book_icon

Acompanhe o teste minucioso do notebook HP ProBook 445 G7

O notebook HP ProBook 445 G7 tem ótimo desempenho aliado com ótima autonomia de bateria, o que o torna ideal para trabalho em escritório e para quem viaja muito

Acompanhe o teste minucioso do notebook HP ProBook 445 G7

Notebook HP ProBook 445 G7
A linha de notebooks ProBook, da HP, é voltada ao mercado corporativo. Claro que é possível usar como notebook pessoal também, para estudos, por exemplo. Mas alguns recursos voltados para a segurança de dados fazem da linha ProBook uma boa escolha para empresas.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] Detalhe da parte de trás da tela do HP ProBook 445 G7
O modelo testado por nós foi o HP ProBook 445 G7. Vale destacar nesse modelo o processador utilizado, um Ryzen 4500U, da AMD. Isso é muito interessante, pois a AMD teve um ótimo ano com as CPUs Ryzen, tanto no desempenho quanto no preço.

Configuração do HP ProBook 445 G7

A CPU Ryzen 4500U da AMD é uma CPU recente e oferece um desempenho ótimo aliado a uma boa eficiência energética. Isso quer dizer que a bateria deve ter uma boa duração, como veremos mais adiante.
Essa CPU tem seis núcleos independentes e trabalha em uma frequência base de 2,3 GHz e pode chegar a 4 GHz dependendo da demanda. Como é construída em processo de 7 nm (nanômetros), o menor até o momento já atingido pela indústria de processadores, ele consome pouco, cerca de 15 watts. A memória RAM é de 8 GB, trabalhando a 3200 MHz, com possibilidade de expansão até 32 GB, por meio de dois slots. Isso é um ponto positivo nesse notebook, pois é fácil fazer o upgrade.
A GPU (Graphic Processor Unit, ou unidade de processamento gráfico, em português) é integrada à CPU. Portanto, também é da AMD, modelo Radeon RX Vega 6. O armazenamento é do tipo SSD com tecnologia NVMe, com 256 GB de capacidade. É importante falar sobre esse item, pois essa é a tecnologia mais avançada de armazenamento até o momento.
O SSD presente no HP ProBook 445 G7 é cerca de 5 vezes mais veloz do que um SSD SATA 6 e cerca de 18 vezes mais veloz do que um disco rígido (o tradicional HD). O sistema operacional instalado é o Windows 10 Pro de 64 bits.

Design e acabamento do HP ProBook 445 G7

Esse notebook preza pela leveza e pouca espessura, o que é ótimo para mobilidade. As dimensões são de 32,4 cm de largura, 23,7cm de altura e 1,79 cm de espessura, quando fechado. O peso é de 1,6 quilo. Com essas medidas e peso, transportar em uma mochila é bem confortável e as costas agradecem.
O acabamento em alumínio é bem vindo por dois motivos: é um material leve e mais resistente do que plástico. Na parte de baixo, há quatro apoios de borracha nos cantos, para maior aderência e também deixam o notebook um pouco acima do nível da mesa.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] HP ProBook 445 G7: peso de apenas 1,6 Kg, mesmo com acabamento em metal
Isso é importante porque as aberturas para ventilação estão na parte de baixo. Então fica aqui uma dica: não use esse notebook sobre as pernas, senão a entrada de ar para resfriar os componentes vai ficar obstruída. Se for usar dessa forma, é melhor ter aqueles apoios de notebook com madeira e almofada por baixo dela.
O teclado usa padrão ABNT 2 (tem teclas de ç e acentuação), é bastante confortável e  sem barulho ao digitar. Talvez tenha faltado aqui o backlight, para iluminar as teclas para uso a noite.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] Teclado confortável, mas poderia ter iluminação backlight
Para usar em uma sala com luz desligada, é quase impossível, a não ser que você seja um digitador exímio que não precisa olhar para as teclas. Ok, é um apenas um detalhe, mas o backlight faz falta mesmo para digitar em uma sala sem luz.
Acima do teclado estão os alto-falantes, o que foi uma ótima localização, pois o som sai alto e claro. E no canto direito inferior ao teclado está o sensor biométrico, que é uma forma a mais de segurança para logar no Windows. 

A tela do HP ProBook 445 G7

Com 14 polegadas, a tela usa tecnologia de LED backlight, a mais comum e simples. Também é anti-reflexiva e a resolução é de 1366 x 768 pixels. Não há nada de especial aqui. Apenas durante o uso é bom dizer que o conforto visual foi muito bom, mesmo usando o notebook em um dia normal de trabalho, inclusive escrevendo esse review nele.
Assistir a filmes ou a vídeos no YouTube também foi uma experiência ok. As cores não são intensas, pois não há nenhuma tecnologia para isso. Por isso, o notebook é voltado para produtividade e não para entretenimento.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] O HP ProBook 445 G7 usa tela de LCD IPS, uma tecnologia madura e funciona bem, porém, sem mais destaques.
Na  borda de cima há uma webcam de 720 pixels de resolução, com um recurso bem interessante de segurança: uma pequena janela móvel que serve para bloquear a lente. É uma solução simples, eficiente e de baixo custo que todos os fabricantes poderiam adotar.

Conectividade

No lado direito, o notebook tem duas USBs 3.1 e uma USB-C. Além delas, há uma saída de vídeo HDMI 1.4 (suporta resolução 4K) e uma entrada RJ-45 para rede Gigabit (via cabo). Logicamente ele também tem rede Wi-Fi e, melhor, a mais atual, Wi-Fi geração 6, tipo 802.11ax.
Ainda do lado direito há um conector combo para fone de ouvido e microfone. Bom dizer que o notebook também tem um microfone interno. Portanto, se estiver em uma sala silenciosa, nem é preciso um fone de ouvido.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] O notebook HP ProBook 445 G7 é bem servido para conexões externas
No lado esquerdo há uma USB 2.0, a entrada para trava de segurança Kensington e um slot para cartão de memória SD. A trava Kensington é para colocar o cabo de aço com um pequeno cadeado de combinação para prender à mesa. É mais utilizado em empresas quando o notebook não pode ser levado para casa. Ainda no lado esquerdo está a saída de ar quente que é jogado para fora por meio da ventoinha interna.

HP ProBook 445 G7: desempenho e experiência de uso

O HP ProBook 445 G7 mostrou que é ótimo para produtividade. O processador Ryzen 5 4500U mais a memória de 8 GB de 3200 Mhz e o SSD com padrão NVMe formaram um motor e tanto nesse notebook. Desde o momento em que se aperta o botão para ligar o notebook, o Windows fica pronto para uso – isso quer dizer já com o ponteiro do mouse na tela – em 15 segundos, cronometrados. 
Isso mostra um bom trabalho da HP não apenas no conjunto de hardware, mas também do BIOS, o sistema interno que cuida da inicialização antes do Windows assumir o controle da máquina. E com esse SSD, a carga de qualquer programa ou sistema também é muito rápida. Não apenas programas, mas cheguei a usar o Chrome com 22 abas abertas sem que o sistema sentisse o peso. Eu alternava entre as abas sem lentidão, mesmo com um programa de edição de imagens aberto e outro de edição de textos. Uma das abas também rodava vídeo do Youtube.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] Mesmo com muitas aplicações abertas, o HP ProBook 445 G7 dá conta do recado sem lentidão.
Para usar softwares de escritório, assistir a vídeos em streaming e usar programas de videoconferência também foram tarefas fáceis para o ProBook 445 G7. A experiência de usar multitarefa foi ótima, com programas respondendo rápido e, sempre que eu precisava alternar entre eles, era algo muito fluido.
Trabalhos mais pesados, como edição de vídeos e fotos também rodaram sem problemas. É lógico que não é o notebook ideal para trabalhar o dia inteiro nessas tarefas. Porém, saiba que, se eventualmente você precisar usar o ProBook 445 G7 para esse tipo de trabalho, o processador dele e a memória vão suportar a carga de trabalho.

HP ProBook 445 G7
[/media-credit] A webcam do HP Probook 445 G7 tem um detalhe simples que garante a segurança da privacidade. Uma mini janela móvel que esconde a câmera.
Não é o caso desse notebook, mas arrisquei instalar jogos. Joguei League of Legends (LoL) e Fortnite. Ambos tiveram bons resultados, mas foi preciso configurar a qualidade dos gráficos para um nível intermediário.
Com certeza, jogos mais sofisticados não terão um bom desempenho. Mas eu instalei para tirar qualquer dúvida de vocês. Tenham em mente que esse notebook é voltado para produtividade. E isso ele mostrou que realmente cumpre o que promete.

Duração de bateria

Testei a bateria do HP ProBook 445 G7 em utilização real de trabalho e entretenimento. Durante os dias em que ficou comigo, usei o notebook como minha estação de trabalho. Eu usei muito a internet via Wi-Fi, com o navegador Chrome, sempre com o mínimo de 10 abas abertas, pois faço muitas pesquisas.
Também usei o Youtube, assistindo ao total aproximado de uma hora de vídeos. Vale dizer que o volume ficou pela metade e o brilho da tela em 60%, que foi o suficiente para trabalhar com conforto.
Nessas condições, a bateria levou 8 horas e 12 minutos para chegar ao nível de 10%, onde configurei para entrar no modo de economia mais agressivo. Portanto, foi uma excelente duração para trabalhar um dia inteiro na internet longe da tomada.
Também fiz testes usando softwares mais pesados, como Photoshop e software de edição de vídeos. Nota: Não é recomendado usar esses softwares com qualquer notebook fora da tomada, pois o desempenho sempre é reduzido para economizar bateria.
Mas quis fazer o teste para este review ficar mais completo. Mesmo assim, o desempenho de velocidade de edição foi bom, mas, logicamente, por serem trabalhos mais pesados, a duração de bateria foi de 5 horas e 48 minutos. Foi um ótimo resultado, levando em consideração que, enquanto o vídeo ficava renderizando, eu conseguia navegar pela internet.

Conclusão

O Notebook HP ProBook 445 G7 não só oferece bom desempenho para tarefas de  escritório, mas também tem desempenho para trabalhos mais exigentes. O gerenciamento de energia se mostrou excepcional. Mesmo com tarefas mais pesadas, a bateria levou quase seis horas para entrar na reserva. Portanto, é possível ficar um dia de trabalho – e mais uma ou duas horas – com esse notebook longe da tomada.
A qualidade de imagem é ok. A resolução de 1366 x 768 não é o padrão do momento, mas não decepciona. Para trabalhar, é mais do que o suficiente. A tela foi o único item que poderia ser melhor, porém, se fosse melhor, o preço seria maior.
E se você tiver um cabo HDMI, pode conectá-lo a uma TV com resolução full HD (1920 x 1080) e assistir a filmes e vídeos com mais conforto, pois o processador gráfico suporta essa definição de imagem. Também oferece boas conexões, padronizadas com os dispositivos mais comuns e atuais do mercado, como HDMI, 2 USB 3.1, uma USB-C super speed, que também funciona como display port (com adaptador a parte), conector combo para fone e microfone e entrada para rede cabeada padrão Gigabit.
Por fim, é leve e compacto, mas feito em alumínio reforçado, o que o torna robusto. São características interessantes para transportar com conforto e também para maior durabilidade. 

AMD Ryzen 5 4500U

HP ProBook

laptop HP ProBook 445 G7

notebook hp

review

review HP Probook 445

review notebook hp

teste do HP ProBook 445 G7

Comentários

  1. Lucas

    Este aqui é o único lugar em que encontrei a informação de que a resolução da tela é de 1366×768. Em todos os outros lugares, inclusive no site da HP, diz que é 1920×1080. Você tem certeza do que está falando?

    1. Irene Barella

      Oi Lucas. Agradecemos seu comentário.É muito bom contar com leitores qualificados e interessados. Vamos buscar sua resposta.

    2. Alexandre

      Qnd lançou tinha modelos com tela HD e FHD, agora no site da HP só tem na resolução FHD.
      Neste unboxing, que tb teve review, a tela é apenas HD: https://youtu.be/AzM269oIWBM

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edição sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento