Tecnologia

Festival exibe vídeos em realidade virtual produzidos por estudantes de escolas públicas

Iniciativa do Facebook em parceria com organização social Recode acontecerá em escolas públicas de Ensino Médio nas cinco regiões do Brasil, até dezembro

Para reconhecer a produção audiovisual de jovens com o uso da tecnologia de realidade virtual, o Festival Regional Cineastas 360°, iniciativa do Facebook em parceria com organização social Recode, irá percorrer escolas públicas de Ensino Médio nas cinco regiões do Brasil até o início de dezembro. Em cada escola, os estudantes irão apresentar de três a oito curtas, produzidos no segundo semestre deste ano ao longo do projeto Cineastas 360°, concorrendo a um prêmio regional voltado ao uso da tecnologia para promoção da empatia e impacto social.

Cada escola teve acesso aos equipamentos necessários para produzir curtas com temáticas diversas escolhidas pelos próprios jovens

Os trabalhos foram produzidos, gravados e editados pelos estudantes das escolas que participam da premiação. Os eventos acontecem nas cidades de São Luís de Montes Belos, GO (E.E. Presidente Costa e Silva); no Rio de Janeiro, RJ (C.E. Souza Aguiar); em Cianorte, PR (C.E. Cianorte); na cidade de Ruy Barbosa, BA (C.E. Professor Magalhães Neto); e em Breves, PA (EEEM Professora Maria Elizete Fona Nunes).

Cada escola teve acesso aos equipamentos necessários para produzir curtas com temáticas diversas escolhidas pelos próprios jovens, tais como acessibilidade, agricultura familiar, skate como ação social, a vida de uma poeta negra e a luta de mulheres trans e travestis. Os alunos foram acompanhados por um professor voluntário no contraturno escolar, que passou por capacitação e tutoria com um especialista em educação audiovisual da Recode.

O melhor vídeo de cada escola será selecionado a partir do voto da comunidade escolar e da avaliação técnica dos organizadores da Recode e do Facebook. Os vídeos escolhidos irão concorrer à s e l e ç ã o nacional, que acontecerá no dia 10/12 na Estação Hack, em São Paulo. Para Rodrigo Baggio, presidente da Recode, “a realidade virtual é um poderoso caminho de aproximação e empatia dos jovens com seu entorno. Por isso, tem um grande potencial para gerar impacto social e fortalecer o empoderamento digital das novas gerações”, explica.

O Cineastas 360° teve início em janeiro de 2018 em outras cinco escolas públicas, uma em cada região do Brasil. Uma das produções realizadas, o curta “Francisca”, que conta a história de uma líder comunitária que beneficiou inúmeras famílias locais no interior de Goiás, conquistou projeção internacional. O curta foi selecionado entre mais de 200 vídeos de diversos países para ser apresentado na Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque. A s e l e ç ã o integrou o My World 360°, programa global de promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável por meio de realidade virtual.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.