book_icon

F5 fatura US$ 625 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021

Resultado representa um aumento de 10% em relação ao mesmo período do ano passado; receita de software aumentou 70%; o ano fiscal da F5 termina em 30 de setembro
F5 fatura US$ 625 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021

A F5, empresa que atua em soluções que garantem a segurança e a entrega de aplicações corporativas, anuncia faturamento de US$ 625 milhões no primeiro trimestre fiscal de 2021, encerrado em 31 de dezembro de 2020. A receita reflete um crescimento de 10% sobre os US$ 563 milhões obtidos no mesmo período do ano fiscal de 2020. A receita de software cresceu 70%.

O ano fiscal da F5 termina em 30 de setembro de 2021.

François Locoh-Donou, CEO e Presidente da F5, conta que, por trás desse crescimento, estão os investimentos da companhia ao longo dos últimos anos. Além de estimular a inovação, aprimoraram a posição estratégica da F5 junto aos clientes em um momento em que o mercado global experimentou um crescimento explosivo de aplicações.

Além de estimular a inovação, aprimoraram a posição estratégica da F5 junto aos clientes em um momento em que o mercado global experimentou um crescimento explosivo de aplicações  

“Nossos clientes dependem das soluções de segurança e entrega de aplicações da F5 para fornecer, com segurança e confiabilidade, as melhores experiências digitais. Isso permite que consumidores de todos os lugares façam compras online, realizem transações bancárias online ou transmitam vídeos a partir de seus telefones, laptops ou tablets”, disse Locoh-Donou.

De olho no futuro
Para o segundo trimestre do ano fiscal de 2021, a ser encerrado no dia 31 de março de 2021, a F5 espera gerar receita na faixa de US$ 625 milhões a US$ 645 milhões, com rendimentos não-GAAP na faixa de US$ 2,32 a US$ 2,44 por ação diluída.

Lucro GAAP x NÃO-GAAP
A receita GAAP no primeiro trimestre fiscal de 2021 foi de USD 625 milhões, acima dos USD 569 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal de 2020. A receita não-GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021 foi de USD 626 milhões, acima dos USD 569 milhões no mesmo período do ano anterior. As receitas GAAP e não-GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021 refletem um crescimento de 10% em comparação com o primeiro trimestre do ano fiscal de 2020. O crescimento da receita no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021 foi impulsionado por 70% de crescimento da receita de software, 5% de crescimento da receita de sistemas e 1% de crescimento da receita de serviços globais, em comparação com o período do ano anterior.

O rendimento líquido GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021 foi de USD 88 milhões, ou USD 1,41 por ação diluída, em comparação com o rendimento líquido GAAP de USD 99 milhões, ou USD 1,62 por ação diluída, no primeiro trimestre do ano fiscal de 2020.

O rendimento líquido não-GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021 foi de USD 161 milhões, ou USD 2,59 por ação diluída, em comparação com USD 155 milhões, ou USD 2,55 por ação diluída, no primeiro trimestre do ano fiscal de 2020. O rendimento líquido não-GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal de 2021 exclui USD 58 milhões de compensação baseada em ações, USD 18 milhões de despesas relacionadas a aquisições, USD 11 milhões de amortização de ativos intangíveis adquiridos e USD 1 milhão em custos de saída de instalações.

 

F5

François Locoh-Donou

primeiro trimestre fiscal de 2021

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.