book_icon

camara-e.net defende que ANPD responde à demanda urgente da sociedade

Presidente da entidade comenta a criação, via Medida Provisória, da Autoridade Nacional de Proteção de Dados

camara-e.net defende que ANPD responde à demanda urgente da sociedade

O presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) e sócio do Almeida Advogados, Leonardo Palhares, comenta a notícia veiculada aqui no portal Infor Channel Por medida provisória, governo cria agência para proteção de dados. O texto aborda a criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão encarregado de fiscalizar e aplicar as sanções previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), aprovada em agosto deste ano.

“É essencial que os diretores-conselheiros sejam especialistas e tenham independência para tomar suas decisões”, afirma o executivo em referência à criação do Conselho Nacional de Proteção de Dados e complementa que “também o conselho deve ser multissetorial e autônomo”.

O conselho deve ser multissetorial e autônomo

Tanto a criação da ANPD quanto a do Conselho Nacional de Proteção de Dados estavam previstas no texto original da LGPD, mas foram vetadas pelo presidente Temer. De agosto para cá, a expectativa era saber a que chapéu a agência e o conselho estariam vinculados. Além de vincular a agência à Presidência da República, a MP dá ao presidente, o controle sobre a autoridade de proteção de dados, pois permite que nomeie ou afaste os conselheiros, o que pode prejudicar sua autonomia.

No texto original da LGPD, a autoridade deveria ser autônoma e independente, de modo a garantir isenção em suas decisões e, consequentemente, a segurança jurídica dos cidadãos no que se refere à privacidade de seus dados.

A camara-e.net, fundada em 2001, é uma entidade brasileira multissetorial da América Latina e com representatividade da economia digital no País, formando consenso no segmento perante os principais agentes públicos e privados, nacionais e internacionais e promovendo o desenvolvimento dos negócios on-line no Brasil. Em seu quadro de associados, a camara-e.net conta com os mais importantes players do comércio eletrônico, entre eles empresas de infraestrutura, mídias sociais, chaves públicas, meios de pagamento, seguros e e-banking.

Serviço
www.camara-e.net

Almeida Advogados

ANPD

Autoridade Nacional de Proteção de Dados

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico

camara-e.net

CNPD

Lei Geral de Proteção de Dados

Leonardo Palhares

LGPD

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento