book_icon

Embratel lança DevOps para agilizar desenvolvimento de software

Solução une processos e ferramentas para desenvolvimento, operação e segurança de software com consultoria especializada da Embratel
Embratel lança DevOps para agilizar desenvolvimento de software

A Embratel anuncia o lançamento da oferta DevOps Embratel para auxiliar as empresas na integração de equipes e na otimização de processos para desenvolvimento e entregas ágeis de software. Ao contratar a solução, as companhias passam a contar com a consultoria da Embratel para colocar em prática a adoção de automatização na construção das aplicações.
“A Embratel ajuda as companhias a adotarem práticas DevOps, que buscam integrar o trabalho das equipes de desenvolvimento com as atividades dos times de operações e segurança, de forma automatizada, para uma entrega constante e mais rápida de novos sistemas”, explica Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel. O executivo ressalta que a oferta promove, ainda, mais qualidade e estabilidade ao software, por meio do monitoramento e verificação constantes do sistema desenvolvido.

DevOps compreende os módulos de Integração Contínua e Entrega Contínua  

A implantação da solução pela Embratel acontece em etapas. Primeiramente, é feita uma avaliação do funcionamento da estrutura atual do cliente, dos processos já implementados e das ferramentas utilizadas no desenvolvimento de software. Nessa etapa, também são identificados quais os procedimentos das equipes de desenvolvimento, operação e segurança do cliente que poderão ser incorporadas à esteira DevOps para permitir maior qualidade e agilidade às entregas.
Em seguida é proposto um plano considerando desde o desenvolvimento do software até a entrega ao usuário final. Na próxima fase, as integrações entre desenvolvimento, testes, operações e segurança são codificadas, implementadas e testadas em conjunto. Realizados os testes, a produção do software segue de forma automatizada, permitindo, inclusive, a incorporação de novos sistemas quando necessário.
DevOps compreende os módulos de Integração Contínua e Entrega Contínua. Na Integração Contínua, a ênfase está em facilitar o trabalho da equipe de desenvolvimento, automatizando o versionamento de código, a geração de versões, o transporte de executáveis de um ambiente para o outro, bem como assegurando a equalização desses ambientes, realizando verificações de qualidade de código e testes automatizados. Com isso, eliminam-se gargalos entre as etapas, para que o desenvolvimento flua sem interrupções.
Já na Entrega Contínua, o software que previamente passou por testes automatizados será promovido com segurança e sem intervenção humana ao ambiente de produção. Assim, pode-se entregar novidades aos usuários finais sem a necessidade de uma janela específica para isso, o que viabiliza a entrega gradual de novas funcionalidades, as quais podem ser experimentadas pelo mercado mesmo se a solução final ainda não estiver pronta. Desses experimentos resulta o feedback dos usuários, importante insumo para a realização de rápidos ajustes, caso necessário.
O DevOps Embratel também emprega Infraestrutura como Código (IaaC), possibilitando o gerenciamento e desenvolvimento de infraestrutura por meio de códigos de maneira automatizada, sem a necessidade de acesso físico ao hardware. Para garantir a segurança da informação integrada em todos os níveis do processo de desenvolvimento, a solução também conta com módulo de segurança (DevSecOps).

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.