book_icon

Marco Crespo assume comando das operações da Yalo no Brasil

Executivo se junta ao time depois de uma jornada de mais de cinco anos no Gympass, um dos primeiros unicórnios brasileiros, onde era responsável pela operação B2B da empresa

Marco Crespo assume comando das operações da Yalo no Brasil

A Yalo, provedora de plataforma de comércio conversacional (c-commerce), anunciou Marco Crespo, ex-Gympass, como o novo country manager para a operação no Brasil. O executivo reportará diretamente a Javier Mata, CEO e fundador da Yalo. “O Brasil é um dos mercados mais importantes para nós e, por isso, procuramos um executivo com vasta experiência na região e em escalar empresas de SaaS para liderar a operação e seguir com nossa agenda de investimento no País”, diz Mata. Atualmente, mais de 1,3 milhão de lojas utilizam a tecnologia da Yalo, sendo mais de 500 mil apenas no Brasil.

A Yalo já recebeu três rodadas de investimento, sendo duas delas lideradas pela B Capital – venture capital de Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, e que escolheu a Yalo para fazer seu primeiro aporte na América Latina. As três rodadas somaram US$ 60 milhões.

Recentemente, a empresa de comércio conversacional também adquiriu as operações da brasileira Brandtone, especializada em ajudar grandes empresas de bens de consumo a se relacionar com o pequeno varejo na América Latina

A iniciativa reforça a atuação da empresa no Brasil e na América Latina, região que registrou crescimento de 70% nos últimos 12 meses. “Sob a liderança do Marco, temos a certeza de que durante 2022 continuaremos crescendo e atendendo mais clientes”, afirma Mata. Marco será responsável por toda a operação da Yalo no Brasil e por auxiliar grandes empresas brasileiras a expandir suas operações comerciais por meio de aplicativos de mensagens como WhatsApp e Facebook Messenger.

O serviço conta com um grande potencial de crescimento. Até 2025, espera-se que 50% das transações financeiras devam passar por plataformas conversacionais. Clientes da Yalo, como Coca-Cola Femsa e Unilever, tiveram aumento de 22% em seus tíquetes médios e de 300% de retorno sobre investimento (ROI), em média, ao incluir Whatsapp em suas operações.

“Nos últimos dois anos, percebemos que a digitalização e o uso do comércio conversacional são uma realidade que traz mais eficiência e resolução rápida, seja em uma relação B2B ou B2C. Agora, iremos aproveitar as recentes aquisições e lançamentos da Yalo para acelerar ainda mais no Brasil”, afirma Crespo.

Ele se junta ao time depois de uma jornada de mais de cinco anos no Gympass, um dos primeiros unicórnios brasileiros. Durante a pandemia, tornou-se responsável por toda a operação B2B do Gympass, como Chief Commercial Officer. Antes, passou mais de dez anos como executivo de grandes empresas como Procter & Gamble, The Boston Consulting Group e Instituto Ayrton Senna. É formado em engenharia elétrica pela Unicamp e possui MBA pela Harvard Business School.

Ao se juntar ao time, Crespo espera replicar a mesma trajetória que viveu no Gympass, um dos primeiros unicórnios brasileiros. Diretamente envolvido na expansão global da empresa, o executivo contribuiu para o aumento de 20 vezes do faturamento quando liderou as operações de Brasil, América Latina, Estados Unidos e Europa.

Recentemente, a empresa de comércio conversacional também adquiriu as operações da brasileira Brandtone, especializada em ajudar grandes empresas de bens de consumo a se relacionar com o pequeno varejo na América Latina. Além disso, a Yalo tem investido constantemente na melhora de seus produtos e anunciou a Yalo Studio, ferramenta de autosserviço para a construção de fluxos de trabalho em aplicativos de mensagens para seus clientes.

Serviço
www.yalo.com

Brandtone

C-Commerce

Facebook

Gympass

Javier Mata

Marco Crespo

WhatsApp

Yalo

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.