book_icon

Como a tecnologia ajudou as empresas na pandemia

Estudo patrocinado pela Microsoft investigou como as iniciativas digitais foram decisivas para enfrentar um novo cenário

Como a tecnologia ajudou as empresas na pandemia

Um estudo da Economist Intelligence Unit – EIU, patrocinada pela Microsoft, investigou como a relação entre Tecnologia, Negócios e Pessoas evoluiu durante a pandemia de Covid-19. A pesquisa ouviu líderes de negócios em oito setores distintos sobre os desafios e oportunidades que a ruptura criou para as organizações e como as iniciativas digitais ajudaram a enfrentar uma nova realidade.

Os líderes empresariais citaram a preparação digital como a chave para sua capacidade de adaptação. A mudança em massa para o trabalho remoto também levou a um foco maior no engajamento dos funcionários – tanto que tópicos de capacitação, como construção de habilidades, bem-estar e criação de benefícios duradouros para a sociedade em geral, agora lideram a agenda de transformação de muitas organizações.

Preparadas ou não, as organizações de todos os setores aceleraram suas iniciativas de transformação e passaram a confiar mais nas ferramentas digitais. Aqui, a tecnologia de Nuvem lidera, com 50% das organizações afirmando que ela desempenhou um papel crítico em suas operações da era da Covid

“Há muito tempo vimos as vantagens que a transformação digital traz aos clientes – e esses dados nos dão uma visão concreta de como as indústrias lidaram com os desafios do ano passado”, disse Deb Cupp, vice-presidente corporativo da Microsoft para Indústrias Corporativas e Comerciais. “As descobertas confirmam as tendências que vimos surgindo e reforçam nosso compromisso em fornecer insights, produtos e serviços que ajudam os clientes em todos os setores da indústria quando precisam, capacitar trabalhadores de todos os tipos e conseguir mais”, completou.

O estudo analisou especificamente as cadeias de suprimentos, trabalho remoto, análise preditiva, tomada de decisões e segurança e bem-estar dos funcionários. Os pesquisadores conectaram os pontos entre a maturidade digital das organizações e sua capacidade de resistir à ruptura sem precedentes e encontraram uma forte correlação: quanto mais as empresas estavam focadas na transformação digital, mais rápido elas conseguiam recuperar as operações e capacitar as pessoas para seguir em frente.

“A pandemia de Covid-19 mostrou como as ferramentas digitais são essenciais para permitir que as empresas criem agilidade e respondam a grandes interrupções”, disse Michael Gold, editor-chefe da The Economist Intelligence Unit. “Mas este estudo mostra que não se trata apenas de negócios. A esmagadora maioria das empresas vê a transformação digital como crucial para superar as lacunas de habilidades, envolver os funcionários e oferecer benefícios mais amplos para a sociedade ”.

O estudo mostrou um foco renovado em todos os setores no sentido de envolver e conectar as pessoas umas às outras, ao seu trabalho e a um senso comum de propósito. A porcentagem de todos os entrevistados que citaram o envolvimento dos funcionários como um imperativo de tecnologia disparou de 24% antes da pandemia para 36% durante, e aumentou 10 ou mais pontos percentuais em manufatura, serviços financeiros, varejo e educação.

A preocupação com as pessoas e a sociedade também apareceu de outras maneiras, com a maioria das empresas dizendo que a pandemia destacou a necessidade de contribuir de forma mais poderosa para os resultados sociais – 75% disseram que a transformação digital deve ir além do sucesso dos negócios para apoiar melhorias sociais como a criação de uma força de trabalho acessível e inclusiva e abordando as pegadas de carbono e as mudanças climáticas.

Tecnologia
Segundo o estudo, as ferramentas digitais tornaram-se uma infraestrutura indispensável em todos os setores. Aqueles com pegadas digitais robustas relataram mais agilidade na facilitação do trabalho remoto, suporte a funções distribuídas, recuperação de cadeias de suprimentos interrompidas e transações com clientes de novas maneiras. Mas, embora a transformação digital tenha permitido a continuidade dos negócios, o estudo também revelou lacunas em qualificação, privacidade, segurança e conformidade à medida que as organizações aplicam novas tecnologias.

Preparadas ou não, as organizações de todos os setores aceleraram suas iniciativas de transformação e passaram a confiar mais nas ferramentas digitais. Aqui, a tecnologia de Nuvem lidera, com 50% das organizações afirmando que ela desempenhou um papel crítico em suas operações da era da Covid. Em seguida vieram as tecnologias para possibilitar o trabalho remoto (40%), Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina (33%) e a Internet das Coisas (31%).

Setores
Como cada setor opera de maneira diferente, a pandemia expôs lacunas digitais de maneiras diferentes. Educadores expressaram preocupação com o acesso e inclusão, enquanto as montadoras se concentraram nas mudanças climáticas. Em todos os setores, o lado humano da tecnologia transcendeu suas respostas e, de certa forma, ofuscou os benefícios para os negócios. Os destaques do estudo por setor incluem o seguinte:

Os entrevistados do setor automotivo eram muito mais propensos a citar a mudança climática como o principal benefício da transformação digital. A indústria também está investindo em automação, eficiência de processos e aprimoramento das habilidades digitais da força de trabalho.

Os entrevistados em educação citaram o desenvolvimento de habilidades e a inclusão como os principais benefícios da transformação digital em seu setor, mas estão preocupados com a falta de ferramentas que criam uma barreira para o progresso digital, bem como a aplicação fragmentada de tecnologia entre departamentos.

As empresas de serviços financeiros foram as mais preparadas digitalmente para enfrentar os desafios de bloqueios regionais e interrupções na cadeia de suprimentos. Os respondentes de serviços financeiros foram os mais propensos a concordar que a pandemia destacou a vantagem competitiva das empresas preparadas digitalmente.

As organizações governamentais tiveram mais facilidade para obter orçamento para investir em tecnologias, uma vez que a pandemia atingiu e ferramentas geralmente priorizadas para facilitar o trabalho remoto e colaboração. No entanto, as lacunas de habilidades e talentos – bem como os impactos negativos percebidos associados às novas tecnologias – continuam a ser barreiras para a transformação digital.

Mudanças
O setor de saúde depende fortemente da interação pessoal e passaram por mais transformações quando a pandemia atingiu, no que diz respeito às experiências de funcionários e pacientes remotos. Enquanto mantinham conformidade estrita com as regulamentações de privacidade do paciente, administradores e médicos rapidamente expandiram e adotaram recursos virtuais conforme a pressão da Covid forçava maiores investimentos.

A manufatura, antes da pandemia, já estava trabalhando para resolver uma lacuna de habilidades. O setor também citou diversidade e inclusão, construção de habilidades e mudança climática entre as principais preocupações que a transformação digital pode ajudar a resolver.

Os entrevistados de mídia e comunicação expressaram preocupação em acompanhar o ritmo das mudanças tecnológicas e compartilharam sua crença de que o combate à desinformação será o principal benefício da transformação digital no setor.

O setor de varejo e bens de consumo expressou otimismo de que a transformação digital aumentaria as perspectivas de emprego e foi o setor com maior probabilidade de se concentrar nos impactos sociais positivos da mudança para o trabalho distribuído e remoto.

Serviço
www.microsoft.com

EIU

Microsoft

Tecnologia

Transformação Digital

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

ENCARTE - ESPECIAL DISTRIBUIÇÃO

Prêmio Excelência em Distribuição, e listagem de distribuidores de TIC

Leia nessa edição sobre carreira

ANÁLISES

Evoluções digitais

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

TECNOLOGIA

Arquitetura descentralizada

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

QUALIFICAÇÃO

Na jornada do conhecimento

Junho| 2021 | #47 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento