Informe aqui

Crucial® lança memória para servidores DDR4 2933 MT/s de DIMMs registrados

A Crucial®, marca líder global de memória e armazenamento, anuncia hoje a disponibilidade imediata de módulos de servidor DDR4 2933 MT/s de DIMM registrado, uma nova oferta em seu portfólio de produtos de memória de servidor. Projetado para manter os servidores funcionando em níveis máximos de velocidade e eficiência no suporte à família de produtos de processador Xeon de última geração da Intel, os novos módulos RDIMM permitem que os usuários de TI obtenham o máximo de suas implantações de infraestrutura de servidor.

“Nossos novos módulos DDR4 2933 MT/s RDIMMs são projetados para oferecer a velocidade necessária para maximizar a taxa de transferência de memória em servidores de última geração”, afirma Teresa Kelley, VP & GM do Micron Consumer Products Group. “Os datacenters de hoje estão executando aplicativos de memória que exigem um grau elevado de desempenho geral do sistema. Nossos novos módulos RDIMM foram projetados para atender a esse nível de performance”.

Os módulos Crucial 2933 MT/s RDIMMs são projetados para plataformas de servidores de ponta, compatíveis com sistemas e garantias OEM, e têm garantia vitalícia limitada. Com densidades de até 32 GB e velocidade máxima de 2933 MT/s, os módulos DDR4 RDIMMs da Crucial estão disponíveis para compra no site www.crucial.com e também por meio de parceiros globais selecionados. Todas as memórias da Crucial têm garantia vitalícia limitada. Para obter mais informações sobre as ofertas de memória para servidores da Crucial, visite www.crucial.com/memory-server.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.