Tecnologia

Riverbed e Teneo apresentam o conceito de Digital Experience Monitoring as a Service

Novo serviço ajuda a comparar o desempenho dos aplicativos para os usuários finais antes e depois de atualizações

aplicações em nuvemA Teneo, especialista em integração de tecnologia de última geração, acaba de lançar o Digital Experience Monitoring, serviço que utiliza a tecnologia da Riverbed para ajudar os clientes a monitorar a experiência do usuário final nas aplicações, bem como validar as atualizações feitas a partir da transformação digital.

O Digital Experience Monitoring as a Service ajuda as empresas a analisarem aplicações ao oferecer um monitoramento automático da experiência do usuário final do ponto de vista do dispositivo

O novo serviço é uma resposta à rápida adoção da tecnologia digital e à mudança das tendências de trabalho que estão ocorrendo em todo o mundo. Segundo a empresa de análise IDC, em 2020, 60% de todas as empresas estarão no processo de implementação de uma estratégia de plataforma digital suas organizações.

Além disso, pesquisas separadas mostram que até 43% dos funcionários dos EUA trabalham remotamente em algum momento², enquanto estima-se que 54% dos trabalhadores do Reino Unido já operam fora do escritório por 2,5 dias por semana.

Independentemente de um aplicativo ser local, na nuvem ou na Web, ou se um dispositivo for físico, virtual ou móvel, os usuários finais de hoje exigem uma excelente experiência ao interagir com os diferentes aplicativos e serviços de uma organização ou alternar entre dispositivos durante o dia de trabalho. O Digital Experience Monitoring as a Service ajuda as empresas a analisarem aplicações ao oferecer um monitoramento automático da experiência do usuário final do ponto de vista do dispositivo.

O novo serviço utiliza o software SteelCentral Aternity da Riverbed para correlacionar a produtividade do usuário, o desempenho dos aplicativos e a integridade do dispositivo. Outras tecnologias apenas extrapolam, emulam ou estimam o que o usuário final vê. Essa lacuna cria problemas para a TI e os negócios. O SteelCentral Aternity fecha a lacuna de visibilidade do monitoramento com informações precisas e em tempo real sobre como os usuários finais realmente interagem com seus aplicativos, dispositivos e rede.

“Empresas em praticamente todos os setores estão buscando iniciativas de negócios digitais para oferecer uma melhor experiência ao usuário final. Mas à medida que as organizações implementam essas iniciativas digitais, elas descobrem que não conseguem mensurar os resultados com precisão e identificar os impulsionadores subjacentes dessa experiência”, disse Mike Sargent, vice-presidente sênior e gerente geral da SteelCentral na Riverbed.

“A SteelCentral está liderando o setor ao fornecer a solução mais abrangente, integrada e unificada para monitorar e gerenciar toda a experiência digital do ativo mais precioso da empresa: o usuário final. Estamos orgulhosos de trabalhar com a Teneo como um parceiro confiável para oferecer este serviço gerenciado”, comenta.

O Digital Experience Monitoring as a Service é totalmente gerenciado e relatado pela Teneo, por meio de uma combinação de análises e recomendações, mensais ou trimestrais, das equipes de suporte e engenharia globais especialistas da empresa. Ele auxilia na validação da experiência do usuário final, após a introdução do SD-WAN, uma atualização para o Microsoft Windows 10 ou uma migração para o Microsoft Office 365, por exemplo, ao ser capaz de comparar os níveis de desempenho antes e depois do evento. Além disso, o serviço garante que licenças de software sejam de fato usadas, de modo que os recursos sejam dimensionados corretamente e os orçamentos otimizados por toda a organização.

“Muitas companhias estão descobrindo que as transições que estão fazendo sob a transformação digital, como as migrações para a nuvem, SD-WAN e Office 365, se acumulam completamente no papel com flexibilidade e benefícios de agilidade. No entanto, depois que essas alterações são feitas, os usuários não necessariamente experimentam as vantagens esperadas. Em alguns casos, o impacto é muito mais negativo do que poderia ter sido previsto.”, explica Steve Evans, vice-presidente de engenharia de soluções da Teneo.

“O Digital Experience Monitoring as a Service oferece aos nossos clientes uma visão do desempenho do usuário final, na qual eles podem avaliar antes de fazer qualquer alteração e gerenciar, controlar e otimizar os efeitos posteriores. Isso também deve ajudar os clientes a comprovar a diferença positiva que eles causaram em seus negócios por meio de transformação digital e decisões de atualização relacionadas”.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.