Artigos

Como as empresas podem explorar os dados no armazenamento secundário para impulsionar a transformação digital

Em um mundo centrado em dados, armazenamento secundário não é tão secundário assim. Por isso, as empresas não devem trata-lo como uma “gaveta de tralhas”, mas sim como uma caixa de ferramentas.

Por décadas, empresas, organizações sem fins lucrativos e agências governamentais concentraram sua estratégia de TI na implantação, gerenciamento e otimização da infraestrutura usada para executar ERP, CRM, produtividade do escritório e outras aplicações. Os fornecedores da infraestrutura de TI são as “estrelas do show”, buscam constantemente se equilibrar com relação às “velocidades e feed” de seu hardware, a fim de garantir pontos cobiçados nos datacenters corporativos.

No entanto, a ascensão da infraestrutura hiperconvergente, Software as a Service (SaaS) e a nuvem causaram uma “disruptura” no mercado de TI e, consequentemente, influenciaram na mentalidade das empresas que, até então, era centrada na infraestrutura. Com uma variedade de escala, a infraestrutura hiperconvergente de baixo custo usando o hardware “commodity” é uma opção para datacenters corporativos, juntamente com o SaaS e serviços de nuvem, em que o hardware de infraestrutura é praticamente invisível para o cliente.

Fato é que as empresas não veem mais a infraestrutura como chave para o sucesso de suas estratégias de TI.

O que mudou?

As organizações estão se concentrando na transformação digital, utilizando dispositivos móveis, inteligência artificial, análise de dados e outras tecnologias digitais em combinação com seus próprios dados. Dessa forma, conseguem otimizar operações e criar novos serviços que transformam a forma como geram valor.

Como resultado, as empresas estão percebendo que a TI precisa estar centrada mais no gerenciamento e na ativação do aspecto “informação” – seus dados.

Neste novo mundo, dado é a moeda que reina. Os vencedores serão as empresas que consigam aproveitar seus dados de forma rápida e eficaz para reduzir riscos, melhorar os resultados dos negócios e criar novos valores para seus clientes, funcionários e outras partes interessadas. À medida que trabalham para atingir tais objetivos, as empresas estão cada vez mais descobrindo que a ativação de cópia, backup, arquivamento e armazenamento secundário podem ser mais úteis para impulsionar a transformação digital do que os dados originais localizados no armazenamento principal.

Armazenamento secundário como caixa de ferramentas

Apenas possuir dados no armazenamento secundário não é o suficiente se você quiser ativá-lo para gerar novas ideias, fomentar a inovação, agilizar a normativa de compliance e melhorar a continuidade dos negócios. Para ativar esses dados, as empresas precisam ter uma plataforma que permita o armazenamento e gerenciamento de maneira econômica e fácil, localizá-las e acessá-las ou movê-las rapidamente.

Essas capacidades podem parecer simples, mas muitas empresas não as possuem e, sem elas, a ativação de dados em armazenamento secundário para transformação digital se torna uma tarefa muito mais cara e difícil.

Transformação digital

Armazenamento e gerenciamento de dados de baixo custo em armazenamento secundário é um requisito fundamental para companhias que buscam ativar seus dados para transformação digital.

Os recursos gastos em excesso com hardware de infraestrutura de armazenamento secundário on-premise, serviços em nuvem desnecessários e administração de backup e arquivamento não podem ser aplicados às iniciativas mais estratégicas de transformação digital em armazenamento secundário. Entretanto, as empresas não podem agilizar seu próprio gerenciamento de armazenamento secundário sem a certeza de quais dados estão armazenados nele ou onde se encontram.

Infelizmente, muitas empresas ainda tratam armazenamento secundário como uma “gaveta de tralhas” – onde todos os dados são guardados, sejam duplicados ou necessários. Para limpar e organizar esta gaveta, as empresas precisam de uma plataforma que forneça a elas o poder de gerenciar de forma abrangente todos os dados no armazenamento secundário – on-premise, off-premise ou na nuvem.

Plataforma adequada para tratar da “gaveta de tralhas”

Uma plataforma abrangente permite que todos os dados sejam vistos no armazenamento secundário, onde quer que estejam localizados. Possibilita que dados desnecessários e duplicados sejam removidos; e os comprime o máximo possível, reduzindo a quantidade total de infraestrutura necessária para armazená-los.

Facilita ainda a automatização do backup, arquivamento e outros processos, diminuindo significativamente o tempo da equipe necessário para proteger e administrar esses dados no dia-a-dia. Ao economizar o dinheiro, as empresas liberam recursos significativos que podem ser aplicados para ativar esses dados para a transformação digital.

O armazenamento secundário para a transformação digital

Se as empresas ativarem os dados no armazenamento secundário para transformação digital, também precisarão encontrar aqueles que são necessários para realizar tais iniciativas, ainda que algumas empresas não tenham visibilidade desses dados.

Além disso, muitas soluções de gerenciamento de dados em silos fornecem apenas uma visão parcial dos dados em armazenamento secundário, com alguns dados geralmente ocultos em matrizes de armazenamento ou serviços em nuvem gerenciados por outra solução.

Soluções de gerenciamento

Porém, encontrar esses dados geralmente não é suficiente. Uma vez que a empresa encontra os dados necessários para um DevOps, análise de dados, conformidade com o GDPR, continuidade dos negócios ou outra transformação digital inativa, precisam acessá-los ou movê-los.

Muitas soluções de gerenciamento de dados não fornecem às empresas a capacidade de acessar algum tipo de dados ou movê-los para alguma infraestrutura ou nuvem. Sem essa capacidade, as empresas podem encontrar suas iniciativas de transformação digital bloqueadas, incapazes de ativar rapidamente os dados necessários para tornar essas iniciativas bem-sucedidas.

Para ativar totalmente os dados no armazenamento secundário, as empresas precisam de uma plataforma independente de infraestrutura de dados, capaz de acessar qualquer dado, e transferi-lo para qualquer infraestrutura. Ser capaz de mover todos os dados em seu armazenamento secundário para onde quiser amplia os benefícios econômicos do gerenciamento abrangente, permitindo que as empresas os movam para o armazenamento secundário ou outra infraestrutura mais econômica para armazená-los, dada a frequência e de que forma eles precisam acessá-lo.

Além disso, ao ampliar sua capacidade de acessar e migrar rapidamente todos os dados em seu armazenamento secundário, essas plataformas permitem que as empresas ativem esses dados facilmente para criar novos serviços para seus clientes, descobrir ideias sobre como simplificar sua logística, reduzir riscos aos dados privados e de compliance, acelerar a recuperação de dados após um ataque de ransomware ou usá-lo para desenvolver outras vantagens competitivas.

Atualmente, cada vez mais centrado em dados, as empresas estão percebendo que, ao ativá-los em seu armazenamento secundário, podem melhorar a maneira que fazem negócios. No entanto, se as organizações tratarem o armazenamento secundário como uma gaveta bagunçada e esquecida, perderão a oportunidade.

Plataformas de dados abrangentes permitem que as empresas transformem essas gavetas de tralhas em caixas de ferramentas organizadas, permitindo-lhes otimizar o gerenciamento de dados de armazenamento secundário, encontrá-los quando precisarem, acessá-los e movê-los, independentemente do tipo ou onde estão localizados.

Ao fazer isso, essas empresas têm o poder de ativar de forma rápida, fácil e econômica seus dados de armazenamento secundário para iniciativas de transformação digital que melhoram os resultados de negócios.

*Bruno Lobo é country manager da Commvault no Brasil

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.