book_icon

Recife adota sistema inteligente de drenagem de túneis

Com o Elipse E3, da Elipse Software, os operadores conseguem monitorar e controlar os sistemas de drenagens, com economia de R$ 30 mil mensais aos cofres públicos

Recife adota sistema inteligente de drenagem de túneis

A Emlurb (Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana), vinculada à Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Recife, cujo objetivo é a prestação de serviços de manutenção e conservação do sistema viário e das áreas verdes da capital pernambucana, optou por utilizar as plataformas Elipse E3 e Elipse Mobile, ambas da Elipse Software, na automação do sistema de drenagem de túneis. A IHM Engenharia foi a empresa responsável por implementar as soluções da Elipse nesta aplicação.

Com o Elipse E3, os operadores da companhia conseguem controlar o sistema de drenagem da água das chuvas dos túneis, a fim de não atrapalhar o trânsito de veículos. Para isso, o software permite monitorar o nível dos reservatórios, para onde a água é escoada através de bueiros localizados nas laterais dos túneis. Além disso, controla todas as bombas de desafogamento dos túneis, que bombeiam a água dos reservatórios à rede fluvial.

Hoje, a empresa não precisa mais deslocar diariamente uma equipe para monitorar as bombas, atuando corretivamente via os gráficos e alertas que são emitidos pelos softwares

Para implementar este sistema, foram adquiridos painéis com o acionamento das bombas de drenagem por soft-starter (Túnel Josué de Castro) e inversores (Túneis Augusto Lucena e Chico Science). A fim de controlar a partida dessas bombas, foram instalados transmissores de nível ultrassônicos.

O controle automático da partida das bombas pelo nível dos reservatórios é realizado através de um CLP da Wago, modelo PFC200. O CLP vem com modem GSM incorporado. Dessa forma, os dados das bombas e níveis dos reservatórios são transmitidos por protocolo MQTT (Message Queuing Telemetry Transport) a um servidor MQTT Mosquitto, que se encontra no servidor do cliente (laptop com sistema operacional Windows).

Essas informações dos túneis são passadas do servidor MQTT Mosquitto para o driver MQTT da Elipse instalado no mesmo servidor. Com isso, os dados chegam ao Elipse E3 do servidor, onde é possível monitorar o status das bombas, níveis dos reservatórios, histórico de alarmes e tendências via telas gráficas.

Monitoramento

Nestes gráficos, inicialmente, o operador seleciona qual período deseja acompanhar na tela, com a possibilidade de escolher se deseja monitorar em tempo real ou histórico. Uma vez feito isso, linhas de diferentes cores serão exibidas, onde as linhas verdes são associadas às bombas e a azul ao nível de água no reservatório.

A vermelha representa o set point de nível de água no reservatório que aciona uma das bombas. Caso a azul encoste na vermelha, automaticamente uma das bombas será acionada para bombear a água do reservatório à rede fluvial antes que transborde.

O nível de água de cada reservatório também pode ser monitorado isoladamente em outra tela do software. Por fim, o Elipse E3 permite visualizar todos os alarmes que são acionados nos casos de falha nas bombas ou quando são verificados níveis de água muito elevados nos reservatórios.

O Elipse Mobile Server foi também instalado nesta aplicação. O software permite que até cinco usuários possam acessar, via smartphone, as telas e comandos do E3. Caso sejam verificados níveis muito altos nos reservatórios dos túneis ou haja defeito em alguma bomba de drenagem, o Elipse Mobile envia mensagens SMS para oito profissionais de manutenção da Emlurb.

Para Lúcio Luiz Fidelis de Freitas Júnior, diretor executivo de Iluminação Pública da Emlurb, as plataformas da Elipse aprimoraram a fiscalização do funcionamento do sistema de drenagem dos túneis. Hoje, a empresa não precisa mais deslocar diariamente uma equipe para monitorar as bombas, atuando corretivamente via os gráficos e alertas que são emitidos pelos softwares. O sistema também agregou um ganho econômico à Emlurb segundo explica seu diretor executivo.

“Obtivemos uma redução na ordem de R$ 30 mil ao mês com custos operativos, uma vez que, para a gestão destes ativos, há uma menor necessidade de recursos humanos integrados ao processo de fiscalização e controle agora realizado com o apoio dos softwares da Elipse”, disse o executivo.

Serviço
www.elipse.com.br

Elipse E3

Elipse Mobile

Elipse Software

Emlurb

IHM Engenharia

Recife

smartphone

Software

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TENDÊNCIAS

Tecnologias imersivas ganham impulso nos negócios

Leia nessa edição sobre carreira

INDÚSTRIA 4.0

Fábrica conectada

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SERVIÇOS

Trunfos dos menores

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

TENDÊNCIAS

A casa também foi para a Nuvem

Julho| 2021 | #48 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento