirem acompanhar essa evolução.

Atualmente, essas questões têm sido um dilema para a grande maioria das empresas, pois, alguns pontos devem ser considerados, como a experiência, por exemplo. Enquanto algumas organizações têm buscado trabalhar na capacitação de seus colaboradores, outras preferem investir na contratação de novos profissionais. Entretanto, é importante lembrar que a Transformação Digital tem como base três pilares fundamentais: pessoas, processos e tecnologia. Para que todos se complementem é necessário que existam novas maneiras de pensar, aprender e aplicar suas experiências, afinal, a evolução não acontece sem melhorias multidisciplinares.

Por Walter Ruiz, co-owner – business development da Opus Software.

 

Inovação

OPUS Software

profissionais do futuro

Transformação Digital

Walter Ruiz

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.