book_icon

Apple apresenta novos processadores que equipam o MacBook Pro

A CPU baseada em M1 Pro e M1 Max oferece desempenho de CPU até 70% mais rápido do que o M1, aumentando a produtividade dos profissionais de vídeos e imagens

Apple apresenta novos processadores que equipam o MacBook Pro

A Apple apresentou os novos processadores M1 Pro e M1 Max, os próximos chips inovadores para os computadores Mac. Ampliando a arquitetura transformacional do M1, o M1 Pro alia desempenho com eficiência de energia, enquanto o M1 Max leva esses recursos a novos patamares. A CPU em M1 Pro e M1 Max oferece desempenho de CPU até 70% mais rápido do que o M1, então tarefas como compilar projetos em Xcode são mais rápidas do que nunca. A GPU em M1 Pro é até 2x mais rápida que M1, enquanto M1 Max é até espantosos 4x mais rápido que M1, permitindo que usuários profissionais voem através dos fluxos de trabalho gráficos mais exigentes.

O M1 Pro e M1 Max introduzem uma arquitetura de sistema em um chip (SoC) para sistemas profissionais pela primeira vez. Os chips apresentam memória unificada rápida, desempenho líder do setor por watt e incrível eficiência de energia, juntamente com maior largura de banda e capacidade de memória. O M1 Pro oferece até 200 GB/s de largura de banda de memória com suporte para até 32 GB de memória unificada. Já o M1 Max oferece até 400 GB/s de largura de banda de memória – 2x a do M1 Pro e quase 6x a do M1 – e suporte para até 64 GB de memória unificada. E enquanto os notebooks mais recentes chegam a 16 GB de memória gráfica, ter essa enorme quantidade de memória permite fluxos de trabalho com uso intensivo de gráficos anteriormente inimagináveis ​​em um notebook.

Utilizando a tecnologia de processo de 5 nanômetros (nm), o M1 Pro contém 33,7 bilhões de transistores, mais de 2x a quantidade do M1. Uma nova CPU de 10 núcleos, incluindo oito núcleos de alto desempenho e dois núcleos de alta eficiência, é até 70% mais rápida do que M1, resultando em desempenho profissional de CPU inacreditável. Comparado com o mais recente chip de notebook de 8 núcleos, o M1 Pro oferece até 1,7x mais desempenho de CPU com o mesmo nível de energia e atinge o desempenho máximo do chip de PC usando até 70% menos energia. Mesmo as tarefas mais exigentes, como edição de fotos em alta resolução, são realizadas com facilidade pelo M1 Pro.

O M1 Max apresenta o mesmo CPU poderoso de 10 núcleos e adiciona uma GPU de 32 núcleos maciça para desempenho gráfico até 4x mais rápido do que M1. Com 57 bilhões de transistores – 70% mais do que M1 Pro e 3,5 vezes mais do que M1 – M1 Max é o maior chip que a Apple já construiu. Além disso, a GPU oferece desempenho comparável a uma GPU de última geração em um PC portátil profissional compacto, consumindo até 40% menos energia e desempenho semelhante ao da GPU de última geração nos maiores notebooks, usando até 100 watts menos potência. Isso significa que menos calor é gerado, os ventiladores funcionam silenciosamente e com menos frequência e a vida útil da bateria é incrível no novo MacBook Pro. O M1 Max transforma fluxos de trabalho com uso intensivo de gráficos, incluindo renderização complexa de linha do tempo até 13x mais rápida no Final Cut Pro em comparação com a geração anterior do MacBook Pro de 13 polegadas.

MacBook Pro

A Apple também lançou o MacBook Pro completamente reinventado e equipado com o novo M1 Pro e M1 Max, os primeiros chips profissionais projetados para Mac. Disponível em modelos de 14 e 16 polegadas, o MacBook Pro oferece alto desempenho de processamento, gráficos e aprendizado de máquina (ML), funcionando com bateria ou conectado à tomada, bem como alta duração da bateria – permitindo fluxos de trabalho antes inimagináveis ​​em um notebook.

O novo MacBook Pro também apresenta um display Liquid Retina XDR, uma ampla variedade de portas para conectividade avançada, uma câmera HD 1080p FaceTime e um sistema de áudio de qualidade para um notebook. Combinado com o macOS Monterey, que foi desenvolvido até o fim para aproveitar ao máximo o M1 Pro e o M1 Max, a experiência do usuário é incomparável.

O MacBook Pro foi projetado para desenvolvedores, fotógrafos, cineastas, artistas 3D, cientistas, produtores musicais etc. O novo MacBook Pro junta-se ao MacBook Pro de 13 polegadas com M1 para formar a mais forte linha de notebooks profissionais de todos os tempos.

Serviço
www.apple.com

 

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento