book_icon

RFS expande operação na América Latina para atender ao crescimento do mercado

RFS expande operação na América Latina para atender ao crescimento do mercado

A Radio Frequency Systems (RFS), desenvolvedora e fabricante global de soluções completas para infraestrutura wireless e broadcast, investiu mais de 1,5 milhão de euros para iniciar a produção local de BSA e ampliar a capacidade da produção de jumpers em sua fábrica localizada em Embu, São Paulo. As melhorias permitirão à RFS atender com eficiência à crescente demanda dos clientes na América Latina e no mundo.

“Com a modernização das redes e adoção de novas frequências e tecnologias (LTE Advanced, MIMO 4×4, 5G, refarming 2G/3G, banda 3.5GHz), mais equipamentos serão necessários, como antenas, multiplexers, ERBs”, explica Wilson Conti, General Manager & VP Sales LATAM. “Antenas de rádio base serão fundamentais para dar suporte à evolução das redes e jumpers serão necessários para interconectar equipamentos”.

Com o aumento da capacidade de produção no Brasil, a RFS visa manter o nível de crescimento e investimento na região. “Registramos um aumento de 14% em vendas de 2016 para 2017 na região. Nossa expectativa para 2018 é manter o mesmo nível de crescimento”.

Os benefícios da ampliação incluem maior agilidade na entrega de produtos, tanto para clientes globais quanto latinoamericanos. “Por exemplo, o modelo BSA de 6 bandas e 6 portas da RFS estará prontamente disponível para nossos clientes”, diz Conti. “Além disso, a antena possui diferentes configurações, como hexaband e trisector, que combina 3 antenas no mesmo radome”.

O aumento do portfólio de produtos produzidos localmente possibilitará à RFS ter mais uma vantagem no mercado. No Brasil, BSA se enquadra no programa PPB (Processo Produtivo Básico), em que itens fabricados no país possuem benefícios do governo, como redução na incidência de impostos. O objetivo do programa é incentivar empresas a investirem no país por meio da fabricação local

Todos os jumpers RFS são 100% testados na produção (VSWR e baixa intermodulação passiva PIM). Além disso, o novo jumper com boot da linha SecureFit, disponível para as configurações de conectores 4.3-10 ou os tradicionais DIN, possui vedação à prova d’água e fácil instalação, trazendo benefícios como otimização de custo e tempo das equipes em campo.

“O início da fabricação local de BSA e o aumento da capacidade de jumpers nos tornará ainda mais competitivos no mercado, para atender à crescente demanda de nossos clientes”, finaliza Conti.

VISITE A RFS NO FUTURECOM

Para conhecer as soluções “made in Brazil” e o portfólio inovador para 5G da RFS, converse com os especialistas da empresa no Futurecom, estande B16, de 16 a 18 de outubro no São Paulo Expo.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento