book_icon

Certificado pela Testlab: a QLED TV da Samsung é resistente ao efeito burn-in

Certificado pela Testlab: a QLED TV da Samsung é resistente ao efeito burn-in

As QLED TVs da Samsung foram certificadas como resistentes ao efeito burn-in pela Video, uma aclamada revista alemã de tecnologia. Em um teste realizado em conjunto com o laboratório global Connect Testlab, todas as QLED TVs 2018 da Samsung reafirmaram sua posição como uma das telas mais duráveis do mercado atualmente.

Os monitores de TV exigem cada vez mais tecnologias como o High Dynamic Range (HDR) e o risco de um possível burn-in é particularmente preocupante para os clientes do segmento premium. Para verificar se as telas atendem a esses exigentes requisitos de desempenho, especialistas em TV da Video e do Connect Testlab realizaram um teste de certificação baseado no Padrão de Medições para Exibição de Informações (IDMS – Information Display Measurements Standard), uma norma internacional para medições de painel, e concentraram-se na qualidade da exibição de conteúdo HDR da QLED TV.

As QLED TVs da Samsung passaram no teste de estresse e receberam o certificado de “resistentes ao burn-in e marcas fantasma”1. Em uma avaliação de 72 horas seguidas, os especialistas realizaram medições para verificar possíveis queimas de pixels, que podem ser causadas por elementos de imagem estática. Esses efeitos, também conhecidos como “efeito de memória”, “marca fantasma”, “retenção de imagem”, “imagem pegajosa” ou genericamente como “burn-in”, prejudicam a qualidade da imagem de uma televisão.

No caso de algumas tecnologias de exibição, os efeitos de memória começarão a brilhar na tela após um minuto de uso da TV se forem mostrados elementos de imagem estática em alta luminosidade. Então, no teste, as TVs exibiram um padrão de tabuleiro de xadrez com valores de preto profundo e de branco muito brilhante por períodos mais longos. Os engenheiros adicionaram elementos de texto variáveis e uma moldura branca piscando intermitentemente à imagem de teste, de modo que a detecção automática de inatividade, comum nas modernas TVs com HDR, não pudesse entrar em ação. Isso ajudou a criar condições semelhantes às dos jogos em HDR. Além da análise padrão, os analistas também usaram imagens em cinza escuro com valores de brilho de 10 nits – o que mostra se os pixels escuros estão clareados.

As medições mostraram que as QLED TVs da Samsung não foram afetadas pelos rigorosos testes. Por isso, em teoria, a TV pode ser deixada permanentemente ligada sem que elementos de imagem, como logotipos de canais, deixem marcas fantasma ou de burn-in. Levando em conta que a qualidade de uma tela de TV é fortemente prejudicada por essas marcas fantasma e por queimas de pixels – especialmente após a emissão de imagens em qualidade HDR com altos valores de brilho –, a QLED TV da Samsung é a melhor escolha entre muitos outros modernos aparelhos para quem planeja investir em uma TV de alta qualidade, pois garante recursos visuais poderosos sem potenciais efeitos de memória ou danos permanentes.

“Qualquer um que seja particularmente sensível a marcas fantasma e não esteja disposto a correr qualquer risco ao longo de muitos anos de uso estará seguro com LCD ou QLED, respectivamente2”, concluem os especialistas dos testes.

1 Todos os critérios de teste podem ser visualizados em https://www.connect-testlab.com/.
2 Todas as citações foram retiradas do artigo “Technik Extrem – Hilfe, es brennt (ein)”, revista Video, edição 8/18, p. 58.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.