book_icon

Huawei lança rede determinística de telecomunicações orientada à tecnologia 5G

A solução fornece conectividade e experiência de uso diferenciados e garantia de cumprimento do Acordo Nível de Serviço (SLA) para todos os setores, pois cria Redes Móveis Virtuais Privadas (MVPNs) verificáveis
Huawei lança rede determinística de telecomunicações orientada à tecnologia 5G

A Huawei lança  solução de rede determinística de telecomunicações orientada à tecnologia 5G, denominada 5GDN. O projeto se baseia no conceito principal de “Cloud Native, One Core, Real Time Operation e Edge Computing” (“Nuvem Nativa, Um Núcleo, Operação em Tempo Real e Computação de Borda”, em tradução livre).
A Transformação Digital exige que as redes 5G se diferenciem ao oferecer recursos customizáveis, privacidade de dados e autoatendimento com gerenciamento automatizado. Para isso, é fundamental que seja uma rede 5G determinística, que aponta com precisão o tempo necessário para a transferência de dados ao utilizar técnica de multiplexação de tempo fixo (cada canal recebe um pacote pré-determinado e permanente de dados).

A Transformação Digital exige que as redes 5G se diferenciem ao oferecer recursos customizáveis, privacidade de dados e autoatendimento com gerenciamento automatizado  

“A Huawei trabalhará fortemente com parceiros para promover o consenso e acelerar o desenvolvimento do setor de telecomunicação, além de inovar serviços, construir um sistema forte de 5G e impulsionar novas oportunidades de negócios para o 5G”, disse o vice-presidente do Departamento de Marketing de Rede em Nuvem da Huawei, Ma Liang.
Até agora, a Huawei já firmou 91 contratos comerciais de 5G em todo o mundo.
Características do 5GDN
• Nuvem nativa: alavancando a arquitetura nativa, é possível unificar a infraestrutura da nuvem de telecomunicações e, consequentemente, suportar os mecanismos que atendam aos requisitos de redes centrais e de borda.
• Um núcleo: a rede principal 5G baseada em microsserviços é totalmente integrada às redes 2G, 3G, 4G e herda todos os serviços existentes. Sua implantação por meio de um núcleo aperfeiçoa o desempenho do sistema e, principalmente, garante a evolução do software na migração para a rede 5G.
• Operação em tempo real: o mecanismo de automação da rede principal integra várias funções e aproveita os recursos programáveis de fluxo de trabalho, dados nativos e Inteligência Artificial para garantir a operação inteligente, simplificada e ágil da rede principal 5G.
• Computação de Borda: o alto desempenho da Computação de Borda garante baixa latência determinística e cria um ecossistema baseado em conectividade e computação aprimoradas, colaboração na nuvem e integração rápida de serviços de terceiros.

5GDN

computação de borda

Huawei

Ma Liang

nuvem nativa

Operação em Tempo Real

rede determinística de telecomunicações

Tecnologia 5G

Um Núcleo

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento