Mercado

Crescimento em receita da Systax é de 23% em 2018

Empresa de inteligência fiscal também cresceu em avanços tecnológicos, além de firmar novas alianças e parcerias exponenciais para o cliente final

Um estudo feito pela Ocde, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, mostrou que, em 2019, o Brasil será o país que mais tributa empresas. Dentro deste cenário, a Systax, empresa de inteligência fiscal e única a organizar acervo com 18 milhões de situações tributárias, expande seus negócios e mostra que fechou 2018 em alta, ofertando tecnologia de ponta direcionada à área fiscal e tributária.

Um estudo feito pela Ocde, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, mostrou que, em 2019, o Brasil será o país que mais tributa empresas 

Nesse contexto, a empresa cresceu 23% em receita, agregando a este progresso inúmeras novidades tecnológicas que a acompanharam ao longo do ano. A organização conseguiu ampliar sua base de regras de tributação, ultrapassando 18 milhões de regras. E ao combiná-las, conseguiu monitorar mais de 1 bilhão de itens de seus clientes. Outro ponto de crescimento foi no número de parcerias e alianças, que se expandiu significativamente: empresas como Omie, Sescon – SP e Vertex tornaram-se grandes parceiras em 2018. Além disso, a Systax também conquistou integração com 40 ERPs, sendo que, dentro deste número, algumas organizações buscaram substituir o motor de cálculo de seus ERPs pelo motor de cálculo da Systax.

Fábio Rodrigues, Diretor da Systax, conta que um cuidado que a empresa teve também foi relacionado ao espaço físico. “Estamos em um novo ambiente, que proporciona muito mais conforto ao nosso time e clientes. Agora, a Systax se encontra em um espaço 50% maior, em um empreendimento novo, a duas quadras do metrô Trianon”, diz.
Segundo Jerson Prochnow, CEO da Systax, o destaque da evolução pode ser direcionado a duas conquistas de 2018: as plataformas para o Sped e “engine fiscal”. “Temos atendido diversas situações de correção de Speds para clientes e parceiros, com essa flexível plataforma, implementada com tecnologia ‘serverless’. Também evoluímos uma plataforma para uso das regras fiscais em processos de cálculo ou auditoria, principalmente com foco no passado, para servirmos de ferramenta em parcerias com Consultorias e Auditorias tradicionais”, finaliza o executivo.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório