book_icon

Pegasystems anuncia recursos low-code para o usuário corporativo criar experiências digitais

Os novos recursos da Plataforma Pega capacitam usuários de qualquer nível de habilidade, tanto desenvolvedores profissionais como pessoas da área de Negócios, a criar interfaces de aplicativos de forma produtiva e com rápido time to money

Pegasystems anuncia recursos low-code para o usuário corporativo criar experiências digitais

A Pegasystems, companhia de software que elimina a complexidade dos negócios, acaba de anunciar durante seu evento anual, o PegaWorld iNspire, novos recursos de low-code que permitem que desenvolvedores profissionais e também citizen developers (pessoas fora da área de TI que desenvolvem soluções digitais) projetem facilmente interfaces de usuário (UI) inovadoras para seus aplicativos, melhorando a produtividade das empresas e também o time to money. Combinando funcionalidades avançadas de design no front-end com alta robustez de processamento no back-end, os novos recursos low-code incorporados à Pega Platform vão ajudar a capacitar qualquer usuário corporativo a criar experiências digitais mais completas e sofisticadas a partir de uma única plataforma.

 

Embora os usuários de negócios tenham adquirido autonomia para criar aplicativos low-code sozinhos, eles ainda precisam contar com desenvolvedores e designers profissionais para finalizá-los no front-end com interfaces amigáveis. O low-code tradicionalmente se destaca na modelagem dos processos de back-end que orientam o funcionamento dos aplicativos. Mas as interfaces front-end resultantes, embora adequadas, muitas vezes ficam aquém de render experiências de ponta e intuitivas que os clientes finais esperam. Para acompanhar o ritmo da transformação digital, as organizações precisam cada vez mais do low-code com recursos de design de back-end e front-end, para que qualquer profissional possa criar aplicativos diferenciados e com experiências de usuário (UX) modernas para consumidores e colaboradores.

 

Disponíveis no final deste trimestre, os novos recursos da plataforma Pega combinam recursos avançados de criação de aplicativos com práticas recomendadas de UX prontas para fornecer uma solução completa de design e desenvolvimento de aplicativos low-code. Com uma nova arquitetura de IU, recursos de design aprimorados e APIs abertas, os usuários podem configurar e projetar seu aplicativo em uma mesma plataforma low-code fácil, eficiente e rápida de usar, alavancando os resultados de negócios nas empresas.

 

Os novos recursos para a construção de aplicativos inovadores incluem:
Interfaces mais rápidas e produtivas

Os aplicativos desenvolvidos pela Pega agora podem funcionar de modo até três vezes mais rápido usando a nova versão baseada no Pega React Cosmos  Design System. Com uma abordagem leve de “aplicativo de página única”, a Pega reduziu a carga útil em 75% – o que significa menos transferência de código ao interagir com o aplicativo. Além da maior velocidade, os novos modelos de design também ajudam as empresas a criar interfaces de aplicativos mais eficientes. Isso ajuda a reduzir erros e fadiga para o usuário, melhorando as taxas de conclusão de tarefas – o que resulta em colaboradores mais produtivos e clientes mais satisfeitos.

 

Recursos de design low-code mais fáceis de usar
A Pega elimina a complexidade de design na camada de IU, tornando mais fácil para os usuários corporativos criarem interfaces de aplicativos sofisticadas. Esta abordagem fornece uma biblioteca de modelos de design reutilizáveis no App Studio com base nas melhores práticas de mercado. Isso ajuda os usuários de negócios a concentrarem sua atenção na modelagem e configuração do aplicativo, enquanto o layout de design ideal é intuitivamente renderizado em paralelo à medida em que é construído. Além disso, os elementos de marca da interface são customizávies, ajudando a permitir que os usuários definam automaticamente suas diretrizes de marca em todo o aplicativo.

 

APIs atualizadas dinamicamente conforme os processos mudam
Ao contrário das APIs estáticas tradicionais, as APIs Pega Digital Experience (DX) ajudam a ajustar automaticamente as interfaces de front-end conectadas quando alterações são feitas em seu processo de back-end principal – tudo sem reescrever nenhum código . Por exemplo, se um banco usa a Pega para atualizar um processo de solicitação de empréstimo existente com um novo campo de dados, o Pega DX API ajuda a renderizar dinamicamente o novo campo em todos os canais conectados, como a web ou uma interface móvel. Isso libera os designers de front-end de ter que recodificar as interfaces de front-end a cada nova alteração de processo de back-end, economizando um tempo significativo. Com a arquitetura de negócios Center-out da Pega, os clientes podem transitar facilmente entre os diversos canais, ajudando a garantir que cada interação entre a marca e o cliente seja personalizada e eficaz.

“Os novos recursos na plataforma Pega representam uma mudança significativa na evolução do desenvolvimento de aplicativos low-code”, diz Maurício Prado Silva, diretor geral da Pegasystems para a América Latina. “Pela primeira vez, as organizações podem usar low-code não apenas para construir aplicativos avançados de automação de processos, mas também para complementar facilmente seus próprios aplicativos desenvolvidos com interfaces de usuário sofisticadas – tudo feito na mesma ferramenta. Isso faz com que as empresas gastem menos tempo construindo e mais tempo gerando resultados de negócios.”

 

 

Maurício Prado Silva

Pega React Cosmos  Design System

Pegasystems

PegaWorld iNspire

recursos low-code

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.