book_icon

Globenet divulga construção do segundo Data Center em Fortaleza

Este novo Edge Data Center triplicará o espaço e a capacidade de energia já existentes

Globenet divulga construção do segundo Data Center em Fortaleza

A Globenet, provedora por atacado e atua no mercado latino-americano de telecomunicações e de serviços de Edge Data Center, anuncia a construção de um novo Edge Data Center de alta tecnologia em Fortaleza, para expandir sua infraestrutura atual e atender ao aumento da demanda por serviços de colocation e conectividade.

Este novo Edge Data Center de última geração, integrado com o ecossistema de provedores de conteúdo, provedores de serviços e IXs, assim como com a rede submarina de baixa latência e backhauls terrestres redundantes da Globenet, contribuirá para aproximar os clientes dos conteúdos e melhorar a experiência do usuário.

Este novo Data Center contribuirá para expandir a economia digital do Brasil e é uma prova do nosso compromisso em fornecer soluções avançadas de conectividade e de Data Center para pessoas e empresas na região 

“Como o terceiro maior ponto de interconexão da América do Sul, depois de São Paulo e Rio de Janeiro, Fortaleza é a porta de entrada para 50 milhões de pessoas no Nordeste do Brasil”, disse Eduardo Falzoni, CEO da Globenet.

“Este novo Data Center contribuirá para expandir a economia digital do Brasil e é uma prova do nosso compromisso em fornecer soluções avançadas de conectividade e de Data Center para pessoas e empresas na região”, confirma Fabio Laguado, CCO da Globenet.

O início das operações do novo Data Center está previsto para o terceiro trimestre de 2022 e irá triplicar o número de racks e energia atualmente disponíveis no Data Center já existente da GlobeNet em Fortaleza, permitindo soluções personalizadas e flexíveis em um ambiente neutro para operadoras locais e internacionais, OTTs, ISPs e CDNs.

A GlobeNet é uma operadora de telecomunicações que oferece serviços através de um sistema de cabos submarinos que conecta Argentina, Brasil, Bermudas, Colômbia, Estados Unidos e Venezuela. Essa rede de 26.000 km é completamente redundante e oferece um completo portfólio de serviços de conectividade, trânsito IP, Data Center e segurança.

 

backhauls terrestres redundantes

Data Center em Fortaleza

Eduardo Falzoni

Fabio Laguado

GlobeNet

rede submarina de baixa latência

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edição sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento